Juiz da infância renova lei que pune pais de alunos que ‘matam aula’ no nordeste baiano