Em nota, JBS pede desculpas e admite 'pagamentos indevidos a agentes públicos'