Dos oito gols sofridos pelo Vitória na Série A, cinco foram de falhas individuais