Levantamento mostra que Temer comprou salvação na CCJ por R$ 134 milhões