Insulina brasileira: Apesar de rejeição da Anvisa, Bahiafarma garante que nada muda