Suspeito de matar corretora de imóveis em Salvador diz que agiu em legítima defesa