Coronel bota o 'bloco na rua', mas diz que discussão sobre vaga no Senado é 'prematura'