Levantamento aponta 445 mortes de LGBTs com motivação homofóbica em 2017