Nino reconhece dificuldade de enfrentar Juazeirense, mas afirma: “Aqui é Bahia”