Relatório aponta que número de chacinas dobrou durante intervenção no Rio de Janeiro