TJ-BA acredita que Bahia pode ter cerca de 5 mil mandados de prisão em aberto