Temer bate 'próprio recorde' e se torna presidente mais rejeitado da história