Possíveis substitutos de Lula, Wagner e Haddad têm 1% em pesquisa Datafolha