Com Cármen Lúcia na Presidência, petistas avaliam estratégia sobre Lula no STF