Com mais mortes, Bahia foi o 5º estado do país que mais investiu em segurança