Suspeita de matar filho em Itabuna volta à prisão três dias após ganhar liberdade provisória