Mulher de piloto na tragédia da Chapecoense defende o marido