Entretenimento

Cantor Zezé Di Camargo, aos 54 anos, explica redução de shows: 'Não aguento mais'

Zezé Di Camargo falou sobre os planos de diminuir a quantidade de shows com o irmão Luciano. A dupla faz cerca de 140 apresentações por ano. "Eu passo por um momento de cansaço, total. Não aguento mais essa coisa de três shows por semana. Para mim, está muito carregado. Não é por causa dos shows. É por causa das viagens".

 

"O roteiro mata a gente. As pessoas pensam que um artista chega no palco e tudo bem. Não é. Até chegar ali é uma penitência. Claro que quando você está com 20 e poucos anos, isso é diversão. Mas quando você chega aos 54, como estou, não é mais como era antigamente", explicou o músico, dono de uma personalidade forte.

 

Zezé disse também ao "G1" que pretende fazer dois shows por semana em vez de três. Assim, somariam cerca de 80 apresentações no ano. "Seria um número maravilhoso. Mas como empresários que somos, tem prioridades que temos que cumprir. Talvez a gente ainda não tenha condições de fazer isso por compromissos assumidos até com a equipe. Até o ano que vem, tolero. Mas passando para o outro, pode ter certeza que não vou fazer mais isso, não", afirmou.

 

Ainda à publicação, o ex-marido de Zilu Godoi, chamada de bisbilhoteira por Zezé, comentou: "Preciso viver. Estou com 54 anos. Com 60, 70 anos, você ainda tem uma qualidade de vida boa. Vou passar a vida inteira trabalhando? Trabalho desde os 12. Não tenho mais condição para isso, não. Tenho que pensar um pouco em mim". Questionado sobre o que faz com o tempo livre, o artista, sem papas na língua, respondeu:

 

"Sou muito caseiro. Às vezes, nem vou ao escritório, que é perto de casa. Tenho escritório dentro do bolso, que é o celular. Resolvo tudo pelo celular. Procuro dormir o máximo que posso e deixo para ir para o show quase que em cima da hora. Geralmente, o Luciano atende primeiro do que eu e eu procuro esticar o máximo que puder para descansar."





Classificados


Enquete



Mais Lidas