Entretenimento

'A Força do Querer': Ritinha é obrigada pela polícia a entregar o filho a Joyce

Depois de perder a guarda provisória do filho para Joyce (Maria Fernanda Cândido), Ritinha (Isis Valverde) vai enfrentar tentar levar Ruyzinho (Lorenzo Souza) à força, na novela "A Força do Querer". Em cenas dos próximos capítulos da trama das nove, a "sereia" invade a casa da ex-sogra - após já ter sido expulsa de lá.

 

Ela insiste em levar o menino, mas a mãe de Ruy (Fiuk) chama a polícia para fazer valer seus direitos e os agentes obrigam a paraense a entregar a criança. "Ele é meu! Nasceu foi de mim, não foi dela", ela protesta, aos prantos. Tudo acontece em cenas previstas para irem ao ar nesta segunda-feira (10), quando Ritinha vai à casa de Joyce buscar Ruyzinho.

 

Ela arruma as coisas do bebê numa bolsa, certa de que vai embora com ele, mas a dona do apartamento tranca as portas e afirma: "Daqui você não sai com o menino! Só abro quando a policia chegar!". "Pois foi muito bom ter chamado! Senão quem ia chamar era eu!", afirma a moça, sem entender que não pode ficar com o próprio filho, e pergunta, debochada: "Porque que a senhora não vai pegar o filho daquela Irene (Débora Falabella) para criar?".

 

Furiosa com a provocação, Joyce diz que a ex-nora já causou muito estrago na vida de seu filho e que não vai deixar que ela suma com Ruyzinho. "E Ruy não fez estrago na minha vida não? Fez não, é? Não tá lembrada que eu tava me casando e ele que foi lá para Parazinho esculhambar com tudo? Égua, ele que ficava me abicorando, andando atrás de mim, achando jeito de mandar o Zeca fazer entrega aqui no Rio para me deixar sozinha...", rebate a filha de Edinalva (Zezé Polessa), e a socialite acusa-a mais uma vez:

 

"Não queria mas ficava se comunicando com ele pelo computador, mandando fotografia do Ruyzinho para ele... e ainda fazendo o Ruy acreditar que era ele que andava atrás de você! Para o menino fazer a besteira que fez!". A briga segue, e Joyce chama a jovem de egoísta: "Você gosta de você, de mais nada! pensasse pelo menos no seu filho não teria feito o que fez".

 

E Ritinha não se intimida: "Melhor gostar de mim que ficar o tempo todo querendo botar os outros no seu molde, que nem a senhora faz!". Impaciente, a mulher de Eugênio (Dan Stulbach) resolve ir para seu quarto e pede a Zu (Claudia Mello) para chamá-la quando a polícia chegar. Quando isso acontece, a "sereia", acreditando estar com a razão, acusa a ex-sogra de prendê-la com o filho em seu apartamento.


Joyce então apresenta o documento que lhe assegura a guarda provisória do neto, e um dos policiais afirma: "Você não pode levar a criança, a guarda é dela!". Desesperada, Ritinha argumenta que é a mãe, mas ele insiste: "Isso aí você resolve mais tarde com o juiz, por enquanto quem está com a guarda é a senhora aqui! Você vai ter que entregar!".

 

Ela se agarra ao filho, e se nega a entregá-lo, e os agentes avisam que terão de pegá-lo à força. "Ele é meu! Nasceu foi de mim, não foi dela", grita a paraense, inconformada, e o oficial lamenta: "Entendo o que você tá sentindo, mas... vou ter que cumprir a ordem do juiz". Contrariada, a "sereia" entrega a criança, mas ameaça: "A senhora me paga, dona Joyce! A senhora me paga! Vocês vão ver o que eu vou fazer! Vão ver quem é que vai levar o farelo aqui".





Classificados


Enquete



Mais Lidas