Entretenimento

Juliana Caldas, a Estela de 'O Outro Lado', posa completamente nua para ensaio

A atriz Juliana Caldas, do O Outro Lado do Paraíso, posou completamente nua para o Pele Project, do fotógrafo Brunno Rangel e do diretor de criação Marcelo Feitosa, que coloca famosos como vieram ao mundo em fotos em preto e branco. "Delicadeza da Pele @peleproject porque por baixo da roupa somos todos Pele #peleproject", dizia legenda.

 

"Esse projeto está me fazendo conhecer pessoas incríveis", derreteu-se Rangel. Nos comentários, a atriz, que tem mostrado seu engajamento pelas pessoas com nanismo, conquistou uma enxurrada de elogios. "Que linda", comentou um rapaz. "Foto lindíssima!", disparou outro segundo informações da revista Quem.

 

"Que bela foto", "que fotão", "projeto incrível" e "perfeita" também foram mensagens deixadas à atriz da trama de Walcyr Carrasco. Recentemente, em entrevista, Juliana falou sobre sua personagem na novela O Outro Lado do Paraíso, que é xingada e maltratada pela mãe, Sophia (Marieta Severo). “A Estela está lá mostrando aquela realidade dela, da rejeição, do preconceito, que às vezes é absurda, mas que acontece, e não só com quem tem nanismo”.

 

“Ela faz você pensar como telespectadora, porque a relação dela com a mãe choca. E tem que chocar, infelizmente. Eu, aqui fora, explico que, sim, isso existe, não é mimimi”, garantiu. Aos 31 anos, Juliana, a primeira atriz brasileira com nanismo a ter um papel de peso na televisão, disse que também já foi vítima de preconceito, como quando a vendedora de uma casa de shows se recusou a vender meia-entrada porque ela não era cadeirante, apesar do nanismo ser considerado deficiência desde 2004.

 

“Expliquei que existia a lei e que eu ia comprar o ingresso. Ou ela queria que eu fosse no meio da galera para ficar vendo bunda e ser pisoteada? Só me venderam quando falei que ia processar a casa por discriminação. Precisei chegar a esse ponto para conseguir um direito básico meu", contou ela à revista GOL, garantindo não ter problemas de autoestima.

 

“Sou muito bem resolvida em relação à autoestima. Tomava um fora de um cara e ok, bola para frente. Sofri, mas quem não sofre?”, indagou. Ela também falou sobre seus cuidados com o corpo. "Não sou obcecada com estética, mas tenho que me cuidar porque, com o nanismo, quando engordamos um pouco, a chance de ter problemas na coluna e no joelho aumentam", disse a atriz, que afirmou que vai continuar a luta pelos diretos de quem tem nanismo enquanto for necessário.

 

"Sou independente desde a adolescência, mas, enquanto não vivermos em uma sociedade justa para todos, vou pedir ajuda e continuar lutando. Não falo só em nome dos anões, mas também dos cadeirantes, cegos, surdos e outros tantos deficientes", explicou à publicação.





Classificados


Enquete



Mais Lidas