Entretenimento

'O Outro Lado do Paraíso': advogado acusa Xodó de querer vingança contra Sophia

Maurício (Paulo Betti) vai acusar Xodó (Anderson Tomazini) de falso testemunho durante o julgamento de Sophia (Marieta Severo) na última semana da novela. Ainda no tribunal, o advogado também acusa Clara (Bianca Bin) de querer vingança contra sua cliente. As cenas vão ao ar dia 10, quinta-feira, no penúltimo capítulo da trama as nove.

 

O marido de Cleo (Giovana Cordeiro) é convocado como testemunha para dizer que a serial killer foi a última a ver com vida Rato (César Ferrario), a quem assassinou a tesouradas. No seu testemunho, Xodó relata o que aconteceu e cita o cúmplice da assassina, a ser condenado à prisão, adianta o colunista de TV Daniel Castro.

 

"Eu casei com a Cleo. Tinha escolhido uma esmeralda pra dar pra ela. Fui embora pra casa. No meio do caminho lembrei da esmeralda e voltei. Quando peguei, ouvi a briga. Dona Sophia discutindo com Mariano (Juliano Cazarré). Depois, eu ouvi que ela matou ele. Eu vi quando ela e o Zé Victor (Rafael Losso), que é chefe na mina, tiraram o corpo. Botaram no carro dela, e nunca mais ninguém soube dele. Mas eu vi. O lençol tinha sangue".

 

E o advogado de acusação rebate: "Ouviu mais alguma coisa que possa interessar?". O garimpeiro, que escapou de ser nova vítima da assassina, dá sua opinião: "Dona Sophia queria o brinco do Mariano. De recordação. Eles tinham um caso. Na briga, ele dizia que queria ir morar com a filha dela, a Lívia (Grazi Massafera). Ela não suportou. Eu acho que foi mesmo ciúme de mulher".

 

Para incriminar Xodó, Maurício pergunta porque ele foi mandado embora por Sophia, que vai despencar de um penhasco no fim da trama após ser encaminhada para um hospício ao ser diagnosticada como psicopata. "Zé Victor disse que roubei a esmeralda que ia dar pra minha mulher. Mas não roubei. Ia pagar depois", diz o marido de Cleo.

 

O advogado de defesa insiste: "Mas foi demitido sob a acusação de roubo. Sophia Montserrat estava presente?". E Xodó completa. "Tava. Me botou na rua depois de anos de garimpo", recorda ele, sendo acusado de vingança. "Por vingança não. Eu vi", assegura. E Maurício continua pressionando a testemunha de acusação. "Inventou tudo. Quer se vingar de dona Sophia Montserrat. É vingança. Vingança", dispara.

 

Ainda na sua fala, Maurício diz que vai entrar com processo contra o garimpeiro por falso testemunho. "A testemunha tinha o sentimento de vingança por ser demitido da mina, acusado do roubo de uma esmeralda, o que depõe contra seu caráter. Aceitou dinheiro de Clara Tavares para inventar tudo isso. Clara é próxima desse rapaz. Ao saber da demissão, ela urdiu sua vingança", reforça.

 

"Eu o acuso esse rapaz de falso testemunho. Responderá por isso em processo judicial", finaliza o advogado. A reviravolta só não acontece porque Mariano surpreende a todos no julgamento e denuncia a ex.. adianta nesta terça-feira (08), o colunista de TV Daniel Castro.





Classificados


Enquete



Mais Lidas