Entretenimento

Maiara e Maraisa enfrentaram machismo na carreira: 'Mulher não traz público'

Maiara e Maraisa estão no auge da carreira e têm a agenda lotada de shows. Porém, nem sempre foi assim. Em participação no "Altas Horas" do sábado (6), as cantoras disseram que enfrentaram dificuldades quando começaram, incluindo machismo, assim como Anitta: "A gente chegava para tocar e o gerente do local falava: 'Não tem show de vocês aqui hoje'. Cancelava na hora porque não tinha ninguém".

 

"A desculpa era sempre a mesma: 'Mulher não traz público'. A gente tinha que ficar insistindo e pagava para tocar, literalmente. A gente não escolheu fazer isso se desse certo. A gente vai fazer isso. Se der certo ou der errado, vamos fazer isso o resto da vida". Serginho Groismann mostrou curiosidade com o nome das irmãs e questionou se era mesmo de batismo.

 

"É de nascença mesmo. Minha mãe lascou com o nosso nome. O bom é que ela colocou Maiara Carla e Carla Maraisa", divertiram-se. No programa, Maiara ainda entregou ser fã de Sandy, que cantou com o marido, Lucas Lima, na atração. "Alguém retoca a minha maquiagem? Quase morri de chorar vendo vocês dois cantando". As cantoras, com planos de lançar a própria marca de roupas, contaram por que optam por looks grifados em show.

 

"A gente se reflete não só pelas nossas músicas, mas também pela nossa arte. Roupa também fala muito. Por isso é tão importante estarmos bem vestidas", explicou Maiara. "Quando você vai ao palco você está sendo visto, né? Você quando vai para uma festa se arruma, não sei quantas horas, porque alguém vai te ver, sei lá, um boy? A gente se arruma para os nossos fãs. Nos arrumamos para eles", completou Maraisa.

 

A sertaneja, porém, ressaltou que "mulher arrumadinha todo dia não existe": "A gente se arruma para os nossos fãs, nos arrumados para eles, mas tem dias também que a gente está de saco cheio, que eu quero que todo mundo me veja de cara lavada, de moletom, descabelada". Purepeople





Classificados


Enquete



Mais Lidas