Entretenimento

Desfile das Campeãs tem protesto, e muita festa em verde e rosa

As seis escolas mais bem colocadas no carnaval do Rio voltaram à Sapucaí na noite deste sábado (13), para o Desfile das Campeãs. Em ritmo bem mais descontraído, sem a pressão pela perfeição e foco no resultado, Imperatriz, Beija-Flor, Salgueiro, Portela, Unidos da Tijuca e Mangueira - na ordem da sexta colocada até a campeã -, fizeram uma grande festa no sambódromo lotado, comfinal feliz em verde e rosa e a homenageada Maria Bethânia desfilando na pista, após problemas com o guindaste que a colocaria no carro alegórico.

 

Componentes da Beija-Flor levaram cartazes de apoio ao diretor de carnaval Laíla, que denunciou supostas fraudes na apuração em benefício da Unidos da Tijuca.

Boa parte da torcida também contestou o resultado, com gritos de "É campeã" para a Portela. Integrantes da escola preferiram o fair play"A gente está feliz com o trabalho", desconversou Paulo Barros.

Nada, no entanto, tirou o brilho do desfile daMangueira, que venceu o carnaval pela 18ª vez, com seu enredo sobre Bethânia. Os gritos de "campeã", que já haviam sido fortes com a Portela, ficaram ainda mais altos em uma Sapucaí que se coloriu de verde e rosa para saudar a grande vencedora do carnaval carioca de 2016, após jejum de 14 anos.

 

Para fechar a festa, um problema com um guindaste acabou aproximando ainda mais Bethânia do povo mangueirense. Após tentativas frustradas de subir no carro alegórico, tanto com o guindaste como por uma escada, ela desfilou no chão pela passarela do samba.(G1)


Categorias

Carnaval 2016




Classificados


Enquete



Mais Lidas