Entretenimento

São João: Bate-volta e excursão são opções de curtição no interior

Para quem vai ficar em Salvador, mas quer curtir o São João em municípios do interior do estado, há ainda opções de bate-volta (sai da capital e retorna na madrugada do dia seguinte) disponíveis e que variam de R$ 80 a R$ 700.

 

Se tiver de quatro a cinco dias livres, mas não programou a viagem para curtir o forró, há, ainda, a opção de excursões com preços que variam de R$ 450 a R$ 1.260 e que incluem transporte até a cidade, translado para a festa e hospedagem.

 

Com 10% de aumento nas vendas de pacotes para o feriado junino na comparação com o ano passado, a agência Veromundo disponibiliza o serviço de bate-volta com preços que variam de R$ 80 a R$ 690, conforme o pacote contratado.

 

Algumas opções oferecem serviços de bordo com água, cerveja, licor, vodca e uísque, cobertura fotográfica, além de ingressos para tradicionais festas privadas, que agitam as cidades do interior.

As excursões apresentam um valor mais elevado com preços que vão de R$ 419 a R$ 1.260, incluindo hospedagem e passaportes para eventos privativos. Cerca de 80 ônibus farão o transporte de cerca de três mil clientes que já fecharam negócio com a empresa.

 

Destinos preferidos

As cidades mais procuradas são Amargosa e Santo Antônio de Jesus. Os pontos de embarque serão no Campo Grande, Centro e Jardim dos Namorados, na Pituba. Segundo a agência, ainda há vagas para os dois serviços.

 

Na Festas e Farras, há bate- -volta para cidades como Cruz das Almas, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim e Amargosa. Os preços variam de R$ 80 a R$ 580, a depender da escolha por camarote open bar ou só o transporte até a cidade. No caso dos festejos de São Pedro, há, também, para Catu e Itiruçu.

 

De acordo com um dos proprietários da empresa, Sílvio Neves, a opção mais procurada tem sido o bate-volta para o Forró do Lago, em Santo Antônio de Jesus. A agência fechou, ainda, duas excursões para Senhor do Bonfim e Ibicuí, mas as vendas já foram encerradas. Há somente vagas para o serviço de bate-volta.

 

"Esse serviço proporciona ao cliente a possibilidade de ir e voltar para Salvador sem perder seus compromissos", disse Neves, que lamentou uma redução nas vendas deste ano.

 

Ele contou que a estimativa é de uma diminuição de 15% nas vendas, em relação a 2015. Este ano, a agência está parcelando as vendas em até 12 vezes - no ano passado, era possível em até seis. "Por causa da crise econômica, as pessoas têm preferido ficar em casa mesmo", acrescentou.

 

O bancário Bruno Vasques, 30, foi nesta quarta-feira, 22, até a loja da Festas e Farras e comprou um bate-volta para o Forró do Lago, em Santo Antônio de Jesus. Ele contou que até cogitou alugar um imóvel na cidade, mas os altos preços o fizeram desistir.

 

Para não perder a festa, que terá atrações como Wesley Safadão e Aviões do Forró, ele optou pelo serviço. "Optei por causa da segurança e a distância para as festas. Dirigir nesta época nas estradas requer muita paciência. Com o bate-volta, não preciso me preocupar e posso me divertir à vontade", afirmou.


Categorias

Notícias




Classificados


Enquete



Mais Lidas