Entretenimento

Cantores reclamam de maus-tratos nas audições do 'X Factor Brasil' exibido pela Band

No último sábado, 9, ocorreu em São Paulo o primeiro dia de audições para X Factor Brasil, que será exibido pela Band. No entanto, a seleção se tornou alvo de uma avalanche de denúncias e críticas pelas redes sociais por parte dos aspirantes a cantores, que apontaram maus-tratos por parte da produção do reality show. Cerca de 10 mil candidatos estiveram presentes no processo seletivo.
 
"Foi muito mal organizado, foi desumano. Eu cheguei às 6h, já que o portão abriria só às 8h, e só entrei depois de seis horas de fila. Foi um negócio muito mau feito, foi realmente nojento, passamos muito frio e depois quando o sol veio forte, não tinha um único lugar com sombra pra gente ficar, eu tô com o rosto ardendo demais", revela o cantor Felipe Razzo, que participou da primeira seleção de candidatos do reality.
 
O cantor ainda argumenta que a percepção de várias pessoas era de que vários candidatos presentes já haviam sido pré-selecionados para a atração. "Eu senti que a gente era só figurante do programa, eles pareciam ter os candidatos pré-escolhidos. Tinham duas meninas no local, que antes de serem chamadas para suas audições, já haviam sido entrevistadas umas seis vezes".
 
"Eles usaram o pessoal todo que estava lá, essa é a grande verdade. Foi como se já tivessem seus escolhidos, mas fizeram a chamada geral para mostrar que haviam muitos participantes nas gravações", comenta.
 
A página oficial do programa está repleta de reclamações e denúncias, que em sua maioria se resumem a maus-tratos, falta de organização, filas demoradas, além do problema mais citado nas redes: falta de banheiros.

Categorias

Música




Classificados


Enquete



Mais Lidas