Entretenimento

Relacionamento aberto: quando esse tipo de relação pode funcionar bem

Sorry quem acha o contrário, mas não concebo esta ideia. Já existe esse ranço de que todos os casais homossexuais não duram tanto, dada a farta demanda. Coisa mais feia isso! Como se não existisse amor no meio LGBT. Existe e muito, eu diria!

 

Óbvio que tanto entre homossexuais como com heteros, existem os “sacanas” da história. Ainda mais se vocês cismarem em ir a boates todo santo final de semana. Pistão é pra gente curtir enquanto solteiros. Se estiver em uma relação, pode feder se vocês insistirem em frequentar 365 dias do ano esse tipo de lugar.

 

Antes de “achar” que você está em uma relação aberta, converse com seu par. É isso mesmo que os dois / duas pensam? Já pensaram e pesaram tudo que pode aparecer neste meio de campo? Vale à pena entender que ter uma relação aberta não quer dizer que a pessoa possa sair passando o rodo por aí.

 

Quer dizer que as duas partes estão “abertas” a novas pessoas em sua vida, para experiências novas. Se você não é daquelas criaturas fortes, ponderadas e com ciúme zero menos, pode ser uma experiência bem bacana. Só para este tipo de pessoa…agora se você pira, se a sua mente consegue inventar até se seu par estiver dormindo lindamente, desista da “mUdernidade”.Muito facilmente pode te causar até carência, já que essa transformação não está ainda em total domínio. Se rolar carência, vai rolar cobrança. Mas veja bem: cobrar pelo que já que as duas partes acordaram antes de abrir a relação? 

Entende a confusão que um passo errado pode trazer? Por que não combinar um ménage, por exemplo? Pode ser uma saída muito bacana para explorar ainda mais o sexo, o tesão, todos os fetiches e brinquedinhos disponíveis.

Cama é feita com criatividade. Por que não explorar isso? E se você e seu par achar que é mais equilibrado ficarem só os dois, aproveitem para apimentar ainda mais a cama.

Os sex shops andam cheios de brinquedinhos gostosos e cheios de desenvoltura dentro de um sexo bacana. Vale a tentativa para afastar o tédio e aumentar o tesão a ponto de que nenhum das partes sinta vontade de conhecer outra pessoa.

Relacionamento aberto, para mim, é reciclagem de uma relação que já não vai bem.Oras, qualquer um pode se apaixonar pela nova pessoa envolvida na história. Aí é aquele problema, aquela dor que será causada ao que não encontrou ninguém legal como você, neste pique de abertura de portões.

Super acredito em fetiches e até um ménage, mas essa ideia de deixar a criatura solta, para qualquer outra…ahhh, meu povo, me poupe. Não conseguiria… se começo a ter vontade de uma segunda pessoa, quer dizer que minha relação está na hora de chegar ao final. Pensem bem antes de entrarem nesta combinação.(TB)


Categorias

Notícias




Classificados


Enquete



Mais Lidas