Entretenimento

Filhos de Gandhy deverá devolver meio milhão aos cofres públicos

Além da cantora Claudia Leitte, do ator José de Abreu e da Orquestra Sinfônica Brasileira, agora, o bloco Filhos de Gandhy também terá que devolver dinheiro adquirido com base na Lei Rouanet.

 

A informação foi publicada na coluna Satélite do Correio, apontado que os responsáveis pela empresa terão que reembolsar os cofres públicos em R$ 517 mil. A instituição Filhos de Gandhy encontra-se na lista de projetos que foram contemplados com os incentivos do Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac), entretanto, suas contas foram rejeitadas pelo Ministério da Cultura (MinC).

 

Conforme portaria publicada no Diário Oficial da União, desta sexta-feira (18), a entidade deverá restituir o valor exigido e ficará inabilitada de participar do programa de incentivo por três anos.

A instituição se complicou, quando, há quatro anos, arrecadou desses projetos R$ 1,35 milhão com aval do MinC para poder  desfilar em três dias, no afoxé, do Carnaval de Salvador. (BahiaNoticias||||)


Categorias

Carnaval 2016




Classificados


Enquete



Mais Lidas