Esportes

Bahia

Bahia

24 de Abr // | Bahia
O meia Régis falou nesta segunda (24) sobre as decisões contra o Vitória que o Bahia vai enfrentar na próxima semana. De olho no primeiro confronto, que acontece no Barradão na próxima quinta (27), pela semifinal da Copa do Nordeste, o maestro do Esquadrão admitiu que o time comandado por Guto não terá jogo fácil no clássico.
 
Régis ainda avisou que a equipe quer vencer mesmo fora de casa. “Chegamos até aqui jogando com determinação. A gente tem que fazer o que professor tem para orientar. Vai ser um jogo difícil dentro da casa deles e tenho certeza que vamos chegar forte para conseguir esse triunfo”, declarou Régis, que destacou a importância que o time vem dando ao regional. 
 
“Nosso foco é a Copa do Nordeste. Primeiro o jogo na casa deles, e claro que o segundo vai favorecer a gente. Espero que a gente possa conseguir fazer dois grandes jogos”, avisou. Os torcedores poderão adquirir, a partir desta segunda-feira, ingressos para o segundo Ba-Vi das semifinais da Copa do Nordeste. O duelo está marcado para domingo, na Arena Fonte Nova, às 16h (horário de Brasília).

Bahia

24 de Abr // Bahia Notícias | Bahia
O primeiro encontro entre Bahia e Vitória na temporada de 2017 foi marcado por um triunfo rubro-negro na Arena Fonte Nova. O placar de 2 a 1 no último dia 9 de março encerrou uma sequência positiva de 17 triunfos tricolores em Salvador. Na próxima quinta-feira (27), as duas equipes voltam a se encontrar pela primeira partida das semifinais da Copa do Nordeste. 
 
Questionado sobre um possível clima de revanche para a partida, o zagueiro Tiago indicou uma equipe "mordida", mas pediu prudência e tranquilidade para conseguir um bom resultado diante do rival.  "O primeiro jogo serviu de teste para as equipes. A gente está mordido, até porque eram 17 jogos sem perder ou empatar. É claro que estamos mordidos, mas a rivalidade não pode subir pra cabeça. Estamos tranquilos para fazer um grande jogo", declarou.
 
O defensor titular da equipe comandada pelo técnico Guto Ferreira fez uma análise da equipe rubro-negra e pediu atenção com a marcação. "O Vitória tem uma equipe ofensiva e perigosa. Vimos alguns jogos deles e tivemos situações em que deixamos eles jogar. Aprendemos com os erros, temos uma tática bem pensada e vamos com tudo para buscar a classificação", indicou. O grupo tricolor inicia os treinamentos para a partida nesta segunda-feira, no Fazendão

Bahia

21 de Abr // | Bahia
Depois de derrotar o Fluminense de Feira por 3 a 0 no estádio Joia da Princesa, no jogo de ida da semifinal do Campeonato Baiano, no último fim de semana, o Bahia se prepara para o jogo de volta, na Fonte Nova, com uma larga vantagem a seu favor. O duelo está marcado para este sábado, às 16h (horário de Brasília).  
 
O foco dos jogadores do Bahia, é claro, está nesse jogo, porém não dá para negar que há grande expectativa pelo Ba-Vi. Os rivais baianos se enfrentam na próxima quinta, pela Copa do Nordeste, e ainda podem se encontrar nas finais do Campeonato Baiano. O zagueiro Tiago falou sobre a expectativa, sobretudo depois do primeiro clássico, vencido pelo Rubro-Negro por 2 a 1. 
 
- Cria expectativa. A gente teve um jogo que foi decidido nos detalhes. Se cria uma expectativa muito grande. A cidade inteira para esse clássico. Mas vamos pensar primeiro contra o Fluminense – afirmou.  Tiago, inclusive, revelou que assistiu à eliminação do Vitória na Copa do Brasil. O defensor elogiou a atuação do rival, que não passou de um empate sem gols. Globoesporte

Bahia

20 de Abr // | Bahia
Começar a temporada com uma média de dois gols marcados por partida não é nada ruim para um time. Nos 21 confrontos que já fez até agora em 2017, o Bahia conseguiu balançar as redes 42 vezes. Um número bem confortável, mas que não tem servido de alento no Fazendão. Apesar das estatísticas, o técnico Guto Ferreira tem recebido o estigma de retranqueiro.
 
Crítica que o tem acompanhado desde o início do ano. Boa parte das reclamações da torcida se dá pela postura do Tricolor em campo e, também, pelas modificações feitas pelo técnico durante as partidas. Com ou sem a fama, o certo é que, além dos 42 gols marcados, o Bahia só levou oito gols no ano. Na visão do volante Renê Junior, estes números são reflexo de todo o esquema em campo.
 
- Não acho que seja um treinador retranqueiro como falam. A gente faz muitos gols e leva poucos. É sinal que a marcação começa lá na frente. Começa no ataque. O Guto trabalha bastante, tem um trabalho tático muito bom. Creio que isso fortalece até nós, jogadores. Não creio que ele seja um treinador retranqueiro. Muitos treinadores jogam dessa forma. O Guto é um treinador inteligente, experiente, sabe amadurecer com as críticas, mesmo não sendo verdadeiras - avaliou o jogador em entrevista ao GloboEsporte.com.

Bahia

19 de Abr // | Bahia
Uma das apostas da diretoria do Bahia para esta temporada, Jean tem a garantia de mais dois anos no Fazendão. O Bahia e o jogador chegaram a um acordo de reajuste salarial e renovação do contrato. O vínculo, que ia até o final deste ano, agora terá seu fim em 2019. Jean é fruto das divisões de base do Bahia. Ele foi promovido para o profissional em 2015, quando o Tricolor era comandado por Sérgio Soares.
 
No domingo, contra o Flu de Feira, ele completou 31 jogos pelo Tricolor. Neste ano, foram 11 partidas disputadas e dois gols sofridos. - Muito feliz em renovar mais um ano aqui. Aqui eu me sinto em casa. É o clube que eu tive minha primeira oportunidade como profissional, onde trabalho desde pequeno. É um clube que eu me identifico muito - comemorou o jogador em entrevista no Fazendão, na manhã desta quarta-feira. 
 
Recentemente, Jean passou por um grande susto. No mês de março, ele foi diagnosticado com uma amigdalite e acabou vetado pelo departamento médico do clube. O problema, no entanto, foi mais grave do que uma simples inflamação na garganta. O jovem atleta de 21 anos passou uma semana internado em um hospital da capital baiana e perdeu cinco quilos.

Bahia

19 de Abr // | Bahia
O Bahia seguiu na manhã desta quarta-feira (18) a sua preparação para a segunda partida das semifinais contra o Fluminense de Feira, no próximo sábado (22), às 16h, na Arena Fonte Nova. Como venceu o primeiro duelo por 3 a 0, o Esquadrão pode até perder por três gols de diferença. Inicialmente, os atletas tricolores foram submetidos ao tradicional e necessário aquecimento.
 
Em seguida, o grupo foi separado em duas partes. No campo 2, os jogadores considerados reservas realizaram um treinamento técnico com os auxiliares Alexandre Faganello e Preto Casagrande. No campo 1, o técnico Guto Ferreira convocou os seus jogadore titulares para uma atividade tática. O polivalente Éder, que deve ser o lateral-direito do Ba-Vi da próxima quinta-feira (27), deu lugar ao zagueiro Tiago, que retorna após suspensão.
 
No meio-campo, Zé Rafael foi o escolhido para substituir Régis, que está suspenso. A formação foi a seguinte: Jean; Eduardo; Tiago, Lucas Fonseca e Armero; Renê Júnior, Juninho e Zé Rafael; Allione, Edigar Junio e Hernane.  O zagueiro Jackson continuou o seu trabalho de transição física após se recuperar de uma inflamação no joelho. Outro que já faz treinos de condicionamento é o volante Yuri, recuperado de uma artroscopia no joelho.

Bahia

18 de Abr // | Bahia
Depois de vencer o Fluminense de Feira no último domingo (16) e ganhar uma folga na segunda-feira (17), o elenco do Bahia voltou a treinar nesta terça-feira (18) pensando no segundo jogo contra o Touro do Sertão, no próximo sábado (22), pela semifinal do Campeonato Baiano. No Fazendão, os atletas que atuaram mais de 45 minutos foram submetidos a um treino na academia do clube.
 
Em seguida, os mesmo jogadores desceram ao gramado para complementar o trabalho com uma atividade recreativa. O lateral-esquerdo Armero e o meia Régis, que está suspenso, se reservaram ao trabalho na academia. Por outro lado, os outros jogadores realizaram um treino físico-técnico. Na sequência, o técnico Guto Ferreira orientou um treinamento técnico em campo reduzido.
 
Em processo de transição física após se recuperar de uma inflamação no joelho, o zagueiro Jackson treinou na academia. O volante Edson, por sua vez, deu seguimento a sua recuperação no departamento médico, assim como o lateral-direito Wellington Silva, que já retornou do Rio de Janeiro, onde foi avaliado por especialistas. O grupo tricolor dá seguimento ao trabalho nesta quarta-feira (18), às 15h, no Fazendão.

Bahia

18 de Abr // | Bahia
Contratado no início da temporada de 2017 pelo Bahia, o lateral-direito Wellington Silva pouco atuou pelo clube em virtude de uma sequência de lesões no joelho. Fora de combate, o atleta vem sendo analisado por especialistas no Rio de Janeiro, de acordo com o vice-presidente do clube, Pedro Henriques.
 
"Quando chegou,  fizemos exames e detectamos um desgaste articular. Fizemos uma avaliação com o departamento médico e entendemos que ele jogaria normalmente. Ele vem reclamando de dores e estamos acompanhando. Ele está no Rio de Janeiro fazendo consultas com profissionais", declarou. Ainda de acordo com o dirigente tricolor, não existe uma definição a respeito de uma cirurgia.
 
O clube aguarda por uma resposta dos médicos para definir o futuro do atleta. "Ainda não existe uma definição quanto a realização de uma cirurgia. Infelizmente ele vem enfrentando essa dificuldade e não consegue performar para ter uma sequência. Isso vem sendo tratado de forma direta com o jogador e o seu empresário de forma transparente. A depender da condição clínica, iremos comunicar a torcida", indicou.

Bahia

17 de Abr // | Bahia
Após o triunfo do Bahia por 3 a 0 sobre o Fluminense de Feira, Guto Ferreira valorizou o resultado. O técnico se mostrou satisfeito, ignorou a queda de rendimento da equipe no segundo tempo e comemorou a vantagem larga para o jogo de volta. "Mais importante foi que a gente construiu um placar, saiu com o resultado importante daqui. Esse segundo tempo é o de menos", disse.
 
Porém, o treinador manteve a humildade e afirmou que o Tricolor ainda não pode comemorar a classificação para a final do Baianão. "Esperamos na Arena, com o apoio do nosso torcedor, buscar e conseguir mais um resultado. Aí sim vamos comemorar. Não tem nada conquistado ainda, respeitamos muito o Fluminense e o Arnaldo Lira". 
 
O comandante ainda lembrou a derrota no BAVI e destacou que o triunfo sobre o Touro ainda não apagou o revés para o rival. "Quando acontece isso (derrota em clássico), os triunfos são os remédios. O triunfo de hoje foi um remédio, mas não vai curar nossa ferida. Essa ferida só vai ser curada se chegarmos ao título". Ao final da entrevista, Guto voltou a lamentar os erros das arbitragens dos jogos do Esquadrão e não poupou criticas a Jailson Macedo Freitas.

Bahia

16 de Abr // | Bahia
Era semifinal de Campeonato Baiano, mas parecia um treino de luxo. O Bahia venceu o Fluminense de Feira por 3 a 0, neste domingo (16), no Joia da Princesa. O Tricolor, com facilidade, resolveu a partida no primeiro tempo. Hernane, Renê Júnior e Hernane marcaram. Agora, o time da capital possui vantagem considerável para avançar à final da competição.
 
Para o Flu de Feira ir à decisão, precisará vencer por pelo menos quatro gols de diferença, na partida de volta, que acontecerá neste sábado (22), às 16h, na Fonte Nova. Primeiro tempo: O jogo começou sonolento. O Fluminense de Feira se destacava pela vontade, mas o Bahia controlava o jogo, apesar de não ser agudo em suas investidas.
 
Na primeira metade do primeiro tempo, apenas uma finalização perigosa de Hernane, aos oito minutos. Gol do Bahia: Num lance despretensioso, o Tricolor marcou seu gol. Deca tentou espanar a bola, espirrou a bola de forma errada e a redonda sobrou pra Hernane que, com calma, colocou a bola para o fundo das redes. Tricolor aumenta: O primeiro tempo, que era morno, de repente ficou interessante para o Esquadrão.

Bahia

14 de Abr // | Bahia
O tricolor terá mesmo baixas importantes para enfrentar o Fluminense de Feira, no domingo (16), às 18h30, no Joia da Princesa. Serão quatro baixas entre os titulares: o goleiro Jean, os zagueiros Tiago e Jackson e o volante Edson. O camisa 1 foi a campo no treino da tarde desta quinta-feira (13), no Fazendão, mas ainda é dúvida.
 
Ele perdeu quase quatro quilos enquanto tratava uma amigdalite e não é relacionado desde o duelo com o Fortaleza, no dia 22 de março. Jackson e Edson continuam em tratamento das suas lesões. O zagueiro tem uma inflamação no joelho e o volante num calcanhar. Já Tiago cumprirá suspensão por ter sido expulso no Ba-Vi do domingo (9) pela 1ª fase do Baianão.
 
Na atividade desta quinta, o técnico Guto Ferreira fez um trabalho tático com o provável time titular, que deve ter Anderson; Eduardo, Lucas Fonseca, Éder e Pablo Armero; Juninho, Renê Júnior e Régis; Allione, Edigar Junio e Hernane. Antes de ir a campo, os atletas assistiram a um vídeo do adversário de domingo e fizeram um trabalho de alongamento na fisioterapia.

Bahia

13 de Abr // | Bahia
O técnico Guto ferreira já sabe que não contará com sua dupla de zaga titular na partida de domingo (19), contra o Fluminense de Feira, ás 18h30, no Joia da Princesa, pela ida da semifinal do Campeonato Baiano. Jackson segue entregue ao departamento médico do clube com um problema no joelho e Tiago foi expulso no Ba-Vi de domingo (9).
 
Assim, o treinador tricolor formou o miolo de zaga com os substitutos naturais dos dois. Eder, já vinha atuando ao lado de Tiago há algum tempo, desde a lesão de Jackson, e Lucas Fonseca foi a opção dele para reconstituir o setor defensivo no Ba-Vi após a expulsão de Tiago. O resto do time que treino na tarde desta última quarta (12) no Fazendão, foi o mesmo que iniciou o clássico.
 
A equipe segue sem Edson, com uma lesão no pé. O esboço, sem goleiro, teve Eduardo, Lucas, Éder e Armero; Renê e Juninho; Régis, Edigar e Allione; Hernane. "(Vai ser um) Jogo muito difícil. O Fluminense vai nos trazer muitos problemas. Temos que estar focados, dispostos, porque vai ser uma guerra. É a primeira final. Temos que ter inteligência para ter um bom resultado", afirmou o lateral Eduardo.

Bahia

13 de Abr // | Bahia
Para decidir mais uma vez o Campeonato Baiano, o Bahia precisa passar pelo Fluminense de Feira nos dois jogos das semifinais do estadual. A primeira das duas partidas acontece no próximo domingo (16), no estádio Joia da Princesa. Com o objetivo de conseguir uma boa vantagem, o lateral-direito Eduardo deixou a derrota no Ba-Vi do último domingo (9) de lado e pediu foco ao time.
 
"O fato de ter perdido quer dizer nada. Jogo muito difícil. Fluminense vai nos trazer muitos problemas. Temos que estar focados, dispostos, porque vai ser uma guerra. É a primeira final. Temos que ter inteligência para ter um bom resultado", declarou. A força que o Bahia tem em Salvador foi valorizada por Eduardo, que apontou a importância de decidir a vaga na final dentro da Arena Fonte Nova.
 
"Nos últimos jogos, conseguimos uma arrancada boa. Para a gente, é muito proveitoso decidir em casa, diante de nossa torcida. Espero que a gente consiga um bom resultado lá", indicou. O Bahia encerrou a primeira fase com seis triunfos, três empates e uma derrota. Por sua vez, o Fluminense de Feira carrega uma campanha de seis triunfos, dois empates e duas derrotas.

Bahia

12 de Abr // | Bahia

Com o assassinato do jovem Carlos Henrique Santos de Deus após o Ba-Vi do último domingo (9), o Ministério Público da Bahia, através do promotor Olímpio Campinho, cogitou a implantação de torcida única nos próximos clássicos. A ideia da entidade, porém, não é bem vista pelo vice-presidente do Bahia, Pedro Henriques.

 

Na opinião do dirigente, a "culpa" pelo ocorrido não passa pelo esporte. "Acredito que não podemos transformar um problema social em um problema esportivo. Temos que buscar responsabilizar quem tem responsabilidade, que é o assassino, e a segurança pública. Isso é culpa do esporte? É querer transferir responsabilidades", declarou, em entrevista ao Bahia Notícias.

 

O membro da diretoria do Esquadrão reforçou o argumento com o fato de nenhum incidente ter sido registrado dentro da Arena Fonte Nova. Vale lembrar que o clássico marcou o retorno de um setor específico para a torcida mista. "Quem tem que apresentar soluções sobre os problemas nas ruas são os clubes? Porque não perguntam para o prefeito ou para o governador?...

Bahia

11 de Abr // | Bahia

A discussão do futebol baiano nesta terça-feira (11) passa pelo clássico Ba-Vi: ter ou não ter torcida única no próximo clássico entre tricolores e rubro-negros? O volante Juninho foi questionado sobre o tema e deu a sua opinião. Bahia e Vitória voltam a se enfrentar no dia 27 de abril, às 20h30, no Barradão, pela primeira partida das semifinais da Copa do Nordeste.

 

"Acho que quando é torcida única, perde o brilho do espetáculo. Se for pelo bem do futebol, pela paz, que seja torcida única. O que não pode é uma pessoa jovem sair de casa para ver o clube do coração e não retornar. Tudo na vida tem que ser na base da paz, não tem mais espaço para a violência", declarou.

 

O camisa 5 do Esquadrão lamentou o assassinato do jovem Carlos Henrique Santos de Deus, ocorrido logo após o Ba-Vi do último domingo (9), na Arena Fonte Nova. "As pessoas que saem de casa para assistir o jogo tem que ir no intuito de assistir o jogo, fazer festa, e não de fazer violência, brigar. Perda muito grande fora do estádio, menino que tinha a vida toda pela frente. Que Deus conforte o coração dos familiares, amigos.

Bahia

11 de Abr // | Bahia
Após a derrota no Ba-Vi do último domingo (9), chega a hora de uma sequência de decisões para o Bahia neste primeiro semestre. A primeira partida chave para o Esquadrão acontece no próximo domingo (16), contra o Fluminense de Feira, no estádio Joia da Princesa. Com a folga na última segunda (10), o time de Guto Ferreira começa os treinamentos nesta terça (11).
 
Para o confronto, o Bahia não poderá contar com o zagueiro Tiago, expulso diante do arquirrival rubro-negro. A tendência é que Lucas Fonseca seja o substituto, já que Jackson pode não reunir condições clínicas. Contra o Atlântico, na última quarta-feira (5), o defensor voltou a sentir dores no joelho. 
 
Quem pode retornar ao time tricolor é o goleiro Jean, que já se recuperou de uma virose e inclusive participou do aquecimento com os arqueiros antes do último jogo. Confira a programação tricolor: Terça-feira (11/04) - 15h - Treino - Fazendão; Quarta-feira (12/04) - 15h - Treino - Fazendão Quinta-feira (13/04) - 15h - Treino - Fazendão; Sexta-feira (14/04) - 08h30 - Treino - Fazendão; Sábado (15/04) - 15h - Treino - Fazendão Domingo (16/04) - 18h30 - Fluminense de Feira x Bahia - Jóia da Princesa.

Bahia

10 de Abr // | Bahia

O árbitro Jailson Macedo Freitas, que dirigiu o clássico Ba-Vi, no último domingo (9), na Arena Fonte Nova, relatou em súmula o arremesso de um copo plástico com gelo em direção ao meia Juninho, do Tricolor. O objeto foi lançado pela torcida do Rubro-negro. O duelo terminou com triunfo do Leão por 2 a 1.

 

"Informo que aos nove minutos do 2ª tempo foi arremessado um copo descartável contendo gelo, pela torcida do Vitória na direção do jogador da equipe do Bahia, Srº Paulo R. V. Júnior, de nº5, que se encontrava posicionado para execução do tiro de canto. Esclareço que o objeto arremessado não atingiu o jogador", diz um trecho da súmula. Diante do relato, o TJDB pode denunciar tanto o Vitória como o Bahia no artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

 

A punição acarreta em multa e perda de um a dez mandos de campo a equipe que “deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir o lançamento de objetos no campo”. Apesar de não ter envolvimento de torcedores do Bahia na ação, o Tricolor poderá ser denunciado pelo simples fato de ser o mandante da partida, como prega o Código Brasileiro de Justiça Desportiva.

Bahia

10 de Abr // | Bahia
O Bahia não contou com o volante Edson para enfrentar o Vitória, no último domingo (9), em duelo válido pela 10ª rodada do Campeonato Baiano. Após a partida, vencida pelo rubro-negro por 2 a 1, o técnico tricolor, Guto Ferreira, lamentou a perda de última hora, mas fez questão de elogiar a atuação do substituto Renê Júnior.
 
"Todo bom jogador faz falta. Trabalhou a semana toda para isso, mas Renê fez uma grande partida. Não posso colocar uma crítica, até porque Renê foi bem. Tem o carisma, a liderança e um jogador com a experiência dele em um jogo nutrido pela malandragem faz falta", declarou. Guto Ferreira também elogiou a postura do time, que mesmo com um jogador a menos conseguiu diminuir o placar e buscou o empate contra o maior rival. 
 
"[Destaco] A busca.Foi um jogo equilibrado no primeiro tempo até tomar o gol. Tivemos uma queda e tomamos o segundo gol. Com um a menos nós surpreendemos, tentamos buscar o gol de empate, mas não conseguimos", explicou. A equipe volta a jogar pelo estadual no próximo domingo (12), contra o Fluminense de Feira, pela primeira partida das semifinais. Bahia Notícias

Bahia

09 de Abr // | Bahia
O Bahia começou a série de clássicos com o Vitória com o pé esquerdo. Na tarde deste domingo, o Tricolor foi derrotado por 2 a 1 na Arena Fonte Nova, em partida válida pela 10ª rodada do Campeonato Baiano. Os gols foram marcados por Cleiton Xavier e Kanu, pelo Vitória, e Alan Costa fez contra. Após o clássico, o técnico Guto Ferreira concedeu entrevista coletiva.
 
Em determinado momento, um dos repórteres presentes na sala de imprensa perguntou sobre o motivo da manutenção do atacante Hernane no time, que, segundo o jornalista, não havia rendido nada em campo. O treinador foi categórico: - É a sua opinião. Não tenho que responder a ela. Opinião sua, tenho que respeitar, só isso.
 
Guto avaliou o duelo e afirmou que, nos próximos clássicos, vai buscar o triunfo de qualquer maneira. Segundo ele, a partida foi decidida nos detalhes. - Nos próximos jogos, temos que buscar triunfar de qualquer jeito. Queremos chegar na final da competição, vamos confrontar direto com eles, caso chegue na final do Baiano também. Foi um campeonato à parte, agora é um campeonato maior. Vamos trabalhar para fazer melhor.

Bahia

07 de Abr // | Bahia
Difícil encontrar algum torcedor que não tenha na ponta da língua a escalação e o esquema tático utilizado por Guto Ferreira no Bahia. Desde que chegou ao clube, em meados da Série B, o treinador não abre mão de jogar no 4-2-3-1, provavelmente o desenho mais utilizado pelos clubes brasileiros, variando apenas no modo de jogar de cada um.
 
E é com ele que Guto segue convicto para enfrentar o Vitória neste domingo, no primeiro clássico do ano, tendo em mãos uma equipe com virtudes e defeitos.  O setor de volantes, sem dúvidas, foi o mais reforçado pelo clube. Além de Juninho, Renê Junior e Feijão, que permaneceram na equipe, a diretoria tricolor contratou os elogiados Edson, do Fluminense, e Matheus Sales, do Palmeiras.
 
Mas ninguém imaginava que Juninho, principal destaque do time no acesso à Série A e cobiçado pelo Internacional, fosse perder a vaga de titular. Foi justamente isso o que aconteceu.  Guto, que monta sua equipe para marcar forte, sacou o xodó da torcida porque entendia que Edson e Renê Junior era a melhor dupla de volantes. De fato, os dois são melhores marcadores, porém nenhum deles tem a qualidade de passe para iniciar as jogadas, muito menos a batida na bola e os chutes de longa distância de Juninho.

Bahia

06 de Abr // | Bahia
São mais de mil minutos em campo, sete gols marcados e duas assistências. Esses são os números do meia Régis, destaque do Bahia na temporada de 2017. O camisa 20 é a referência tricolor para o clássico contra o Vitória, no próximo domingo (9), na Fonte Nova. O atleta, no entanto, prefere não assumir o protagonismo para o primeiro Ba-Vi da temporada.
 
O atleta enalteceu todo o grupo. "Feliz pelo momento, mas temos que enaltecer a equipe, comissão técnica e todos que estão contribuindo para a gente desenvolver esses números. vai ser um jogo difícil e temos que estar bem preparados para conseguir o triunfo. Acho que a nossa equipe é forte e o individual aparece naturalmente. Temos que estar tranquilos, sabendo que o trabalho está sendo bem feito", indicou.
 
O meia tricolor conquistou espaço na equipe titular no final da última temporada e hoje é cativo no onze inicial do técnico Guto Ferreira. Ele elencou o trabalho como fator essencial. "Eu sempre falo do trabalho. Sempre trabalhei para fazer o melhor. No ano passado, o professor me utilizava no decorrer e eu estava preparado. Na reta final, consegui terminar como titular, conseguimos nosso objetivo e agora estou tendo sequência, confiança e espero que seja daqui para melhor", projetou.

Bahia

06 de Abr // | Bahia
Após o triunfo sobre o Atlântico na noite desta última quarta-feira (5), o técnico Guto Ferreira começou a mirar a sua atenção para o clássico contra o Vitória, no próximo domingo (9), pelo Campeonato Baiano. Em entrevista coletiva ainda na quarta-feira, o treinador indicou um "time forte" para atuar contra o rubro-negro. 
 
"A gente sabe o que está fazendo com A, com B... Pode ter certeza que vamos ter um time forte para domingo. Isso é o que posso dizer", declarou. A partida desta noite foi marcada pelo retorno do zagueiro Jackson, que havia se recuperado de uma inflamação no joelho. A volta, no entanto, durou apenas 45 minutos, já que o defensor voltou a sentir dor no local da lesão. Guto admitiu temer pela presença dele no clássico. 
 
"A gente tinha que fazer. Jackson não tinha um mês que jogava e tinha que mostrar que estava apto. Infelizmente aconteceu e vamos ver, mas já deixa a gente temeroso para o jogo. Vamos ver o que acontece até domingo", indicou o técnico, que quer a sua equipe "desfrutando o momento" de decisão que se aproxima. "Trabalhamos muito para isso. Agora é desfrutar do momento. Procurar jogar o melhor, aproveitar a situação e procurar mostrar serviço. É procurar fazer grandes jogos para conseguir o objetivo. Temos que conseguir ultrapassar os nossos adversários", projetou.

Bahia

05 de Abr // | Bahia
O Bahia não teve dificuldade para conquistar mais um triunfo no Campeonato Baiano. Dentro do estádio Metropolitano de Pituaçu, o time alternativo comandado pelo técnico Guto Ferreira aplicou 3 a 0 no Atlântico na noite desta quarta-feira (5), pela 11ª rodada do Campeonato Baiano. Gustavo, duas vezes, e Diego Rosa marcaram os gols tricolores.
 
Com o resultado, o Bahia passou o Fluminense de Feira e assumiu o segundo lugar o certame estadual. No próximo domingo (9), o Bahia enfrenta o arquirrival Vitória, em jogo atrasado da 10ª rodada. Gustavo, de cabeça, abre o placar para o Bahia. Mesmo com a equipe considerada reserva, o Esquadrão mostrou a sua superioridade técnica nos primeiros minutos da partida.
 
Aos seis minutos, Edigar Junio passou para Diego Rosa, que fez bom cruzamento para Gustavo, que cabeceou e não deu chances para o goleiro adversário. Aos onze minutos de jogo, o time da casa respondeu. Júnior aproveitou falha de Renê Júnior e passou para Ramon Barbosa, que bateu firme para grande defesa do goleiro Anderson. O Tubarão chegou novamente aos 22, quando Ramon Barbosa arriscou de fora da área e a bola passou perto da meta.

Bahia

05 de Abr // | Bahia
Em duelo válido pela 11ª rodada do Campeonato Baiano, o Bahia entra em campo na noite desta quarta-feira (5), às 21h45, contra o Atlântico, no estádio Metropolitano de Pituaçu. A missão tricolor é vencer para - a depender dos resultados - passar o Fluminense de Feira, atual segundo colocado da competição estadual.
 
Já pensando no Ba-Vi do próximo domingo (9), a comissão técnica tricolor optou por poupar os atletas considerados titulares. Apesar disso, o torcedor que for ao estádio poderá ver o retorno do zagueiro Jackson, recuperado de lesão, e o do lateral-esquerdo Pablo Armero, que estava na seleção colombiana. Ele destacou a importância da partida.
 
"Para mim, para todos nós, é um jogo muito importante. A gente sabe que nada é fácil e temos que jogar para vencer. Com o trabalho que estamos fazendo, vamos fazer o melhor para dar alegria para nossa família, para nossa torcida", declarou o jogador. Para o duelo, o Bahia ainda não poderá contar com o goleiro Jean, que segue se recuperando de uma virose. A equipe tricolor ocupa o terceiro lugar do certame, com 18 pontos. Vice-líder, o Fluminense de Feira possui 20.

Bahia

04 de Abr // | Bahia
O Bahia bateu o Sergipe por 3 a 0 na noite do último domingo e garantiu a classificação para as semifinais da Copa do Nordeste. Pela frente, o Tricolor vai ter um velho conhecido, o Vitória, em mais duas partidas. Além dos dois jogos pelo Nordestão, marcados para os dias 23 e 26 deste mês, no próximo domingo os dois clubes se encontram pelo Campeonato Baiano. 
 
Como arma para vencer o Vitória, o técnico Guto Ferreira tem não somente uma equipe titular bem definida, como também um reserva que vem reconquistando aos poucos o seu espaço. Depois de se machucar na pré-temporada e ficar um longo período afastado para tratar a lesão, o atacante Edigar Junio tem ganhado minutos em campo e se destacado. No retorno aos gramados, ele já marcou dois gols.
 
O último foi o terceiro na vitória sobre o Sergipe.  Feliz com o desempenho do atacante, Guto Ferreira pretende utilizá-lo por mais tempo na partida da próxima quarta-feira, contra o Atlântico, pelo Campeonato Baiano. A ideia é deixar o atacante em ritmo ideal para a sequência de Ba-Vis. - Só um detalhe: Edigar nunca foi reserva. Para se tornar reserva, ele precisa estar mal. Ele tem minha confiança, dos companheiros.

Bahia

03 de Abr // Leonardo Sousa | Bahia
Classificado para as semifinais da Copa do Nordeste, o Bahia agora mira a disputa do Campeonato Baiano. Na próxima quarta-feira (5), o desafio será contra o Atlântico. Quatro dias depois, a equipe faz o clássico contra o Vitória. Na manhã desta segunda-feira (3), o elenco deu início aos treinamentos.
 
Os jogadores que atuaram mais de 45 minutos contra o Sergipe no último domingo (2) foram liberados da atividades. Estes voltam ao trabalho nesta terça-feira (4). Os demais, por outro lado, iniciaram o trabalho na fisioterapia e depois desceram ao gramado para trabalhar a parte técnica. Os auxiliares Alexandre Faganello, André Luís e Preto Casagrande comandaram o trabalho, já que Guto Ferreira viajou para resolver questões pessoais.
 
Recuperado de lesão, o zagueiro Jackson treinou normalmente, assim como o lateral-esquerdo Pablo Armero. Wellington Silva, que iniciou o trabalho, acabou deixando o gramado mais cedo em virtude de um incômodo no joelho. O goleiro Jean, que segue em processo de recuperação de uma virose, ficou no departamento médico do clube. Todo o elenco do Esquadrão volta a se reunir para treinar na tarde desta terça, às 15h, novamente no Fazendão.

Bahia

03 de Abr // | Bahia
O jogador Hernane afirmou que está empolgado para disputar os clássicos contra o Vitória, tanto pelo Campeonato Baiano quanto pela Copa do Nordeste, e quer deixar a sua marca nas partidas. "Estou tentando fazer, mas vamos dizer que no clássico é mais gostoso. A sensação é diferente. Agora vai começar um campeonato à parte", disse.
 
Ele afirmou que não está nervoso para as fases finais dos dois campeonatos e a disputa da primeira divisão do Brasileirão. "Estou bem tranquilo. Conheço a minha equipe, a nossa equipe está bem qualificada esse ano. Sabemos que a competição é mais difícil, a série A do Brasileiro, mas o Bahia fez ótimas contratações e o time está se entrosando".
 
"Só tomamos dois gols na Copa do Nordeste e sabemos da nossa força, então temos que concentrar bastante porque agora é a hora boa, é a hora do Ba-Vi", brincou. Hernane acredita que o baixo número de gols sofridos pelo tricolor no Nordestão pode se manter. "Eu acho que não é a equipe mais difícil, é a decisão. Chegou a hora do mata-mata, então sabemos que temos que nos cuidar. Em uma bobeira tomamos o segundo gol, faz parte do futebol, mas quanto menos gols a gente tomar, melhor pra gente", concluiu.

Bahia

02 de Abr // | Bahia
O Bahia conquistou a última vaga da semifinal da Copa do Nordeste na noite deste domingo (2) após vencer o Sergipe em casa por 3 a 0. Com o resultado, o tricolor enfrentará o rival Vitória na semifinal da Copa do Nordeste. O primeiro duelo será realizado no Barradão, já que o tricolor conquistou a vantagem após garantir mais pontos que o Leão no campeonato.
 
Definidas, as semifinais da Copa do Nordeste serão dois clássicos entre tricolores e rubro-negros. Enquanto Bahia e Vitória brigam por uma vaga na final em Salvador, Santa Cruz e Sport fazem o duelo pela outra chance de disputar a final em Recife. Domínio tricolor: Com três atacantes em campo, o Bahia mantinha a marcação avançada, prendendo o time do Sergipe na defesa.
 
Com três atacantes em campo, o tricolor pressionava os colorados em busca de um gol para garantir o mando de campo na semifinal. Aos 44 minutos, Hernane marcou para o Bahia, mas o gol foi anulado pelo assistente número dois. O atacante tricolor recebeu um cruzamento de Régis na pequena área e mandou para o gol de Ferreira, mas o árbitro invalidou o lance. No entanto, o lateral colorado Carlos Henrique dava condição legal ao tento.

Bahia

31 de Mar // | Bahia
Depois de vencer o Sergipe por 4 a 2 na última quarta-feira, o Bahia abriu uma boa vantagem para se classificar às semifinais da Copa do Nordeste. Neste domingo, o Tricolor vai receber o Colorado na Arena Fonte Nova e pode perder até por dois gols de diferença, desde que o placar não seja superior a 4 a 2, para garantir vaga na próxima fase.   
 
Mas quem esperava um Sergipe motivado para virar o jogo se enganou. As notícias que vêm de Aracaju dão conta de que a equipe chegará a Salvador com um time misto, já que mantém o foco no campeonato estadual. Pelo lado baiano, não muda muita coisa. Em entrevista coletiva concedida na tarde desta sexta-feira, o atacante Zé Rafael garantiu que, independentemente da escalação adversária, o Bahia vai entrar em campo com “força máxima”. 
 
- Independente da equipe do Sergipe... Como ela vier para cá, a nossa equipe vai se preparar nesses próximos dias para fazer um bom jogo, independentemente de ser contra a equipe titular ou reserva do Sergipe. A nossa equipe vai com força máxima para garantir logo essa vaga nas semifinais - assegurou. Caso confirme a classificação, o Bahia pode ter de enfrentar o Vitória nas semifinais do torneio estadual.

Bahia

31 de Mar // | Bahia
O triunfo do Bahia por 4 a 2 sobre o Sergipe e do Vitória sobre o River-PI, ambos na última quarta-feira e fora de casa, deixaram mais próximo a possibilidade de um Ba-Vi nas semifinais da Copa do Nordeste. Esse é o confronto que acontecerá caso as equipes confirmem o favoritismo e avancem na competição no final de semana.  
 
Em entrevista coletiva após o confronto, a pergunta sobre um possível clássico era inevitável, e o técnico Guto Ferreira não fugiu dela. Ele confessou que vem assistindo ao Vitória nesse início de temporada, porém deixou claro que é preciso respeitar a equipe do Sergipe, afinal ainda falta o jogo da volta.  - Em se tratando de estadual, de uma série de coisas, a gente já vem estudando.
 
Desde o início do ano a gente assiste o rival, observa, estuda, o outro lado acredito que a mesma coisa. Só que aqui na Copa do Nordeste nenhum dos dois está classificado. Só após o segundo jogo que a situação será ratificada. Todo respeito a equipe do Sergipe, temos que jogar muito bem em Salvador para conseguir mais um triunfo e aí sim pensar no próximo adversário. Sendo o rival, esse trabalho que fazemos desde o início do ano será colocado em prática – analisou o treinador tricolor.  

Bahia

30 de Mar // | Bahia
Desde a saída de Jackson em virtude de uma inflamação no joelho, o zagueiro Éder, revelado na base do Bahia, vem atuando como titular no setor defensivo. Com o retorno próximo do experiente defensor, fica o questionamento sobre quem vai atuar contra o Sergipe, no próximo domingo (2), pela segunda partida das quartas de final da Copa do Nordeste. 
 
Se depender de Éder, ele seguirá formando a dupla com Tiago no setor. Após o triunfo sobre o Sergipe por 4 a 2 na última quarta-feira (29), o camisa 30 citou a 'pulga atrás da orelha' do técnico Guto Ferreira. "Quando fui solicitado, tinha na cabeça que ia colocar a pulga atrás da orelha dele. Está plantada.Se o Jackson voltar, vou respeitar, é uma decisão do treinador, mas vou trabalhar para ser titular", declarou o jogador.
 
O jogador ainda comemorou o resultado positivo, mas pregou humildade para o segundo jogo. "Onde o Guto solicitar, eu vou. Já deixei claro que sou zagueiro, gosto de jogar na zaga, mas onde tiver vaga quero ir. Foi um jogo bom. Apesar de tomar dois gols, que não devíamos ter tomado, fizemos quatro. Bom resultado, mas não tem nada ganho. Tem o jogo na Fonte e temos que matar lá", indicou.

Bahia

30 de Mar // | Bahia
Depois de abrir uma vantagem de dois gols sobre o Sergipe, ao vencer o primeiro jogo por 4 a 2, em partida realizada no Batistão, o técnico Guto Ferreira pede para o time não relaxar no jogo de volta programado para domingo (2), às 18h30, na Arena Fonte Nova. Apesar do resultado, o treinador não considerou o jogo tranquilo.
 
"É muito simples falar 'jogo tranquilo'. O jogo não foi tranquilo, não, tanto que saímos atrás. Isso mostra a força do Sergipe. A gente fez uma grande partida, tivemos a força de ir buscar na sequência e buscar o placar, mas aí bobeamos um pouquinho e tomamos o gol. Futebol não dá para relaxar e tirar o ritmo", declarou Guto, que minimizou a vantagem criada pelo Esquadrão. Sobre a partida de volta, o treinador preferiu não antecipar uma possível classificação do Tricolor. 
 
"Não tem nada decidido. Temos que jogar uma outra grande partidda em Salvador para solidificar a nossa classificação", indicou. No jogo de volta o Bahia pode perder até por 2 a 0 que avança para a fase semifinal da Copa do Nordeste. O Bahia está muito próximo de chegar às semifinais da Copa do Nordeste. Em Aracaju, o ataque funcionou no segundo tempo e o Esquadrão venceu o Sergipe na noite de quarta (29) por 4 a 2.

Bahia

29 de Mar // | Bahia
Nenhuma outra equipe foi melhor do que o Bahia na primeira fase da Copa do Nordeste. O tricolor foi o único a fazer 14 pontos, tendo vencido quatro e empatado duas das seis partidas que disputou na fase de grupos. Foi a ainda o único time que não sofreu gols na competição e, por isso, tem a melhor defesa e o melhor saldo.
 
O ataque marcou 11 gols e só ficou atrás do Sport e do Náutico, que fizeram 12 e 14 gols respectivamente.  No entanto, nada disso mais importa. A única vantagem que detém diante do Sergipe é a de decidir a vaga para as semifinais na Fonte Nova. Nesta quarta-feira (29), às 21h45, no Batistão, em Aracaju, haverá o jogo de ida pelas quartas de final e o técnico Guto Ferreira perdeu um atleta importante de última hora. 
 
O goleiro Jean, com amigdalite, acabou vetado pelo departamento médico e dará lugar ao reserva Anderson. O lateral-esquerdo Juninho Capixaba, o volante Yuri e o atacante João Paulo também estão fora por lesão. O zagueiro Jackson também não joga, mas está sendo preparado para o duelo de volta, domingo.

Bahia

28 de Mar // | Bahia
Passada a fase classificatória, o Bahia agora tem pela frente jogos decisivos para buscar o título da copa do Nordeste. Nesta quarta-feira (29), o desafio será contra o Sergipe, em Aracaju, pelo primeiro jogo das quartas de final do certame. Destaque da equipe, Régis sabe que a equipe tem que estar atenta para trazer um bom resultado para o segundo jogo, realizado no próximo domingo (2), na Arena Fonte Nova.
 
"A fase de grupos passou, tivemos a melhor campanha, mas agora nada disso importam. Agora são duas finais onde quem estiver melhor e aproveitar as oportunidades vai sair classificado. Atenção é dobrada, não podemos vacilar. A gente decide em casa, mas nem por isso temos que chegar lá e tirar o pé. Temos que procurar o resultado positivo para matar dentro de casa", declarou o meia.
 
Regis apontou a importância de fazer o resultado para evitar surpresas. "Quando se joga fora de casa, tem que ter atenção. Tem que saber o momento certo de atacar, defender e na hora que tiver a oportunidade, matar. Se a gente não matar, eles podem chegar e surpreender a gente", indicou. Com direito a gol de Régis, o Bahia já venceu o Sergipe neste ano, pela Copa do Brasil. Ciente do adversário que vai encarar, o camisa 20 fez a sua análise.

Bahia

27 de Mar // | Bahia
A próxima quarta-feira (29) será marcada pelo início de uma sequência de jogos decisivos para o Bahia. Em Aracaju, a equipe comandada pelo técnico Guto Ferreira enfrenta o Sergipe, às 21h45, pela primeira partida das quartas de final da Copa do Nordeste. Para conseguir um bom resultado, o lateral-direito Eduardo quer a equipe atenta para evitar falhas.
 
"Temos que pensar só no Sergipe. Pensar em fazer um bom jogo e conseguir um bom resultado fora de casa. Tem que ter muita concentração desde o início da partida. Não podemos errar, é mata-mata. Não podemos nos dar ao luxo de errar. A equipe deles mudou muito e creio que para melhor. Estamos encarando como nossa primeira final", declarou.
 
O atleta tricolor também falou sobre o adversário, mas fez questão de ressaltar a importância do foco no confronto. "É uma equipe rápida, que não vive um bom momento. Os jogadores tendem a querer mostrar, então temos que fazer nosso trabalho e não nos preocupar com eles. Se estivermos bem e focados, vamos conseguir o nosso objetivo", indicou. A equipe tricolor segue viagem para a capital sergipana na tarde desta terça-feira (28).

Bahia

27 de Mar // Galaticos Online | Bahia
Apesar de do time reserva, o Bahia decepcionou neste último domingo (26), no Baianão. Fora de casa, o Tricolor ficou no empate sem gols com o Flamengo de Guanambi, que está na zona de rebaixamento do Estadual. Após o duelo, o técnico Guto Ferreira concedeu entrevista coletiva e admitiu que o Esquadrão fez uma partida ruim.
 
"A gente não jogou bem. A gente criou situações, mas não soube marcar as situações. Agora, lógico que o Flamengo também se superou, jogou acima do que vem jogando. Se ele joga o que vinha jogando anteriormente, talvez não conseguisse o que ele conseguiu que era empatar a partida", disse. O treinador seguiu lamentando a atuação.
 
"Hoje, queira ou não queria, o time não encaixou, não conseguiu botar para dentro situações de gols. Criou situações de gols, mas não conseguiu botar para dentro. Isso acontece. Segundo tempo houve uma queda. Você sabe o calor que estava. E as duas equipes foram se superando. As trocas, dentro daquilo que tinha como opção, procurou fazer o melhor. Não fluíram da maneira que a gente gostaria, mas não é culpa deles. É da gente que está colocando".

Bahia

23 de Mar // | Bahia
Garantido na próxima fase da Copa do Nordeste, o Bahia aguarda o sorteio para descobrir o seu adversário nas quartas de finais da competição regional, que serão disputadas nos dias 29 de março e 2 de abril. Ríver do Piauí, Campinense, Itabaiana e Sergipe são as possíveis equipes.
 
Questionado por uma preferência, Guto Ferreira pregou respeito a todas aos times e evitou uma escolha. "Acho que todos os adversários são de respeito. E, aquele que vier, nós temos que fazer o melhor respeitando eles, fazendo bons jogos para passar para a próxima fase", indicou o técnico, que fez questão de exaltar a campanha produzida pelo Esquadrão na fase de grupos.
 
"Sei que o Bahia terminou com melhor defesa, campanha, saldo. Vai perder no ataque porque o Náutico meteu nove... Mas acho que é uma campanha expressiva. Acho que os resultados do Bahia nessa fase são importantes. Mas para aqui. Traz confiança, mas para aqui. Temos agora que seguir, porque a competição agora é outra. É mata-mata. Temos que conseguir resultados fora e dentro de casa", pontuou. 

Bahia

22 de Mar // | Bahia
A classificação veio de maneira antecipada, com uma rodada de antecedência, mas mesmo assim,  o jogo de nesta quarta-feira (22) às 21h45, contra o Fortaleza, não pode ser tratado como um mero cumprimento de tabela, já que estar entre as melhores campanhas da competição é a meta do tricolor.
 
Ainda que tenha objetivos a cumprir, a primeira fase da Copa do Nordeste já não é problema para o Bahia há algum tempo. Desde 2014, o time não perde na fase de grupos, justamente no ano em que  foi eliminado e sequer avançou para o mata-mata. Na época, o Bahia foi o terceiro colocado num grupo que teve o CSA e o Santa Cruz na primeira e segunda posição respectivamente.
 
O Bahia somou 10 pontos e teve duas derrotas. Em 2015, com Sérgio Soares no comando, o time venceu três e empatou outros três jogos, sendo líder  com doze pontos, num grupo que contava com Campinense, CRB e Globo-RN. Após passar por Campinense e Sport nas quartas de final e semifinais respectivamente, o tricolor sucumbiu na decisão diante do Ceará e acabou derrotado na ida por 1x0, em Salvador e na volta por 2x1, no Castelão, em Fortaleza. 

Bahia

21 de Mar // | Bahia
Com onze pontos em cinco partidas, o Bahia já se garantiu na próxima fase da Copa do Nordeste. Apesar da garantia da sequência na competição regional, a equipe de Guto Ferreira visa um bom resultado contra o Fortaleza nesta quarta-feira (22), na Arena Fonte nova, pela última rodada da fase de grupos.
 
"A gente sabe que é importante conseguir mais três pontos, seria bom para a classificação e pegar, em teoria, um time mais fraco. Seria bom para continuar com as conquistas. Acho que é importante para a moral do time", declarou o meia Allione, em coletiva nesta terça (21), no Fazendão. O meia-atacante argentino falou sobre a sua função de dar assistências para os atacantes, mas ressaltou o valor de marcar gols para audar a equipe.
 
"Essa foi sempre a minha maior função, tentar assistir aos atacantes. Meu primeiro trabalho é esse. Acho que tenho que melhorar [finalização]. Como aconteceu no jogo que a gente ganhou, fui tentar dar outro passe e acabei perdendo uma chance. É o meu trabalho tentar ajudar o Hernane, Gustavo e quem estiver no ataque. Depois, se eu tiver possibilidade, converter, o que será bom para o time e para mim", indicou.

Bahia

21 de Mar // | Bahia
Depois de golear o Moto Club na quinta rodada da Copa do Nordeste, o Bahia garantiu de forma antecipada a sua classificação para a próxima fase da competição regional. Antes de seguir para o mata-mata, o Esquadrão tem mais um desafio na fase de grupos, contra o Fortaleza na próxima quarta na Arena Fonte Nova.
 
Questionado sobre a motivação para a partida, o lateral-direito Wellington Silva negou a acomodação do grupo e falou do desejo por mais um bom resultado. "Aqui tem muitos jogadores experientes e sabemos que isso de estar classificado... Tem que vencer. Não pode relaxar. Queremos ser os primeiros do geral, vamos respeitar o Fortaleza, mas vamos tentar vencer com o máximo de gols possível", indicou Wellington Silva,
 
O jogador elogiou a torcida e fez uma convocação para o duelo. "No ano passado, eu vi muitos jogos do Bahia. A força que eles tem na Fonte Nova é imensa. É uma torcida gigante. Até chamo eles para virem com a gente. Vamos fazer de tudo para conquistar os triunfos e os títulos que eles querem", completou. Bahia e Fortaleza se enfrentam nesta quarta-feira (22), às 21h45, na Arena Fonte Nova.




Classificados


Enquete



Mais Lidas