Esportes

Bahia

Bahia

25 de Jun // Bahia noticias | Bahia

A fase continua terrível para o Bahia dentro do Campeonato Brasileiro. Na noite deste domingo (25), a equipe tricolor jogou a maior parte da partida contra o Flamengo com um jogador a menos e perdeu por 1 a 0 na Arena Fonte Nova. O único gol do jogo, válido pela décima rodada, foi marcado por Berrío, que entrou durante o segundo tempo.


Agora, o Bahia tem um clássico pela frente. No próximo domingo (2), no Barradão, a equipe comandada por Jorginho enfrenta o Vitória, no Barradão.

Bahia

25 de Jun // | Bahia

O Bahia vive um momento complicado dentro do Campeonato Brasileiro. São quatro jogos sem vencer e a consequente aproximação do grupo dos quatro times que caem para a Série B. Com o objetivo de espantar a má fase, a equipe do técnico Jorginho entra em campo na noite deste domingo (25), às 18h30, na Arena Fonte Nova, para enfrentar o Flamengo.

 

Após a derrota no jogo contra o Corinthians na quinta (22), o pedido é de um grupo unido para superar a fase adversa. Ao menos foi o que afirmou o diretor de futebol do clube, Diego Cerri. "É natural que as cobranças existam quando os resultados não vêm. O grande é segredo é como você reage a isso, né? Temos que manter o grupo confiante. Internamente temos que nos fechar, manter a confiança".

 

"O resultado não foi desejado e a partida não foi o que aconteceu no fim com o resultado", disse. Para a partida, o Bahia não contará com o lateral Wellington Silva, o zagueiro Jackson, o volante Edson e o atacante Hernane, que se encontram no departamento médico. Outro desfalque é o do volante Renê Júnior, que cumpre suspensão Por outro lado, Mendoza está de volta após ter sido impedido de atuar por questões contratuais.

Bahia

23 de Jun // | Bahia

Quase um mês após sofrer uma lesão na coxa, o meia Régis voltou a entrar em campo na última quinta-feira (22), quando o Bahia enfrentou o Corinthians pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. Após a partida, vencida pelo alvinegro paulista por 3 a 0, o técnico Jorginho fez uma avaliação positiva do camisa 20.

 

"Régis saiu por uma contusão. É um jogador extremamente importante, com qualidade técnica e uma condição boa no um contra um. É avaliar, conversar com os médicos. Bom que ele não sentiu desconforto, se sentiu bem. Falei para ele que não queria preocupação dele em termos de marcação. Ele precisava construir, afinal precisávamos empatar o jogo", declarou.

 

Na opinião do comandante tricolor, a equipe precisa arriscar mais nas finalizações. Durante a sua explicação, Jorginho falou sobre a entrada do atacante Gustavo na partida. "A gente tem que ter coragem, personalidade e arriscar. É o que o Renê faz de sobra, o Eduardo também tentou e conseguimos fazer jogada pelas laterais. Pensei no Gustavo porque estavam saindo muitos escanteios, faltas laterais".

Bahia

23 de Jun // | Bahia

Na Fórmula 1, escolher o tipo de pneu é essecial para ter uma boa tração na pista e evitar derrapagens nas curvas. No futebol, o Bahia errou o tipo de chuteira para jogar o primeiro tempo, após o gramado da Arena Corinthians ter sido molhado. Resultado? O Corinthians bateu o Bahia por 3 a 0, nesta quinta-feira (22), em São Paulo, justamente por causa de uma escorregada do zagueiro Rodrigo Becão.

 

O ataque paulista aproveitou a chance e Jô abriu o placar. Balbuena e Marquinhos Gabriel anotaram os outros dois na etapa final do jogo válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. O Esquadrão caiu três posições na tabela e agora é o 15° colocado mantendo os mesmo dez pontos. A luz amarela começa a acender no Fazendão, pois o time tem apenas um ponto a mais do que o Sport, que é o 17°.

 

Ao passo que o Corinthians segue na liderança por mais uma rodada, somando 23 pontos com os três que acabara de conquistar. Na próxima rodada, o tricolor recebe a visita do Flamengo, na Arena Fonte Nova em Salvador, no próximo domingo (25), às 18h30. No mesmo dia, só que mais cedo, às 16h, o Timão fará o duelo de líderes com o Grêmio, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, segundo informações do Bahia Notícias.

Bahia

22 de Jun // | Bahia

Retorno de Allione e Lucas Fonseca, além da volta de Régis, pelo menos como opção no banco de reservas. Seriam essas as principais novidades do Bahia para o jogo desta quinta-feira (22), às 19h30, contra o Corinthians, no Itaquerão, não fosse uma mudança um tanto inesperada promovida por Jorginho no meio-campo.

 

Sem Edson, vetado pelo departamento médico, e com Juninho vivendo má fase, o técnico tricolor testou o volante Feijão no time titular ao lado de Renê Júnior, na quarta-feira (21), no último treino antes do embarque para São Paulo. Preterido por Guto Ferreira, o xodó da torcida tricolor já havia sido elogiado pelo novo comandante após o triunfo por 1x0 sobre o Cruzeiro, pela quinta rodada, na Fonte Nova.

 

Na ocasião, Feijão entrou apenas nos minutos finais para ajudar a segurar o resultado. “Quero ressaltar a entrada do Feijão. Eu chamei ele, disse que ele teria três minutos, ou talvez mais, e falei para fechar aquilo ali. Feijão entrou com uma alegria como se fosse jogar 90 minutos. Esse é o espírito”, ressaltou Jorginho. Em 2017, Feijão atuou em apenas seis partidas, nenhuma delas como titular.

Bahia

21 de Jun // | Bahia

Se nas últimas rodadas o torcedor do Bahia viu em campo um time modificado, ele pode se preparar para ver mais mudanças na equipe que enfrenta o Corinthians, quinta-feira (22), às 19h30, no Itaquerão, em São Paulo. O técnico Jorginho terá novidades no duelo, segundo informações do Correio da Bahia. Na parte ofensiva, duas boas notícias.

 

Fora na derrota contra o Palmeiras por força contratual, o argentino Allione volta ao time ao lado de Zé Rafael e Edigar Junio, formando a trinca no ataque. Retorno importante, já que o colombiano Mendoza pertence ao time paulista e não poderá entrar em campo.  Quem também teve seu retorno confirmado foi o meia Régis.

 

Artilheiro do Bahia na temporada, ele está recuperado de lesão na coxa e voltou a ser relacionado. "A gente está tendo o cuidado com o Régis, ele está se desenvolvendo muito bem, vamos tomar uma decisão hoje se ele viaja ou não, mas é quase certo que no final de semana ele esteja pronto, livre. Mas tem a possibilidade dele ir para esse jogo, pelo menos no banco", explicou Jorginho, antes da divulgação da lista. Do meio para trás a notícia ruim é ausência de Edson.

Bahia

21 de Jun // | Bahia

O meia Régis surgiu como uma novidade entre o elenco do Bahia nos últimos dias após ter se recuperado de uma lesão na coxa. A expectativa era de que o camisa 20 estivesse certamente entre os relacionados para o jogo contra o Corinthians, nesta quinta-feira (22), pela nona rodada do Brasileirão. A volta, no entanto, ainda não está confirmada.

 

Em entrevista coletiva realizada nesta quarta-feira (21), no Fazendão, o técnico Jorginho pregou cautela em relação ao destaque tricolor. "A gente tem todo cuidado com Régis. A contusão dele foi bem perigosa, mas ele está desenvolvendo bem. Vamos tomar a decisão hoje, se ele viajar ou não. Mas para o final de semana [contra o Flamengo] é quase certo que ele volta", declarou.

 

Se o retorno de Régis é uma incógnita, Allione é uma presença certa na partida do Itaquerão. Ele retorna após ter sido impedido de jogar por questões contratuais. "É um jogador com muita qualidade técnica. Uma participação tática muito importante, conhece bem a equipe, a movimentação deles. A troca de posição dos jogadores é muito importante. É um jogador que com certeza vai estar sendo convocado para seleção argentina", elogiou o comandante.

Bahia

20 de Jun // | Bahia

Fazia tempo que o Bahia não sabia o que era perder como mandante pelo Campeonato Brasileiro. Ano passado, acumulou nove triunfos consecutivos no segundo turno da Série B e, até ser derrotado pelo Palmeiras por 4x2, havia vencido as três partidas que fez na Fonte Nova pela Série A contra Atlético Paranaense (6x2), Atlético Goianiense (3x0) e Cruzeiro (1x0).

 

Este ano, perdeu só um Ba-Vi, por 2x1, como mandante, na primeira fase do Campeonato Baiano. O tropeço talvez não fosse tão sentido ou teria sido encarado com mais naturalidade caso o time tivesse bom aproveitamento como visitante, o que não vem acontecendo.

 

Dos 12 pontos que disputou longe de Salvador, o tricolor só conquistou um, no empate por 0x0 com o Coritiba. Contra o Corinthians, quinta-feira (22), às 19h30, no Itaquerão, o Bahia tem nova chance de vencer fora de casa pela primeira vez. “Precisa assimilar bem essa derrota para buscar os pontos. Agora o pensamento é o Corinthians. A gente sabe que é uma grande equipe, perigosa, mas a gente vai lá para buscar esses pontos perdidos em casa”, afirmou o meia Vinícius.

Bahia

20 de Jun // | Bahia

A derrota para o Palmeiras já ficou para trás. Pelo menos é o que garante Vinicius. O meia evitou lamentações e já pediu a recuperação do Bahia diante do líder Corinthians.  "O time tem que manter uma constante boa, estar sempre pontuando a todo jogo. O bom é que é no começo. A gente não pode se distanciar, mas sabe que é o momento de pontuar", continua.

 

"Trabalhar nesse tempo, essa sequência está sendo complicada para gente. O bom do futebol é que não tem muito tempo para lamentar. (Corinthians) É como falei, uma equipe que está muito bem, não é à toa que é líder. Já joguei lá, é muito difícil. Vamos precisar nos preparar muito bem, tanto fisicamente quanto mentalmente, para chegar lá e fazer um bom jogo", disse.



O jogador ainda revelou o que será preciso o Tricolor fazer para conquistar o resultado positivo. "Ter mais tranquilidade, ficar mais com a bola. É uma das coisas que Jorginho está implantando. Na hora da finalização, do último passe, ter mais tranquilidade também. A gente está pecando nisso, temos várias chances de gol, mas não estamos convertendo". O atleta ainda comentou sobre suas condições e justificou o porque de ter sido poupado e iniciado a partida contra o Coritiba no banco.

Bahia

19 de Jun // | Bahia

O árbitro paranaense Rodolpho Toski Marques, responsável por apitar a partida entre Bahia e Palmeiras no domingo (18), na Arena Fonte Nova, foi muito criticado pelos tricolores em virtude de um controverso pênalti marcado a favor do alviverde paulista. Uma dessas reclamações foi citada pelo juiz na súmula da partida, válida pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro.

 

De acordo com o relato, o auxiliar técnico Preto Casagrande o ofendeu. "Informo que após o término do 1º tempo, quando nos dirigíamos para o vestiário da arbitragem e passávamos pela zona mista, o sr. Carlos Eduardo Casagrande, supostamente funcionário do Esporte Clube Bahia, nos direcionou as seguintes palavras: 'uma vergonha o pênalti que você marcou, seu vagabundo!'", declarou Marques.

 

Caso seja denunciado ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva, Preto pode ser suspenso de exercer a atividade no banco de reservas e nos vestiários. Após a partida, o vice-presidente do Bahia, Pedro Henriques, também reclamou dos árbitros. "Não gosto de coitadismo. Não sei se a gente é porque é do Nordeste e as pessoas não olham pra cá. Dona CBF, por causa de uma convocação de Diego Souza, acha que todo mundo está feliz? Isso é recorrente".

Bahia

19 de Jun // | Bahia

A derrota para o Palmeiras na tarde deste último domingo (18), na Arena Fonte Nova, deixou no Bahia o gosto amargo de perder a invencibilidade em casa e se distanciar do G6 - o grupo dos times que garantem classificação para a Copa Libertadores. Mas após a partida a reclamação geral foi com a arbitragem.

 

Para o técnico Jorginho, o pênalti duvidoso marcado em Keno aos 15 minutos do primeiro tempo dificultou a vida tricolor no duelo. "Tenho que colocar na realidade a questão do árbitro. Apesar do 4x2 ele foi decisivo. Uma equipe como o Palmeiras sair na frente é difícil para reverter, você se desgasta demais".

 

"Nós tivemos um dia a menos de descanso e eles cansaram muito mais. Lamento o resultado ruim em casa, esperávamos um bom resultado, pelo menos um empate. Não foi possível, mas sabemos o quanto é difícil o Campeonato Brasileiro. Já vêm pela frente Corinthians, Flamengo, Vitória, não tem moleza". O treinador lembrou ainda que teve desfalques importantes no duelo, como as saídas de Allione, por força contratual, e Edson, que cumpriu suspensão.

Bahia

18 de Jun // Bahia Notícias | Bahia

Não foi a melhor dos dias para o Bahia. Em uma tarde de domingo (18) com pouca inspiração tricolor na Arena Fonte Nova, o Esquadrão perdeu para o Palmeiras por 4 a 2, em duelo válido pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. O time de Jorginho volta a atuar na próxima quinta-feira (22), contra o Corinthians, no Itaquerão.

 

Vinícius e João Paulo marcaram os gols do time da casa, enquanto Roger Guedes - após uma marcação de pênalti inexistente -, Keno, Mina e Willian marcaram os gols do Verdão. Com o resultado, o Bahia perdeu os 100% de aproveitamento na Arena Fonte Nova e se manteve com dez pontos na competição nacional.


Sem poder contar com o volante Edson e o meia Allione, o Bahia entrou em campo com Juninho e Vinícius, respectivamente. No começo da partida, mais precisamente aos cinco minutos, o Esquadrão teve uma grande chance. Renê Júnior invadiu a área para receber um lançamento e finalizou para defesa de Fernando Prass. Na sobra, Edigar Junio tentou lançar para um companheiro livre, mas o arqueiro alviverde impediu o fim da jogada.

Bahia

18 de Jun // | Bahia

O Bahia recebe o Palmeiras neste domingo, às 16 horas, na Fonte Nova, na tentativa de reencontrar o caminho da vitória no Brasileirão. O time tricolor vem de uma derrota e um empate e ficou sem balançar as redes nos dois jogos. O volante Renê Junior evitou colocar a culpa nos atacantes pela falta de gols na derrota para o Grêmio por 1 a 0 e no empate por 0 a 0 com o Coritiba.

 

"Começa por todo mundo, não é só o ataque. Nesses dois jogos a bola não entrou, mas foram contra grandes defesas, assim como a nossa é. Mas dentro de casa agora vamos nos esforçar para conquistar um grande resultado", analisou. Para a partida, o técnico Jorginho terá três desfalques. Ele não contará com o volante Edson, expulso após desentendimento com o atacante Kleber na última partida.

 

Também não poderá ter o meia Allione e o volante Matheus Sales, que pertencem ao Palmeiras e não podem encarar o clube paulista por questão contratual. O treinador não confirmou a escalação. Mas a tendência é a de que Juninho fique com a vaga de Edson e Gustavo Ferrareis entre no meio no lugar de Allione. Matheus Sales ficou no banco de reservas na última partida.

Bahia

17 de Jun // Gildásio Cavalcante | Bahia

Como esperado, o meia Régis estará fora do duelo entre Bahia e Palmeiras, neste domingo (18), às 16h, na Arena Fonte Nova.

 

Segundo nota divulgada pelo esquadrão, apesar do jogador ter treinado normalmente nesta sexta-feira (16), ele ainda precisa fortalecer a musculatura e se recondicionar fisicamente.

 

Além de Régis, o técnico Jorginho também não poderá contar com o meia Allione e o volante Matheus Sales, já que ambos pertencem ao clube paulista.

Bahia

16 de Jun // | Bahia

O empate por 0x0 com o Coritiba no Couto Pereira deu ao Bahia o primeiro ponto fora de casa e colocou o tricolor no G6 do Brasileirão. Mas o duelo foi manchado por lances de violência protagonizado pelo atacante Kleber, do Coxa, e expulsões. Aos 25 minutos, o árbitro o Wagner Reway, do Mato Grosso, expulsou o atacante Kleber e o volante Edson.

 

Na súmula, o juiz justificou o cartão vermelho. Segundo ele, os atletas cuspiram um no outro dentro de campo. De acordo com Wagner Reway, o atacante do Coritiba cuspiu primeiro e o volante tricolor revidou logo depois. Antes de deixar o campo mais cedo, o atacante Kleber foi o nome negativo do jogo, segundo informações do Correio da Bahia.

 

No primeiro tempo, ele acertou uma cotovelada em Zé Rafael em uma dividida e chegou a dar um soco no rosto de Edson dentro da área, lance ignorado pelo árbitro e que gerou revolta nos jogadores tricolores.  Em campo, Bahia e Coritiba fizeram um jogo truncado, mas com chances para os dois lados. No último minuto, o goleiro Wilson defendeu um chute de Zé Rafael e livrou o coxa de levar o gol. A resposta alviverde veio segundos depois.

Bahia

15 de Jun // | Bahia

O empate em 0 a 0 com o Coritiba nesta quinta-feira (15) deu ao Bahia o seu primeiro ponto conquistado em um jogo fora de casa neste Campeonato Brasileiro. O resultado da partida no Couto Pereira satisfez o técnico Jorginho, que viu justiça no placar. O comandante tricolor também reservou elogios ao goleiro Wilson, que fez grandes defesas durante o jogo.

 

"O jogo foi bem equilibrado. Eles tiveram oportunidades e nós também, principalmente no segundo tempo, onde a equipe se superou. Jogamos com personalidade, tivemos oportunidades e o Wilson foi decisivo. Foi um placar justo", declarou. Diferente do que se vê na Arena Fonte Nova, o Bahia passa dificuldades para marcar gols em jogos como visitante.

 

Para explicar o contraste ofensivo, Jorginho citou a dificuldades dos jogos contra o Grêmio e o próprio Coritiba. "Acho que é uma questão de conclusão final. Os jogadores chutaram ao gol, tiraram do Wilson, mas ele foi bem. Foram jogos contra grandes equipes, com o Coritiba vivendo uma grande fase. Jogamos com o Grêmio, que é um dos melhores. Não é qualquer coisa", ressaltou.

Bahia

15 de Jun // | Bahia

Enfim veio o primeiro ponto fora de casa. Na tarde desta quinta-feira (15), o tricolor arrancou o empate por 0x0 com o Coritiba em um jogo eletrizante no Couto Pereira, com direito a uma expulsão para cada lado, chances desperdiçadas e emoção até o último minuto de bola rolando.

 

Jorginho surpreendeu na escalação do Bahia e além de promover o retorno de Edson, no lugar de Juninho, colocou Mendoza pela primeira vez como titular na vaga de Vinícius. Jogando por dentro, o colombiano iniciou a primeira boa jogada tricolor com belo passe para Matheus Reis, que cruzou rasteiro, mas a defesa afastou o perigo.

 

O Coritiba respondeu em seguida com Henrique Almeida, que girou dentro da área e mandou por cima do gol de Jean. Aos 16 minutos, em cobrança de escanteio de Allione, Kleber Gladiador, fora do lance, acertou o rosto de Edson com um soco. Nem o árbitro, nem os assistentes viram e, apesar da reclamação dos jogadores do Bahia, nada foi marcado. A partir daí o jogo esquentou bastante, lances mais ríspidos começaram a acontecer e cartões amarelos foram distribuídos.

Bahia

15 de Jun // | Bahia

De todos os 19 adversários que o Bahia enfrenta nesta Série A, não há nenhum mais indigesto do que o Coritiba. Nesta quinta-feira (15), às 16h, o tricolor de Jean, 21 anos, entra em campo no Couto Pereira para encarar um tabu que tem quase a idade do goleiro. Não tem Corinthians, Flamengo, Palmeiras, São Paulo ou Vasco:

 

O Coritiba é o time da Série A que o Esquadrão não consegue derrotar há mais tempo, incríveis 18 anos. O último triunfo, seja em Curitiba ou em Salvador, foi pela Copa do Brasil, em 14 de abril de 1999. Jogando na Fonte Nova, o Bahia, comandado por Joel Santana, venceu o jogo de ida das oitavas de final por 3x0, gols de Uéslei, Dimba e Lima Sergipano.

 

De lá para cá, foram nada menos que 13 empates e cinco derrotas do tricolor. O retrospecto conta até com os jogos pela Série B 2010, em que o Bahia conquistou o acesso com tranquilidade. Naquele ano, perdeu por 2x0 no Paraná e empatou por 1x1 em Pituaçu. Se for para considerar apenas a elite do Brasileirão, o jejum é bem maior – mais antigo não só do que Jean, mas do que boa parte do elenco tricolor.

Bahia

14 de Jun // | Bahia

Depois de vencer o Cruzeiro na Fonte Nova e quebrar um tabu que já durava 23 anos, o Bahia terá um novo desafio na quinta-feira (15), contra o Coritiba, às 16h, no Couto Pereira. Desde 1985, o tricolor não vence o Coxa na Série A, o que só aconteceu três vezes em 26 jogos.  Para o goleiro Jean, no entanto, os números não intimidam.

 

"Me falaram que tinha tabu do Bahia com o Cruzeiro em casa e a gente ganhou. Já mudou a equipe totalmente de 1985 pra cá. Tabu não entra em campo, não", rechaçou. Jean nem era nascido na última vez que o Bahia venceu o Coritiba pelo Brasileirão. O goleiro de 22 anos só nasceria dez anos depois. O campeonato de 1985 ficou marcado também pelo título do Coritiba.

 

O camisa 1 tricolor sabe que a equipe precisa pontuar fora de casa para manter a boa campanha na competição. "A gente sabe da nossa força em casa, mas estamos saindo, jogando bem, dando trabalho, mas não estamos pontuando. Como a gente quer conquistar grandes objetivos, temos que começar a pontuar fora de casa, a partir do jogo de amanhã temos que tirar algum ponto fora de casa", cobrou segundo informações do Correio da Bahia.

Bahia

14 de Jun // | Bahia

O técnico Jorginho terá o Coritiba como o seu quarto desafio no comando do Bahia. A partida entre as duas equipes será nesta quinta-feira (15), às 16h, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Questionado sobre a força do time coxa-branca dentro de seus domínios, o comandante tricolor fez elogios, mas deixou claro que a sua equipe tem condições de fazer um bom resultado.

 

"O Coritiba é sempre forte dentro de casa, o Pachequinho está fazendo um excelente trabalho, sendo até campeão regional. Conheço muito os jogadores deles e a linha de frente deles com Henrique, Kleber e Rildo, que jogou comigo na Ponte. Sabemos o potencial deles, mas temos o nosso potencial e podemos surpreendê-los", declarou.

 

O Bahia ocupa a oitava posição do certame nacional, com nove pontos conquistados em seis partidas. A escalação inicial ainda é um mistério para o técnico Jorginho. Lesionado diante do Grêmio na última segunda (12), o zagueiro Lucas Fonseca ainda segue como dúvida. Outra dúvida é a presença do volante Edson, que se recuperou de uma lesão no joelho.

Bahia

13 de Jun // | Bahia

Destaque do Bahia no início do Campeonato Brasileiro, Zé Rafael foi mais um atleta tricolor a lamentar o revés diante do Grêmio na noite desta última segunda-feira (12), pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Na opinião do meia do Esquadrão de Aço, a equipe tem tido boas atuações, mas tem falhado em lances decisivos.

 

"A gente tem feito bons jogos fora de casa, mas infelizmente temos pecado em lances capitais. Mas em Campeonato Brasileiro não se pode errar. Foi um jogo disputado, ambas as equipes tiveram chances de gol, mas o Grêmio foi feliz em uma bola e a gente não teve tempo para correr atrás", disse, em entrevista ao programa "Bem, Amigos", do SporTV.

 

Zé Rafael disse também estar vivendo o seu melhor momento na carreira e pregou humildade para a sequência da competição nacional. "Acho que estou passando pelo melhor momento da minha carreira. Estou em ascensão. A gente fica feliz pelo trabalho que tem sendo feito, mas tenho que ter os pés no chão. Estamos trabalhando para levar o Bahia para um caminho bom. Estamos em um bom começo e temos que manter até o final", indicou.

Bahia

13 de Jun // | Bahia

O revés diante do Grêmio nos últimos minutos não mudou a avaliação do técnico Jorginho, do Bahia. Após o placar decretado em 1 a 0 para o time da casa na noite desta última segunda-feira (12), o comandante tricolor fez uma avaliação positiva da equipe, destacando a organização tática de seus comandados.

 

"Acho que fizemos um bom jogo, muito bem organizados, taticamente a equipe se comportou muito bem, com luta constante. Sair com o empate era o ideal, mas é levantar a cabeça. Temos um jogo contra o Coritiba lá na casa deles, mas estou satisfeito com os atletas. Tomamos um gol de bola parada onde é sempre difícil marcar, mesmo eles não tendo jogadores altos. É manter a tranquilidade", declarou.



Ciente do estilo de troca de passes do Grêmio, Jorginho apontou a diminuição dos espaços como fator essencial para neutralizar o setor ofensivo do time comandado pelo técnico Renato Gaúcho. "É uma equipe qualificada, que tem uma troca de passes constante, principalmente no nosso campo. Permitimos algumas vezes, mas no segundo tempo melhoramos. Aproximamos dos volantes deles e não deixamos eles jogar".

Bahia

12 de Jun // | Bahia

O Bahia segue sem pontuar fora de casa na disputa do Campeonato Brasileiro. Dentro da Arena do Grêmio, em Porto Alegre, a equipe tricolor demonstrou uma boa postura defensiva boa parte do jogo, mas acabou errado no final e permitindo o gol de Bruno Cortez, que decretou o placar de 1 a 0 para o time gaúcho na noite desta segunda-feira (12).



A derrota mantém o Esquadrão com nove pontos conquistados. No oitavo lugar, o time comandado por Jorginho volta a jogar pela competição na próxima quinta (15), contra o Coritiba, no estádio Couto Pereira, em Curitiba. O Bahia tentou valorizar a posse nos primeiros minutos, mas viu o Grêmio chegar com perigo aos seis, quando Pedro Rocha bateu de fora da área e a bola passou ao lado do gol.

 

Pouco depois, Zé Rafael aproveitou o contra-ataque, avançou em velocidade, finalizou sem força e facilitou a defesa de Marcelo Grohe. Com mais tempo com a bola no pé, o Grêmio trocava passes, mas não conseguia entrar na área do Esquadrão. A falta de infiltrações do time da casa obrigou o zagueiro Pedro Geromel a tentar uma finalização de fora da área, facilmente defendida por Jean aos 23 minutos.

Bahia

08 de Jun // BahiaNoticias | Bahia
Após mais de 20 anos, o Bahia voltou a vencer o Cruzeiro em um jogo do Campeonato Brasileiro em Salvador. Em um jogo onde teve superioridade numérica na maior parte do jogo, o Esquadrão bateu a Raposa por 1 a 0 na noite desta quinta-feira (8), pela quinta rodada da competição nacional. Edigar Junio marcou o único gol do jogo.
 
Com o resultado, o Bahia vai aos nove pontos conquistados e assume a sexta posição, que credencia para a disputa da Copa Libertadores da América. O time comandado por Jorginho volta a jogar na próxima segunda-feira (12), contra o Grêmio, em Porto Alegre.

Bahia

08 de Jun // | Bahia

Bem como mandante dentro do Campeonato Brasileiro, o Bahia tem um duro desafio na noite desta quinta-feira (8). Na Arena Fonte Nova, a equipe comandada pelo técnico Jorginho enfrenta o Cruzeiro, pela quinta rodada da competição nacional. O Esquadrão não vence a Raposa em Salvador pela Série A desde 1994.


Dono do melhor ataque da competição, o Bahia terá outra arma à sua disposição: a torcida tricolor. Em parcial anunciada na última quarta-feira (7), mais de 13 mil ingressos haviam sido vendidos. Confiante no apoio dos adeptos, o volante Renê Júnior, que se destacou contra o Atlético-GO na última segunda (5), quer uma grande atuação da equipe.

 

"Em casa a gente não pode vacilar. O apoio da torcida é fundamental e quinta-feira não vai ser diferente. A gente tem que fazer um grande jogo, como tem feito em casa, enfrentando as dificuldades para ficar na parte de cima da tabela", declarou. Para a partida, o volante Edson não poderá atuar em virtude de uma lesão no ligamento no joelho. O substituto já está definido. Jorginho escolheu Juninho. "Não tem mistério. É o Juninho, da forma que ele entrou, com personalidade...

Bahia

07 de Jun // | Bahia

Ee forma inusitada, o Bahia anunciou o acerto com o atacante colombiano Stiven Mendoza, de 24 anos, na tarde desta quarta-feira. Ex-Corinthians, Mendoza assinou contrato de empréstimo com o Esquadrão até o final da temporada. Ele já está em Salvador e, inclusive, foi à Arena Fonte Nova na última segunda-feira acompanhar a vitória do Tricolor sobre o Atlético-GO.


O anúncio de Mendoza foi feito de uma forma, no mínimo, diferente pelo Bahia. Como o atacante é conhecido pela velocidade, o clube divulgou, através de suas redes sociais, um gif com a imagem do Sonic, personagem de desenho animado, e a frase “mais rápido que SMS!”, em alusão ao modo tradicional que o clube tem informar suas contratações para os seus sócios.


Mendoza foi contratado pelo Corinthians no fim de 2014 e, sem se firmar na equipe paulista, foi emprestado outras duas vezes antes de chegar ao Bahia. Pelo Corinthians, o colombiano disputou 31 partidas e marcou três gols. Revelado pelo Envigado, Stiven Mendoza passou por América de Cali, Deportivo Cali e Cúcuta Deportivo (Colômbia), Chennaiyin FC (Índia) e New York City (Estados Unidos), segundo informações do Globoesporte.

Bahia

07 de Jun // | Bahia

Com moral após a estreia com gol pelo Bahia, o meia Gustavo Ferrareis já foca no jogo contra o Cruzeiro, na próxima quinta-feira (8), na Arena Fonte Nova, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Na opinião do atleta, o time mineiro é qualificado e o Esquadrão precisa entrar atento para ter um bom resultado.


"Sabemos que fizemos um bom trabalho [contra o Atlético-GO], mas agora temos outro jogo contra o Cruzeiro, que é qualificada e temos que tomar cuidado para buscar os três pontos, repetindo a partida que fizemos", declarou, em entrevista ao Programa do Esquadrão, da Sociedade FM.

 

Na última terça-feira (6), Ferrareis foi um dos atletas a participar de um coletivo contra a equipe sub-20 do Esquadrão. Ele fez uma avaliação da atividade. "A gente deu essa sorte de estrear e fazer gols juntos. A gente fica feliz porque trabalhamos para isso. Fizemos um coletivo, estamos desentrosados um pouco, mas deu para trabalhar. Independente de quem o Jorginho escolher, estaremos aptos para quinta-feira", indicou

Bahia

06 de Jun // | Bahia

Consolidado no elenco profissional do Bahia nesta temporada, o atacante João Paulo prolongou o seu vínculo com o Bahia até o fim da temporada. O jovem atleta de 21 anos não esconde a sua felicidade com a sequência no clube. A renovação de contrato de João Paulo foi publicada na última segunda (5) no BID da Confederação Brasileira de Futebol.

 

"Estou bem feliz com a minha renovação, o Bahia foi o clube que me abriu as portas e o que me ajudou na recuperação da lesão, então eu espero retribuir a confiança que eles depositaram em mim, dentro de campo", afirmou. Com cinco partidas e um gol marcado, o atleta também disse que se sente à vontade no clube e destacou o aprendizado que vem tendo junto ao grupo.

 

"Marquei meu primeiro gol profissional aqui, me sinto em casa, meus companheiros sempre procuraram me ajudar, me sinto em uma constante evolução, a cada dia aprendo mais, e isso melhora o meu futebol", disse João, que não deixou de rasgar elogios aos torcedores do Esquadrão de Aço. "Do mesmo jeito que existe a cobrança da torcida, existe o apoio. Durante os 90 minutos, eles incentivam do começo ao fim, é incrível a atmosfera quando jogamos dentro de casa", indicou.

Bahia

06 de Jun // | Bahia

O Bahia voltou a sentir o bom gosto de um triunfo dentro do Campeonato Brasileiro. Dominante em campo, o Esquadrão não teve dificuldade para aplicar 3 a 0 no Atlético Goianiense na noite desta segunda-feira (5), na Arena Fonte Nova. Renê Júnior e os estreantes Vinícius e Gustavo Ferrareis marcaram os gols tricolores.

 

Com o resultado, a equipe tricolor agora soma seis pontos e ocupa o nono lugar do certame nacional. O próximo desafio de Jorginho e o seu novo clube será na próxima quinta-feira (8), às 21h, contra o Cruzeiro, novamente na Arena Fonte Nova. Principal estreante da noite, o técnico Jorginho promovou um outro debute. Em seu onze inicial, o meia Vinícius, recém-contratado, foi escalado para começar jogando no lugar de Régis, lesionado.

 

Nos primeiros minutos de jogo, o Bahia foi para o ataque e ficou em cima do adversário, mas sem conseguir criar boas chances. A primeira veio aos oito, quando Zé Rafael trocou passes com Allione e arrematou ao lado da meta do goleiro Felipe. Dois minutos depois, Vinícius recebeu passe de Allione dentro da área e chutou em cima da marcação. Na sequência, Renê Júnior ficou com a sobra e, de fora da área, bateu com força, mas a bola desviou na defesa.

Bahia

05 de Jun // | Bahia

A noite desta segunda-feira (5), mais precisamente às 20h, será marcada pela estreia do técnico Jorginho no comando técnico do Bahia. Na Arena Fonte Nova, o Esquadrão de Aço, que necessita de um bom resultado, recebe o desesperado Atlético Goianiense, que ainda não pontuou na tabela de classificação do certame nacional.



Desde a última quinta (1º) no Fazendão, Jorginho esteve presente em quatro treinamentos antes de seu debute como treinador tricolor. Entre as suas primeiras palavras, o comandante destacou a dificuldade da partida contra o rubro-negro de Goiás. "Não tenha dúvida que nós temos dois jogos em casa que são fundamentais para os nossos objetivos. Temos que planejar virada de turno com gordura", continua.

 

"Vamos pegar uma equipe, não se enganem, apesar de mudanças, é campeã da Segunda Divisão, tem um treinador que foi meu auxiliar [Marcelo Cabo], me conhece muito bem. É uma equipe que tem muito potencial. É jogo difícil porque tendo mais uma derrota a gente sabe como é a pressão. A gente tem que entrar completamente concentrado", declarou. Entre os desfalques tricolores, o mais sentido é o do meia Régis, que teve um estiramento na coxa e precisará de um período de 15 a 30 dias para se recuperar.

Bahia

05 de Jun // | Bahia

Com a lesão do meia Régis, o volante Juninho está na briga pela vaga no time titular. O Bahia encara o Atlético-GO nesta segunda-feira (5), às 20h, na Arena Fonte Nova, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Na entrevista coletiva de domingo (4), ele falou sobre a mudança de posicionamento, caso seja o substituto do camisa 20.


"Eu estou aqui, sou funcionário do Bahia, onde precisar de mim eu vou tentar ajudar da melhor maneira possível. Assim como foi na final da Copa do Nordeste em que eu entrei no primeiro jogo numa posição mais à frente e pude ajudar. Mas a posição que eu mais me sinto à vontade é de volante mesmo. Se vai ser primeiro ou segundo, tem um pouco de diferença".

 

"O primeiro fica mais de contenção, mas joga de frente como eu gosto. E, de segundo, eu tenho mais a chegada de surpresa, podendo finalizar de fora, participando mais da parte ofensiva. De meia, é a posição que eu não me sinto tão bem, mas sempre que puder e tiver dentro de campo, eu vou tentar ajudar", disse. O adversário do tricolor vive um momento ruim no campeonato. O Dragão é o último colocado na tabela.

Bahia

04 de Jun // | Bahia

O novo técnico Jorginho fez sua primeira convocação do Bahia para o duelo com o Atlético-GO. Ele chamou 23 jogadores para a partida marcada para esta segunda-feira (05), às 20h, na Arena Fonte Nova, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O time titular só será divulgado no dia do jogo.

 

As novidades ficam por conta dos meias recém-chegados Gustavo Ferrareis e Vinícius. O lateral esquerdo Armero e o meia Régis desfalcam o time. O primeiro está servindo a seleção da Colômbia, equanto que o camisa 20 está machucado com um estiramento grau 2 na coxa direita.

 

Com três pontos, o Bahia ocupa o 13º lugar no Brasileirão. O Atlético-GO é o último sem nenhum ponto. Confira a lista completa: Goleiros: Anderson, Jean e Rafael Santos Laterais: Eduardo, Juninho Capixaba e Matheus Reis Zagueiros: Eder, Lucas Fonseca, Tiago e Rodrigo Becão Meio-campistas: Allione, Diego Rosa, Edson, Feijão, Gustavo Ferrareis, Juninho, Matheus Sales, Renê Júnior, Vinicius e Zé Rafael Atacantes: Edigar Junio, Gustavo e Maikon Leite

Bahia

02 de Jun // | Bahia

O Bahia agiu rápido e, dois dias depois do anúncio da saída de Guto Ferreira para o Internacional, confirmou o acerto com Jorginho para comandar o time até o final da temporada. A apresentação do treinador aconteceu na tarde desta quinta-feira, no Fazendão.


Ao lado do presidente do Bahia, Marcelo Sant’Ana, e do diretor de futebol, Diego Cerri, Jorginho mostrou empolgação com o novo clube e afirmou que planeja manter o trabalho que vinha sendo implementado por Guto Ferreira. - O objetivo maior é dar continuidade ao trabalho que está sendo feito. Não seria inteligente da minha parte mudar alguma coisa.

 

Os resultados foram bons, apesar das duas últimas derrotas. Acompanhei o jogo contra o Vasco. O Vasco foi melhor, mas o Bahia poderia ter virado. No jogo contra o Botafogo o Bahia teve as oportunidades. É importante conquistar pontos fora de casa para que a gente possa pensar em uma grande classificação. O objetivo é manter. Agora mesmo pedi ao Preto Casagrande para desenvolver o trabalho e eu estar observando. Alguns jogadores vão ser poupados, outros estão no departamento médico.

Bahia

01 de Jun // | Bahia

Apresentado como novo técnico do Bahia na tarde desta quinta-feira (1º), em Salvador, Jorginho, que chega para substituir o ex-técnico Guto Ferreira, falou sobre o desafio de comandar o tricolor. Motivado com a oportunidade, o carioca de 52 anos promete fazer uma campanha boa na Série A do Campeonato Brasileiro.

 

"Eu não estou aqui de passagem, eu vim para fazer história", afirmou o treinador, para depois completar: "É uma escolha maravilhosa que eu fiz. Tenho certeza que esse era o momento". Tetracampeão mundial como jogador da Seleção Brasileira em 1994 e auxiliar de Dunga entre os anos de 2006 e 2010, Jorginho comentou sobre a responsabilidade de treinar o Esquadrão.

 

Segundo ele, o celular não parou de tocar, com muitos amigos lhe desejando sorte à frente do novo clube. "A responsabilidade é grande. O Bahia é um time de massa. Já treinei times de massa, joguei em alguns também. Por outro lado, fico feliz com essa responsabilidade. Gosto de desafios, minha vida foi pautada assim. Fico feliz por essa aceitação da torcida, não estou caindo aqui de paraquedas".

Bahia

01 de Jun // | Bahia

O Bahia anunciou, na noite desta última quarta-feira, a contratação do meia Vinícius para a disputa do Campeonato Brasileiro. O jogador estava no Atlético-PR e assinou com o Tricolor até o final da temporada de 2018. O acerto foi divulgado pelo clube baiano em primeira mão para os seus sócios, através de mensagem de texto.


- Eu estou muito feliz. Vim de seis meses passando por dificuldade. Hoje virei uma página na minha vida e estou iniciando uma nova história em um clube grandioso, como é o Bahia. Estou muito feliz. Desde que começaram as conversas com o Bahia, eu já estava vendo os jogos, vi a final, onde o time foi campeão do Nordeste. Merecido. Um longo tempo sem ganhar um título assim. Ganhou depois de 15 anos.

 

Assisti até a estreia contra meu ex-clube. Vim para somar, espero me adaptar o mais rápido possível e dar continuidade - afirmou o atleta à assessoria de imprensa. Vinícius chega em boa hora para reforçar um setor carente no Bahia. Até então, Régis era a única opção para atuar como meia centralizado na linha ofensiva. No último domingo, contra o Botafogo, o meia se machucou, e o volante Juninho foi adiantado para executar a função.

Bahia

31 de Mai // | Bahia
O Bahia corre para anunciar o substituto do técnico Guto Ferreira, que aceitou proposta do Internacional, e encaminhou acerto com Jorginho, ex-Vasco. A tendência é que ele já comande o time no próximo jogo da Série A, segunda-feira (5), contra o Atlético Goianiense, na Fonte Nova. O último clube do treinador foi o Vasco, que assumiu em agosto de 2015 e ficou até o final da Série B do ano passado.
 
Em São Januário, fez boa campanha no segundo turno do Brasileirão 2015, mas não o suficiente para evitar o rebaixamento. Em 2016, foi campeão carioca invicto e, apesar de conquistar o acesso à Série A, não teve o contrato renovado pela diretoria vascaína. Foi o seu trabalho de mais destaque. Aos 52 anos, a ficha como treinador teve início em 2005, no América-RJ.
 
Foi auxiliar de Dunga na Seleção de 2006 a 2010 e saiu após a eliminação nas quartas de final da Copa do Mundo, na África do Sul. Retomou a carreira de técnico e passou por Goiás, Figueirense, Flamengo, Ponte Preta e Vasco, além do Kashima Antlers, do Japão, e do Al Wasl, dos Emirados Árabes Unidos. Com a Ponte, em 2013, chegou ao vice-campeonato da Sul-Americana e foi rebaixado à Série B. 

Bahia

31 de Mai // | Bahia
Com a reapresentação marcada para a tarde desta quarta-feira (31), a atividade do Bahia será comandada pelo auxiliar do clube, Preto Casagrande, que assume o time interinamente. A direção, no entanto, tem pressa para definir o nome do novo treinador, que tem grandes chances de já estrear no comando da equipe na próxima segunda-feira (5).
 
O primeiro deles e de maior força no momento é o de Jorginho, 52 anos, que foi auxiliar de Dunga na Copa do Mundo de 2010 e treinou Goiás, Figueirense, Ponte Preta, Flamengo e Vasco, além do Kashima Antlers, no Japão e Al Wasl, no Emirados Árabes. Como jogador, ele foi tetracampeão mundial com a Seleção Brasileira na Copa de 1994, nos Estados Unidos. 
 
Na seu último trabalho, pelo Vasco, foi rebaixado em 2015, apesar de ter feito uma boa campanha de recuperação na Série A, mas conquistou o acesso no ano seguinte, em 2016, junto com o Bahia, além de ter ficado com o título carioca no ano passado. A outra opção é o experiente Levir Culpi, 64 anos, que é um desejo antigo da diretoria tricolor. Ano passado, antes mesmo de anunciar Doriva para iniciar 2016, o tricolor fez proposta pelo ex-técnico do Atlético Mineiro, que recusou.

Bahia

30 de Mai // | Bahia
Guto Ferreira não é mais o técnico do Bahia. Na tarde desta terça-feira (30), o clube baiano comunicou que o profissional aceitou uma proposta do Internacional para substituir Antônio Carlos Zago na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro. O retiro do técnico vai gerar uma compensação financeira ao Esquadrão já que havia um contrato em vigência.
 
Em 340 dias no comando da equipe tricolor, Guto Ferreira disputou 57 partidas. Foram 31 triunfos, 15 empates e onze derrotas, que significa um aproveitamento de 63% dos pontos disputados. As principais conquistas do treinador foram o acesso à Série A em 2016 e o título da Copa do Nordeste, conquistado após um triunfo contra o Sport na última quarta-feira (24).
 
O último jogo do técnico aconteceu no último domingo (28), quando a sua equipe foi derrotada pelo Botafogo, por 1 a 0, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. Junto com Guto Ferreira, saem o preparador físico Valdir Júnior, o Juninho, e os auxiliares Alexandre Faganello e André Luis. Nesta quarta-feira (31), quando a equipe se reapresenta no Fazendão, o auxiliar Preto Casagrande comanda o treinamento, segundo informações do Bahia Notícias.

Bahia

30 de Mai // | Bahia

Depois de contratar o goleiro Rafael Santos, o Bahia está muito próximo de anunciar os meias Gustavo Ferrareis, vindo do Internacional, e Vinícius, de saída do Atlético Paranaense, para reforçar a equipe para a disputa do Campeonato Brasileiro. Os dois atletas estão próximos de assinar o contrato com o clube e serem anunciados de forma oficial.

 

Na última segunda-feira (29), o presidente Marcelo Sant'Ana declarou o interesse em oficializar as contratações nesta terça-feira (30). "Pretendemos, se tudo der certo, anunciar dois atletas que nos ajudem nessa sequência de Série A do Campeonato Brasileiro", disse, em entrevista ao Programa do Esquadrão, da rádio Sociedade FM.

 

O dirigente comentou o interesse em fazer ajustes no plantel e destacou a importância da torcida se associar ao clubes para aumentar o poder de investimento. "O Bahia tem essa busca por qualificar seu elenco. A diretoria e os torcedores sabem que precisamos de ajustes para fazer a Séri A que desejamos. Temos que trabalhar dentro das possibilidades e do orçamento.

Bahia

30 de Mai // | Bahia
A eminente saída de Guto Ferreira do Bahia parece não ter agradado o clube. O Tricolor, que ainda aguarda o pagamento da multa rescisória do técnico para liberá-lo ao Internacional mostrou que não ficou satisfeito com a negociação entre o comandante e o Colorado. A insatisfação é tanta que a diretoria do Esquadrão proibiu a presença do comandante no programa Bem Amigos, do canal fechado Sportv.
 
Guto participaria do programa, comandado por Galvão Bueno, na noite de segunda (29). O técnico, inclusive, sequer retornou a Salvador após a derrota para o Botafogo. Ele permaneceu no Rio de Janeiro para participar do programa. A assessoria de imprensa do Bahia admitiu que o treinador não participará mais do Bem Amigos, mas evitou comentar sobre o possível veto da diretoria.
 
Após oficializar a demissão do técnico Antônio Carlos Zago no último domingo (28), o Internacional, que luta para voltar à Série A do Campeonato Brasileiro, corre para contratar um novo treinador. Entre os nomes cotados, está Guto Ferreira, atual comandante do Bahia. Questionado sobre o possível interesse do clube gaúcho, o técnico evitou se prolongar no assunto e disse estar focado em seu atual clube.
 




Classificados


Enquete



Mais Lidas