Esportes

Bahia

Bahia

23 de Jul // | Bahia

Nos dois últimos jogos fora de casa, contra Ponte Preta e Atlético-MG, o Bahia foi consistente na defesa, cirúrgico no ataque e por isso venceu. Neste domingo (23), contra o Santos, no Pacaembu, fez tudo ao contrário disto e perdeu: 2x0 para o Peixe, pela 16ª rodada da Série A. No início, o jogo até parecia promissor para o Esquadrão.

 

Repetindo as últimas atuações como visitante, o time se fechava bem e aproveitava os desarmes no ataque. A melhor chance saiu assim: aos 5 minutos, Zé Rafael roubou a bola de David Braz e tentou surpreender Vanderlei de cobertura; o goleiro se recuperou e mandou para fora. Mas foi só Levir Culpi fazer uma mudança estratégia para o jogo desandar.

 

Por volta dos 20 minutos, colocou Bruno Henrique, que estava atuando no lado esquerdo da defesa tricolor, para jogar na direita, em cima de Eduardo. O duelo com o lateral, que já vinha em péssima fase, foi totalmente favorável ao atacante santista. Isso ficou claro logo aos 28 minutos: Kayke recebeu na direita do ataque e arriscou da entrada da área; a bola quicou na frente de Jean, dificultando a defesa.

Bahia

23 de Jul // | Bahia

O duelo deste domingo (23) contra o Santos no Pacaembu é dos mais difíceis e ninguém duvida disso, mas de uma coisa a torcida tricolor pode ter certeza: vai ter desarme no meio-campo. É que o ‘cachorro louco’, como ele mesmo gosta de ser chamado, estará de volta ao time depois de cumprir suspensão contra o Atlético-MG.


Mas o curioso é que Renê Júnior não é destaque apenas na proteção da área, teoricamente a sua função principal em campo. O volante tem aparecido muito bem no ataque, e hoje é também esperança de gols do Esquadrão. O camisa 23 é o artilheiro da equipe no Brasileirão, com três gols. E olha que não foram gols quaisquer.

 

A pintura contra o Avaí – quando tabelou com Gustavo Ferrareis na entrada da área e deu um chapéu de cabeça no marcador – ainda está na mente dos tricolores, mas não dá para esquecer o primeiro da tríade, contra o Atlético-GO. Renê abriu o placar daquele triunfo por 3x0 aplicando um lindo drible na entrada da área, protegendo com o corpo e chutando na saída do goleiro, já quase sem ângulo.

Bahia

21 de Jul // | Bahia

A suspensão de Edson abriu espaço para Matheus Sales no meio de campo do Bahia. Titular nos últimos seis jogos do Campeonato Brasileiro, o volante participou ativamente da sequência invicta do Tricolor, que não perde há cinco rodadas. As atuações pelo clube baiano chamaram a atenção do futebol europeu.

 

Nesta quinta-feira, Sales confirmou ter recebido o contato de um clube russo, mas pregou a continuidade do trabalho com a equipe comandada por Jorginho. - Realmente existiu o contato de um clube da Rússia, mas estou focado no Bahia e na nossa campanha no Campeonato Brasileiro. Deixo essas questões nas mãos do meu empresário e do Palmeiras [clube que detém os seus direitos] – declarou.

 

O clube interessado em Matheus Sales é o Akhmat Grozny. Os russos sinalizavam com uma oferta inicial de 1 milhão de euros (R$ 3,6 milhões), valor que depois subiu para 1,5 milhão de euros (R$ 5,4 milhões). Os direitos econômicos do jogador são divididos entre Palmeiras (70%), DIS (20%) e o próprio atleta (10%). A proposta era por 80% dos direitos, o que daria ao Verdão a possibilidade de manter 20% de uma negociação futura.

Bahia

20 de Jul // | Bahia

O Bahia venceu o Atlético-MG e quebrou um tabu de 15 anos sem superar o clube mineiro na noite desta quarta-feira (19), no estádio Independência, em Belo Horizonte. Com uma grande atuação do goleiro Jean, a equipe do técnico Jorginho sustentou a vantagem, bateu o Galo por 2 a 0 e somou mais três pontos no Campeonato Brasileiro.

 

Os dois gols foram marcados pelo volante Juninho. O resultado levou o Bahia ao 12º lugar, com 19 pontos conquistados. O Esquadrão de Aço segue longe de Salvador na próxima rodada. No domingo (23), às 11h, a equipe tricolor visita o Santos, no Pacaembu, em São Paulo. O Bahia chegou no jogo com mudanças em relação ao jogo com o Avaí.

 

Além do retorno do zagueiro Tiago, do meia Zé Rafael e a entrada do volante Juninho no lugar do suspenso Renê Júnior, Vinícius tomou a vaga de Régis no meio de campo. Os minutos iniciais foram de maior posse e pressão do time mineiro, mas sem causar grande perigos aos defensores tricolores. Aos nove minutos, Rafael Carioca arriscou um chute de fora da área e Jean executou a defesa. Aos onze minutos, Zé Rafael caiu na área e a arbitragem assinalou a penalidade máxima.

Bahia

19 de Jul // | Bahia

Na partida desta quarta-feira (19), às 21h45, contra o Atlético Mineiro, quem assumirá o protagonismo no Bahia? A pergunta é mesmo válida e gera discussão, já que o tricolor foi até Belo Horizonte, para o confronto da 15ª rodada da Série A, sem as suas principais peças dos dois últimos jogos no campeonato.

 

Na última vez em que atuou fora de casa no Brasileiro, o Esquadrão venceu a Ponte Preta em Campinas por 3x0. O destaque daquele jogo foi o centroavante Rodrigão, que fazia sua estreia como titular. O camisa 39 marcou os dois primeiros gols e encaminhou um triunfo tranquilo do Bahia – o primeiro como visitante na competição.

 

O centroavante estará fora de combate. Apesar do otimismo dos médicos do Bahia em entrevista na segunda (17), dizendo que o jogador vinha tendo uma grande melhora na luxação do dedão de um pé, Rodrigão acabou vetado da viagem a Minas Gerais. Contra o Avaí, em Pituaçu, domingo passado (16), a atuação foi bem diferente daquela. Já sem o centroavante, o tricolor mostrou dificuldade para finalizar.

Bahia

18 de Jul // | Bahia

O Bahia finalizou nesta terça-feira (18) a sua preparação para o jogo contra o Atlético-MG. A tarde tricolor no Fazendão foi de observações e ajustes visando o adversário da 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.  No auditório do clube, os atletas assistiram um vídeo sobre o Galo, analisando os pontos e positivos e negativos da equipe.

 

Logo depois, o técnico Jorginho conduziu os seus comandados a um treino técnico-tático, que foi fechado para a imprensa. A atividade contou com o volante Edson, que pode voltar a jogar pelo Bahia diante do Santos, no próximo domingo (23). A tendência é que o Esquadrão de Aço entre em campo com a seguinte escalação:

 

Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Matheus Reis; Matheus Sales, Juninho e Régis; Mendoza, Zé Rafael e João Paulo Queiroz. O lateral Wellington Silva, o zagueiro Jackson e os Hernane, Maikon Leite e Edigar Junio fizeram um treinamento físico na academia. No departamento médico, o lateral-esquerdo Armero realizou tratamento. O grupo tricolor segue viagem para Belo Horizonte ainda na tarde desta terça. Com 16 pontos conquistados, o Bahia ocupa o 14ª lugar da competição nacional.

Bahia

18 de Jul // | Bahia

Hernane está cada vez mais próximo de voltar a jogar pelo Bahia. Fora desde abril por causa de uma fratura na tíbia, o atacante voltou a treinar em campo, dando seguimento ao seu processo de transição física. O camisa 9 comemorou os seus primeiros toques na bola após a recuperação e não escondeu a ansiedade pelo retorno aos gramados.

 

"Graças a Deus ontem deu pra ter um contato com a bola, ainda que pequeno. Dá saudade, né? (risos) Tenho acompanhado os jogos, é muito difícil ficar fora, só torcer... Mas estou me preparando para voltar ainda melhor e ajudar o Bahia no Brasileirão", declarou, segundo informações do Bahia Notícias.

 

Contente com o processo de recuperação, o "Brocador" fez questão de agradecer ao departamento médico do Esquadrão de Aço. "Tenho trabalhado forte, cada vez com mais confiança. Tenho muito a agradecer ao departamento médico aqui do Bahia, têm sido dias de muito trabalho, mas sinto que estou melhorando dia após dia", pontuou. Mesmo fora de combate há quase três meses, Hernane é o vice-artilheiro tricolor na temporada de 2017, com sete gols marcados.

Bahia

17 de Jul // | Bahia

Após empatar com o Avaí no último domingo (16), o foco do Bahia agora está no Atlético-MG. Na próxima quarta-feira (19), o time comandado pelo técnico Jorginho visita o alvinegro e a preparação se iniciou na tarde desta segunda-feira (17), no Fazendão. A tarde foi marcada por novidades vindas do departamento médico.

 

O zagueiro Jackson e os atacantes Edigar Junio, Maikon Leite e Hernane desceram ao gramado do centro de treinamento e fizeram o trabalho de transição física. Já os volantes Edson e Yuri treinaram com bola. Antes da atividade, o elenco tricolor passou por uma reunião com o técnico Jorginho no auditório.

 

Depois, os atletas que atuaram mais de 45 minutos seguiram para o treino regenerativo, enquanto os demais realizaram um treino técnico. O lateral-direito Wellington Silva e o atacante Rodrigão, em processo de recuperação, trabalharam a parte física na academia do clube. No departamento médico, o lateral-esquerdo Armero seguiu o tratamento de uma pubalgia. Os atletas tricolores voltam a treinar nesta terça-feira (18), às 14h, e seguem viagem para Belo Horizonte no período da noite.

Bahia

17 de Jul // | Bahia

O empate com o Avaí em Pituaçu deixou torcedores, jogadores e comissão técnica do Bahia insatisfeitos. Após o apito final, o time recebeu vaias. Autor do gol tricolor, o volante Renê Júnior admitiu que a equipe não esteve bem e pediu foco total no Atlético Mineiro, adversário de quarta. 

 

“Foi um gol bonito, mas de nada adianta se não tiver o triunfo. A torcida está com a razão em protestar, não fizemos um bom jogo. Mas agora é descansar e fazer um bom jogo na quarta contra o Atlético Mineiro”, disse. O lateral Eduardo também falou sobre a atuação do Esquadrão e afirmou que o time precisa provar que pode brigar por coisas grandes no Brasileirão.

 

Na tabela da competição, o Tricolor é o 14º colocado, com 16 pontos conquistados. “No jogo passado entramos com a cara do Bahia e nesse jogo entramos totalmente diferentes, isso não pode acontecer. Para a gente, que almeja um bom campeonato, quer uma Libertadores ou Sul-Americana, não pode ter a atuação que tivemos. Todo mundo fala que nosso time é bom, mas temos que manter os pés no chão e não inflar o ego”, afirmou o jogador. 

Bahia

16 de Jul // | Bahia

A reação do Bahia no Campeonato Brasileiro foi freada pelo empate por 1x1 com o Avaí, neste domingo (16), no estádio de Pituaçu. Em um jogo de pouca inspiração, o tricolor chegou a sair na frente, com um golaço de Renê Júnior, mas cedeu o empate minutos depois e perdeu a chance de conquistar o segundo triunfo seguido na competição.

 

É o 14º colocado no Brasileirão. Sem Rodrigão, Jorginho apostou no jovem João Paulo para ser a referência do tricolor na área, com Mendoza e Allione se alternando nas pontas. Mas os dois times começaram o duelo se estudando bastante. Com mais posse de bola, o Bahia tinha dificuldade para passar pela defesa catarinense.

 

O chute de Eder e a cabeçada de Renê Júnior, ambos para fora, foram os melhores lances nos primeiros minutos. Do outro lado o Avaí pouco incomodava o goleiro Jean. Na primeira chegada, Eder escorregou na grande área e Joel cabeceou para fora no cruzamento de Júnior Dutra. Impaciente com a falta de criatividade, a torcida do Bahia chegou a ensaiar vaias, mas logo trocou por aplausos depois que Allione emendou de letra o cruzamento de Eduardo e acertou a trave.

Bahia

14 de Jul // | Bahia

Dois gols na estreia como titular. Ainda é cedo para analisar o desempenho de Rodrigão com a camisa do Bahia, mas, se a primeira impressão é a que fica, os torcedores tricolores já podem ficar esperançosos depois da bela atuação do centroavante no triunfo por 3x0 sobre a Ponte Preta, na última quarta-feira (12).

 

O resultado fez o Esquadrão subir para 13º na classificação e, de quebra, acabar com o jejum de vitórias que durava sete partidas no Campeonato Brasileiro. No próximo domingo (16), às 19h, o desafio do time do técnico Jorginho será contra o Avaí, no estádio de Pituaçu. A Arena Fonte Nova receberá um evento particular e não poderá ser utilizada nesta rodada.

 

Rodrigão, a princípio, deve estar em campo mais uma vez. O atacante levou um pisão do goleiro Aranha, da Ponte, no lance do segundo gol, e teve uma luxação no dedão do pé. Ele fez exames na noite desta última  quinta-feira (13) para confirmar se está tudo bem e só aguarda o resultado para saber se uma possível fratura está mesmo descartada.  O camisa 39, todavia, não quer ficar de fora, segundo informações do Correio da Bahia.

Bahia

13 de Jul // | Bahia

Ele foi o mito da rodada pelo Bahia. Tanto no Cartola, jogo virtual de futebol, quanto em campo. Renê Júnior, um dos destaques do tricolor na goleada por 3x0 contra a Ponte Preta, quarta-feira (12), no Moisés Lucarelli, falou sobre o bom desempenho do time. O Bahia volta a campo domingo (16), quando enfrentará o Avaí, às 19h, em Pituaçu.


"A gente estava no caminho certo, só faltava fazer os gols. No penúltimo jogo o João Paulo abriu o caminho para a gente fazer um grande jogo contra a Ponte Preta. Agora é descansar e pegar o Avaí em casa", disse o volante, após o desembarque do grupo em Salvador, nesta quinta (13). O Bahia quebrou um jejum de sete partidas sem vencer.

 

O atleta aproveitou ainda para elogiar a estreia de Rodrigão como titular. O atacante balançou as redes duas vezes, mas deixou o campo com uma lesão no pé esquerdo. "Fez um grande jogo e vai nos ajudar. Espero que não seja nada, até porque ele será importante para o grupo na competição", opinou. Com 15 pontos conquistados, o Bahia ocupa o 13º lugar da competição nacional. O grupo segue a preparação para o próximo jogo nesta sexta-feira (14), às 15h. no Fazendão.

Bahia

13 de Jul // | Bahia

ois jogadores do Bahia estão fora do jogo contra o Avaí, marcado para as 19h do próximo domingo. O zagueiro Tiago e o meia-atacante Zé Rafael levaram o terceiro amarelo na noite desta quarta, contra a Ponte Preta, e terão que cumprir suspensão automática na próxima rodada do Brasileirão. A partida terminou em triunfo tricolor por 3 a 0.


Para a defesa, o técnico Jorginho conta com Éder e Rodrigo Becão. Para o meio de campo, ele pode optar por Allione, Vinícius e Gustavo Ferrareis. O jogo deste domingo será realizado no estádio de Pituaçu, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os ingressos para a partida estão à venda. O Bahia divulgou  a programação de venda de ingressos para o jogo contra o Avaí.

 

Nesta quinta-feira (13), a comercialização será exclusiva para sócios do clube. Sem comercialização online, os locais de venda são os seguintes: bilheteria Norte da Fonte, balcões da Ticketmix dos shoppings Salvador e da Bahia e três lojas oficias, localizadas nos shoppings Bela Vista, Salvador Norte e Estrada do Coco. O preço da arquibancada custa R$ 20 (meia) e R$ 40 (inteira). Para o setor de cadeiras, R$ 30 (meia) e R$ 60 (inteira). Crianças de até onze anos de idade não pagam.

Bahia

13 de Jul // | Bahia

Em sua estreia como titular do Bahia, o atacante Rodrigão foi o destaque do triunfo de 3 a 0 sobre a Ponte Preta na última quarta (12), no estádio Moisés Lucarelli. A atuação do camisa 39 foi valorizada pelo técnico Jorginho, que destacou a falta que a característica de um centroavante estava fazendo em seus planos.

 

"É um jogador que a gente observou bastante antes de tomar essa decisão. A gente sabia que ele era forte. Mostrei alguns lances do jogo contra o Fluminense e ele deu um pique para retomar a bola. Essa característica estava faltando para a gente. Tínhamos um jogador, mas acabou não se encaixando, que foi o Gustavo. Já se adaptou e fez dois gols", declarou.

 

No próximo domingo (16), o desafio tricolor será contra o Avaí, no estádio de Pituaçu. O técnico apontou a dificuldade da partida e convocou a torcida para apoiar a equipe. "Quero agradecer aos que estiveram aqui e quero convocar o torcedor. É um jogo difícil, o Avaí é um time perigoso, com bons jogadores. Precisamos demais do apoio para cada vez mais nos distanciarmos da zona de rebaixamento", indicou. Com 15 pontos, o Bahia ocupa o 13º lugar da competição nacional.

Bahia

12 de Jul // | Bahia

Após sete partidas de jejum, o Bahia voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. O triunfo tricolor teve nome: Rodrigão. Na noite desta quarta (12), o atacante da camisa 39 fez a sua estreia como titular e marcou os dois gols que ajudaram o Bahia a aplicar 3 a 0 sobre a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, em Campinas.

 

Ex-jogador da Macaca, Renê Júnior marcou o terceiro. Estes foram os primeiros três pontos do clube em uma partida fora de casa nesta competição. Com o resultado positivo, que não vinha há sete jogos, o Esquadrão chegou aos 15 pontos e segue fora da zona de rebaixamento nesta rodada.

 

O próximo desafio do time comandado por Jorginho será no próximo domingo (16), às 19h contra o Avaí, em Pituaçu. Dominando a posse de bola nos primeiros minutos, o Esquadrão conseguiu uma falta no lado direito do ataque e foi premiado. Aos três, Régis levantou bola na área, Rodrigão cabeceou e conseguiu vencer o goleiro Aranha. Em seguida, a Ponte Preta saiu em busca do gol de empate.

Bahia

12 de Jul // | Bahia

O treinador Jorginho ganhou uma notícia ruim para montar o time que enfrenta a Ponte Preta, nesta quarta (12), às 19h30, no estádio Moisés Lucarelli. Com dor no púbis, o lateral Armero foi vetado pelo departamento médico e não embarcou com o elenco para Campinas (SP). Matheus Reis deve ser o escolhido para começar jogando. Juninho Capixaba corre por fora.

 

Gripado, o zagueiro Eder também foi vetado. Quem volta ao time é o meia-atacante Allione. O argentino cumpriu suspensão contra o Fluminense e entra na vaga do colombiano Mendoza, que fica como opção no banco de reservas. Outra novidade no ataque será a entrada de Rodrigão no lugar de Vinícius. Com isso, o Bahia deixa de jogar com um falso nove e passar a contar com uma referência no setor.

 

Recém-contratado, Rodrigão estreou no segundo tempo do empate em 1x1 com o Fluminense e afirma que está pronto para ser o goleador que o tricolor precisa. “A responsabilidade é grande, chegar aqui com essa pressão. Mas é gostoso poder mostrar o meu trabalho e ajudar o Bahia no que ele está precisando. Sabemos da qualidade do time, vamos começar a encaixar as coisas e, se Deus quiser, vamos sair com os três pontos”, disse o centroavante, animado.

Bahia

12 de Jul // | Bahia

Com o risco real de entrar na zona de rebaixamento, o Bahia vive uma fase ruim que parece não ter fim neste Campeonato Brasileiro. Após o empate com o Fluminense no domingo (9), a equipe do técnico Jorginho enfrenta a Ponte Preta nesta quarta (12), às 19h30, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Além da fase complicada com os resultados, há um problema com os gols.

 

Nos últimos cinco jogos, apenas três tentos foram marcados. A solução talvez esteja no atacante Rodrigão, que fará a sua estreia como titular no duelo contra a Macaca. "Tem que estar pronto sempre, né? Temos um jogo difícil contra Ponte. Temos que manter o foco e a mesma pegada que teve em casa tem que ter fora, e a busca pelos três pontos", declarou o camisa 39.

 

Para o duelo, o Bahia não terá o lateral-esquerdo Armero, com pubalgia. Assim como ele, o zagueiro reserva Éder está de fora por uma virose. O lateral Wellington Silva e os atacantes Maikon Leite, Hernane e Edigar Junio são outros desfalques por lesão. Já o volante Edson segue cumprindo a punição imposta pelo STJD. Por outro lado, o meia Allione, que cumpriu suspensão diante do Fluminense, retorna e fica à disposição do técnico Jorginho.

Bahia

11 de Jul // | Bahia

O Bahia tem sofrido quando o assunto é jogar longe de Salvador neste Campeonato Brasileiro. Em uma sequência de sete jogos sem vencer dentro da competição nacional, a equipe ainda não conseguiu marcar três pontos fora de casa. Em seis partidas, foram quatro derrotas e dois empates.

 

O mesmo acontece nesta edição com Ponte Preta, São Paulo, Vasco da Gama e Atlético Goianiense. Antes do início do certame, o aproveitamento tricolor era de 55% em jogos fora de Salvador (seis triunfos, sete empates e duas derrotas). Agora, o rendimento caiu para 42% (seis triunfos, nove empates e seis derrotas).

 

Na opinião do técnico Jorginho, o nível das competições regionais disputadas no primeiro semestre é muito inferior à Primeira Divisão. "O Bahia tinha uma forma de jogar. Disputou Série B, Campeonato Baiano e Copa do Nordeste. Esse nível de competição, com todo o respeito, não tem nada a ver com o Brasileiro. O Bahia tinha a forma de jogar, mas para um nível extremamente baixo comparado ao nível que temos hoje", declarou, após o empate com o Fluminense em 1 a 1 no domingo (9).

Bahia

11 de Jul // | Bahia

A tarde chuvosa desta últim segunda-feira (10) foi de trabalho intenso no Fazendão, centro de treinamentos do Bahia. Após empatar com o Fluminense no último domingo (9), a equipe começou a preparação para enfrentar a Ponte Preta em Campinas, na próxima quarta (12), pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 

Como de costume, os jogadores que atuaram mais de 45 minutos se reservaram ao treino regenerativo. O goleiro Jean, que atuou durante todo o jogo, foi o único a descer ao campo. No gramado, o arqueiro passou cerca de 30 minutos treinando cobranças de falta. No campo 1, o técnico Jorginho comandou um intenso treino coletivo entre os demais atletas.

 

Allione, que se torna opção após cumprir suspensão, esteve presente na atividade. O time sem colete atuou com Anderson, Régis Souza, Rodrigo Becão, Harold Carcelén e Juninho Capixaba; Feijão, Edson e Marco Antônio; Allione, Douglas e Rodrigão. Os atletas com colete foram os seguintes: Rafael Santos, Edimundo, Bolívia, Everson e Matheus Reis; Yuri, Juninho e Vinicius; Ferrareis, Júnior Brumado e João Paulo.

Bahia

10 de Jul // | Bahia

O atacante João Paulo tem sido um sinal de gols para o Bahia. Nas últimas cinco partidas, a equipe tricolor marcou três vezes. Desses, dois foram marcados pelo camisa 40, sendo um deles no último domingo (9), no jogo contra o Fluminense, que acabou empatado em 1 a 1. Com 12 pontos, o Bahia ocupa o 16º lugar da competição nacional.

 

O próximo jogo da equipe será na próxima quarta-feira (12), contra a Ponte Preta, em Campinas. Escolhido para falar com a imprensa nesta segunda-feira (10), o atleta falou sobre o bom momento e deu um discurso de confiança no técnico Jorginho, que vive um momento de sete partidas sem vencer pelo Campeonato Brasileiro.

 

"Eu treino bem, mas o mérito total é da equipe. O Jorginho fala para eu trabalhar, que ele vai me dar oportunidade. Tenho alguns problemas fora do campo e isso me atrapalhou bastante, mas estou melhorando. Ele é uma pessoa aberta e dá liberdade para qualquer pessoa falar. A gente confia bastante no trabalho dele, ele fala coisas boas e colocamos fé", declarou. Opção do banco de reservas tricolor, João Paulo reconheceu que vive um dilema fora das quatro linhas: a briga com a balança.

Bahia

10 de Jul // | Bahia

Mais um jogo sem vencer dentro de casa, um jejum de triunfos que já dura sete partidas e uma situação cada vez mais complicada na tabela. Tudo isso poderia abater o técnico Jorginho, principalmente pela pressão que ele já vem sofrendo no cargo. No entanto, o comandante tricolor se mostrou mais uma vez satisfeito com a atuação da equipe e segue confiante que os resultados positivos irão aparecer.

 

“Trabalho, perseverança, não podemos desistir. O mais fácil é desistir nas dificuldades. Eu estaria cabisbaixo se minha equipe jogasse mal e não vencesse. Mas estamos jogando muito bem. Só em um jogo, contra o rival, não estivemos bem, mas em todas as outras estivemos bem”, segundo informações do Correio da Bahia.


Durante a partida, Jorginho chegou a ser vaiado nas substituições, mas, na entrevista coletiva, garantiu que o mesmo torcedor que o vaiou ainda o aplaudirá. “A primeira vez que eu treinei o Figueirense, eu fui vaiado e eu falei que iria sair com a torcida pedindo para eu ficar. Aqui a mesma coisa, tenho certeza que no final do ano, eu vou sair ou permanecer com o torcedor pedindo para eu ficar”, afirmou.

Bahia

09 de Jul // | Bahia

O Bahia completou um mês sem vencer. Há sete jogos que a equipe não sai de campo com três pontos debaixo do braço. Mas, diferentemente dos últimos dois jogos como mandante, arrancou o empate com o Fluminense, 1 a 1, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Wellington Silva abriu o placar do jogo a favor dos visitantes, enquanto que João Paulo acabou com o jejum do Bahia de três jogos sem marcar, anotando o tento de empate.

 

O duelo foi válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o empate, o Esquadrão respira fora da maldita zona de rebaixamento na 16ª colocação com 12 pontos, porém ainda depende do jogo do São Paulo. O clube paulista joga neste domingo, às 19h, contra o Santos e não pode vencer, para que o tricolor baiano mantenha-se fora do Z-4.

 

Já o Fluminense, permanece na sétima posição, com 17. Na próxima rodada do campeonato, o Bahia viaja até São Paulo para enfrentar a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, na próxima quarta-feira (12), às 19h30. No mesmo dia, o Fluminense joga o clássico carioca com o Botafogo, no estádio do Maracanã, só que um pouco mais tarde, às 21h.

Bahia

07 de Jul // | Bahia

A partida contra o Fluminense, neste domingo (9), às 16h, na Arena Fonte Nova, será mais uma oportunidade para o Bahia quebrar o jejum de seis jogos sem triunfos no Campeonato Brasileiro e tentar se distanciar da zona de rebaixamento.  Com onze pontos, o Bahia ocupa o 16º lugar do certame nacional.

 

"A gente vem de uma sequência de resultados que a a gente não esperava, tivemos dois jogos fora contra Coritiba e Vitória em que não conseguimos os três pontos, mas o ponto conquistado foi importante. Agora a gente tem esse jogo em casa contra o Fluminense, jogo difícil, mas a equipe está trabalhando forte para fazer um bom jogo", disse o meia. Régis afirmou ainda que pretende, já neste domingo, retomar a fase artilheira e voltar a marcar gols com a camisa tricolor.

Bahia

07 de Jul // | Bahia

O técnico Jorginho abriu mão do mistério e mostrou o time que provavelmente enfrentará o Fluminense, domingo (9), às 16h, na Fonte Nova. Em coletivo tático na tarde de quinta (6), no Fazendão, o treinador tricolor escalou a equipe com Jean, Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Armero (Matheus Reis); Matheus Sales, Renê Júnior e Régis; Zé Rafael, Vinícius e Mendoza.

 

Vinícius é meia, mas será testado centralizado no ataque. A posição está vaga desde a lesão de Edigar Junio, semana passada, às vésperas do Ba-Vi. Depois de iniciar o clássico com Mendoza na posição, Jorginho decidiu testar Vinícius. O colombiano treinou na ponta esquerda, substituindo Allione, suspenso.

 

O resto do time é praticamente o mesmo que empatou em 0x0 com o Vitória, só com Lucas Fonseca no lugar de Eder. Ele recupera a titularidade após cumprir suspensão. Com dor de barriga, Armero saiu mais cedo e deu lugar a Matheus Reis. A principal novidade do treino, no entanto, não tocou na bola. O centroavante Rodrigão, contratado por empréstimo do Santos, desceu para o campo e fez trabalhos físicos.

Bahia

06 de Jul // | Bahia

Da equipe do Bahia que entra em campo diante do Fluminense, no próximo domingo (9), às 16h, na Arena Fonte Nova em Salvador, uma coisa é certa: o zagueiro Lucas Fonseca estará de volta ao time. O defensor cumpriu suspensão no clássico contra o Vitória e teve o retorno confirmado pelo técnico Jorginho.

 

Sabendo do momento delicado da equipe - há seis rodadas sem vencer e beirando a zona de rebaixamento -, o jogador afirma que o tricolor precisa erra o mínimo possível para superar o time carioca e reencontrar o caminho dos triunfos. Com onze pontos, o Bahia é o 16º colocado do certame nacional.

 

"As vezes algum fator que, nem todos entendem, acabam, prejudicando a gente, como no jogo contra o Flamengo que eu fui infeliz e acabei prejudicando a equipe, depois do jogo eu assumi a responsabilidade. A gente tem conversando bastante, não podemos dar esses moles. É importante pontuar fora de casa, e também dentro, e temos que procurar encontrar as jogadas durante a partida, anular a equipe adversária e sair com o resultado positivo", afirmou Lucas Fonseca.

Bahia

06 de Jul // | Bahia

Antes do treino desta última quarta-feira (5), o volante Feijão, do Bahia, foi abordado para falar com alguns membros da imprensa no Fazendão. O tema, no entanto, não tinha nada a ver com o jogo contra o Fluminense, e sim pelo fato do jogador ter sido vítima de intolerância religiosa em uma rede social.

 

Questionado sobre o ocorrido, Feijão demonstrou chateação e pediu respeito ao candomblé, religião que é adepto. "As pessoas estão confundindo as coisas. Confundindo muito. Respeito todas as religiões e espero que respeitem a minha. Sou do candomblé e com muito orgulho. Espero que tenha coragem de falar na minha frente. Na rede social é muito fácil", declarou.

 

De acordo com o atleta, as críticas mais pesadas ocorrem pelo fato dele ter sido revelado no clube. "Os caras querem fazer tumulto, principalmente comigo, que sou prata da casa. Mas eu estou agindo naturalmente. Vida que segue. É ter tranquilidade", completou. O crime de intolerância religiosa prevê a pena de um a três anos de prisão, além de multa, segundo informações do Bahia Notícias.

Bahia

05 de Jul // | Bahia

No universo do futebol, dizem que quem dá entrevista durante a semana vai ser titular na rodada seguinte. Se depender disso, o substituto de Allione, que cumpre suspensão automática, será o meia Vinícius. Uma outra máxima desse universo é a já famosa “Lei do Ex”, que o camisa 19 do Bahia pretende manter em vigor na Arena Fonte Nova, domingo, contra o Fluminense, em jogo válido pela 12ª rodada da Série A do Brasileiro.

 

O Bahia ocupa o 16º lugar do Campeonato Brasileiro, com onze pontos conquistados. Escolhido para a coletiva antes do treino desta quarta-feira, Vinícius lembrou que já foi um dos “Agentes da Lei do Ex” em 2016, contra o próprio Fluminense. Em sua estreia pelo Altético-PR, o meia marcou o gol do triunfo por 1 a 0 sobre o Tricolor carioca.

 
Agora, defendendo o Bahia, o meia espera repetir a dose contra o Flu, time que defendeu entre 2015 e 2016. - Ano passado, pelo Atlético-PR, eu fui feliz. Meu primeiro jogo foi logo contra o Fluminense e eu pude fazer um gol. Todo mundo sabe do carinho e respeito que tenho pelo Fluminense, mas hoje eu defendo as cores do Bahia, então, se eu tiver a oportunidade, vou colocar a bola para dentro – disse o meia, segundo informações do Globoesporte.

Bahia

05 de Jul // | Bahia

Sem vencer no Campeonato Brasileiro há seis rodadas, o Bahia vive situação incômoda no Campeonato Brasileiro e precisa reencontrar o caminho dos triunfos o mais rápido possível para se distanciar da zona da degola. Neste domingo (9), o tricolor recebe o Fluminense, às 16h, na Arena Fonte Nova, e vai ter mudanças.

 

O Bahia ocupa o 16º lugar do Campeonato Brasileiro, com onze pontos conquistados. Com Allione suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o técnico Jorginho vai ter que buscar um substituto. Os meias Vinicius e Gustavo Ferrareis despontam como as principais opções, já que Edigar Junio ainda se recupera de uma tendinite e não sua participação no jogo garantida. 

 

"O Allione é taticamente muito importante para construção o trabalho, mas temos outras possibilidades, jogadores de condições diferentes, não tático, mas de velocidade, mais força", explicou o treinador durante participação no programa do Esquadrão. A boa notícia para Jorginho fica por conta de Lucas Fonseca. O zagueiro cumpriu suspensão no Ba-Vi e volta ao time diante dos cariocas, segundo informações do Correio da Bahia.

Bahia

04 de Jul // | Bahia

Com muitos jogadores revelados nas divisões de base como titulares, o Fluminense, adversário do Bahia no próximo domingo (09), tem se destacado pela velocidade. Para evitar a característica principal do time carioca, o volante Matheus Sales quer o Esquadrão de Aço ligado na marcação, sem dar espaços aos comandados de Abel Braga.

 

"É não dar muito espaço, né? Porque eles têm atacantes rápidos, com uma transição rápida. Temos que marcar perto, evitar espaços para que eles não imprimam a velocidade", declarou, em entrevista coletiva realizada nesta terça (4), no Fazendão.

 

Apesar de ter saído da zona de rebaixamento depois do empate no Ba-Vi do último final de semana, Sales não quer saber de acomodação. O jovem atleta pregou trabalho no Fazendão para voltar a conseguir um triunfo após seis jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro. "Não dá tranquilidade porque o Brasileiro é rápido. Se a gente tropeçar. a gente volta. É focar, manter a cabeça no lugar e trabalhar firme para conseguir o triunfo", indicou Sales.

Bahia

04 de Jul // | Bahia

O ponto conquistado fora de casa no clássico contra o Vitória foi suficiente para tirar o tricolor da zona de rebaixamento - beneficiado pela derrota do São Paulo para o Flamengo -, mas a situação do Bahia no Campeonato Brasileiro após 11 rodadas ainda inspira cuidados. O jejum de triunfos subiu para seis partidas.

 

A marca é uma das piores do Esquadrão desde que o Brasileirão passou a ser disputado em pontos corridos, na temporada 2003.  A pior foi alcançada em 2014, quando o time ficou dez jogos sem vencer e acabou rebaixado para a segunda divisão. Contra o rival, um agravante chamou a atenção: o Bahia jogou mal.

 

Curiosamente, após a primeira semana inteira de treinos que Jorginho teve desde que chegou ao Fazendão, o time não conseguiu render e foi facilmente dominado pelo Vitória, que só parou nas defesas de Jean. No próximo domingo, o adversário será o Fluminense, na Fonte Nova. Outra oportunidade para os comandados de Jorginho – que terá mais uma semana de treinos - tentarem colocar em prática o plano de fazer do estádio um verdadeiro caldeirão.

Bahia

03 de Jul // | Bahia

Sem poder contar com Lucas Fonseca, o técnico Jorginho optou pelo zagueiro Éder para compor a defesa do Bahia no clássico contra o Vitória, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em entrevista ao Bahia Notícias, o jovem revelado pelo Esquadrão de Aço comemorou a oportunidade de jogar e pregou trabalho para brigar pela titularidade.



"É bom [voltar a jogar]. Trabalhei para isso. Sei que tem treinador que escolhe um ou outro, só jogam onze. Tenho que trabalhar para esperar minha oportunidade. É continuar nessa pegada. Estou sempre à disposição", declarou, em entrevista ao Bahia Notícias. Fora do temido Z-4, o Bahia ocupa o 16º lugar, com onze pontos conquistados em onze partidas.



Com uma sequência de seis jogos sem saber o que é triunfo na competição, a equipe tricolor entra em campo no próximo domingo (9), na Arena Fonte Nova, para pegar o Fluminense. Para Éder, a equipe precisa evoluir nos aspectos defensivos e ofensivos. "Cada jogo tem a mesma importância. Não queremos estar nessa zona [de rebaixamento]. Temos que melhorar essa eficácia e evoluir também na defesa", explicou.

Bahia

03 de Jul // | Bahia

Fora de casa, o Bahia ficou no empate sem gols com o Vitória no domingo (2), pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. A partida ficou marcada por uma forte marcação da equipe rubro-negra, principalmente no setor defensivo tricolor.  Após o jogo, o volante Renê Júnior admitiu a dificuldade que o Esquadrão de Aço teve para sair jogando.



"Ficou dificultada [saída de bola do Bahia]. Os caras estavam jogando em casa, pressionaram e ficou difícil para a gente jogar. Se vocês repararem, ele colocou o Yago para pressionar mais. Mas arrancamos um ponto, é importante pontuar. É trabalhar para o jogo contra o Fluminense", disse, em entrevista ao Bahia Notícias.



O técnico Jorginho terá mais uma semana cheia para trabalhar antes do duelo contra o Fluminense, no próximo domingo (9), pela 12ª rodada. Renê Júnior mira a correção das falhas no período. "Vai ser bom para minimizar os erros. Não fizemos um bom jogo, isso é fato. Mas vamos seguir trabalhando. Estamos há alguns jogos sem vencer, mas em casa vamos pegar o Fluminense e vamos para cima", completou. O Bahia ocupa o 16ª lugar do certame nacional, com onze pontos conquistados.

Bahia

03 de Jul // | Bahia

Substituto de Jorginho no clássico Ba-Vi do último domingo (2), o auxiliar técnico do Bahia, Luiz Quintanilha, acredita que o Esquadrão de Aço poderá ter uma semana positiva após deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Depois do empate em 0 a 0 com o Vitória, o profissional tricolor elogiou o grupo.


"O que nos dá tranquilidade e a crença de que vamos trabalhar bem são as atuações e a qualidade de nossos jogadores. Temos um grupo qualificado e voltado para sair dessa situação. E com certeza vamos sair", pontuou. Quintanilha também comentou a experiência na área técnica e comentou o trabalho realizado com Jorginho antes do jogo contra o rubro-negro.

 

"Pra mim é uma grande honra estar na beira do campo e substituir um campeão do mundo, nosso treinador, um cara super capacitado e que tem toda a confiança no grupo. Deu a total liberdade para substituir, tentar algo diferente, mas nada alterou porque já estava planejado e treinamos isso", indicou. Após o clássico, o elenco tricolor recebe uma folga nesta segunda e só volta a treinar nesta terça (4). O Bahia volta a jogar no próximo domingo (9) contra o Fluminense, na Arena Fonte Nova, pela 12ª rodada da competição nacional.

Bahia

30 de Jun // | Bahia

Dentro da zona de rebaixamento e em uma sequência de cinco jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro, o Bahia terá a missão de enfrentar o Vitória, seu maior rival, no próximo domingo (2), no Barradão, pela 11ª rodada da competição. Somente nesta temporada foram cinco clássicos entre tricolores e rubro-negros.

 

O zagueiro Tiago acredita que esse será o mais disputado de todos e pede uma grande atuação tricolor para conquistar o triunfo. "Acho que vai ser o jogo mais difícil, tanto para nós quanto para eles. A gente prevê um jogo bem disputado. A gente tem que fazer um grande jogo, porque estamos jogando bem, mas as coisas não estão acontecendo. Precisamos dos três pontos", declarou.



Na conjuntura de toda a Série A até aqui, o Bahia está melhor que o Vitória na pontuação, no ataque e na defesa. Mesmo assim, o capitão prega respeito ao rubro-negro. "Rapaz, eu não posso falar pelo Vitória. Acho que o Bahia vem fazendo um grande papel, vem surpreendendo. Acho que a gente não pode deixar que as coisas extracampo nos abalem. Nesse momento todo respeito é bem-vindo", pontuou, segundo informações do Bahia Notícias.

Bahia

29 de Jun // | Bahia

A "semana cheia" do Bahia segue a todo vapor no Fazendão. Na tarde desta quinta-feira (29), o elenco tricolor se reapresentou no centro de treinamento para continuar a preparação para enfrentar o Vitória, no próximo domingo (2), pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

 

O elenco tricolor faz a penúltima atividade antes do confronto nesta sexta-feira (30), às 15h, novamente no Fazendão. Em mais uma atividade fechada para a imprensa, o técnico Jorginho comandou um treinamento tático e voltou a testar a provável equipe que entra em campo para o clássico. Vale lembrar que o Esquadrão conta com o retorno de Renê Júnior, que cumpriu suspensão, e Régis, recuperado de uma lesão na coxa.



O zagueiro Jackson e o volante Edson, em processo de transição física, deram continuidade nas recuperações na academia do clube. Por outro lado, os atacantes Hernane e Maikon Leite, e o lateral Wellington Silva trataram das lesões no departamento médico. Com dez pontos conquistados e o 17º lugar no Brasileirão, o Bahia volta a jogar no próximo domingo (2), contra o Vitória, no Barradão, segundo informações do Bahia Notícias.

Bahia

29 de Jun // | Bahia

Julgado nesta quarta-feira (28) pela expulsão e troca de cuspes com o atacante Kléber, do Coritiba, no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), o volante Edson foi punido com seis jogos de suspensão e só voltará a ficar à disposição de Jorginho na 16ª rodada, diante do Santos, na Vila Belmiro, dia 22 de julho.

 

O jogador tricolor já havia cumprido uma partida pela suspensão automática. Assim como Kléber, ele foi indiciado no artigo 254-B, que prevê pena de seis a 12 jogos pelo ato de cuspir no adversário. O atacante do Coxa, no entanto, foi punido por nove jogos dentro do mesmo artigo. O presidente da 3ª Comissão Disciplinar do STJD, Sérgio Leal Martinez, considerou a pena maior por Kléber ter sido o primeiro a agredir.

 

Na outro artigo, 254-A, agressão física, Kléber foi punido por mais seis jogos por causa do soco dado em Edson na partida. Ao todo, o jogador do time paranaense foi suspenso por 15 jogos. Já cumpriu três: um pela suspensão automática e outros dois por suspensão preventiva imposta pelo órgão. Edson desfalcará o Bahia no Ba-Vi de domingo (2) e também nas partidas contra Fluminense, Ponte Preta, Avaí e Atlético Mineiro.

Bahia

28 de Jun // | Bahia

Desde que Jorginho e a sua nova comissão técnica desembarcaram em Salvador para treinar o Bahia, essa será a primeira "semana cheia" para trabalhar no Fazendão. O tempo para treinar é visto como uma oportunidade para aprimorar o que já vinha sido feito com os jogadores, na opinião do preparador físico Joelton Urtiga.

 

"Essa semana temos que qualificar o trabalho. Não podemos dar volume grande porque eles vem em uma sequência grande de jogos, com a sobrecarga de jogar com um a menos nos últimos dois jogos. O campo e a sobrecarga fica maior. O objetivo principal é qualificar", declarou, em entrevista ao Bahia Notícias.

 

Segundo o profissional tricolor, o meia Régis, recuperado de lesão, e os atletas que não estão atuando com frequência terão uma atenção maior. "O Régis e alguns atletas que estavam fora iremos dar uma ênfase maior. Os que vem jogando faremos um reparo maior para eles estarem à disposição no domingo", indicou. Com cinco jogos sem triunfos e um lugar na zona de rebaixamento, o Bahia volta a jogar contra o Vitória no domingo (2), às 16h, no Barradão.

Bahia

28 de Jun // | Bahia

A dupla Ba-Vi, que volta a jogar na Série A após três anos, vive um momento complicado na competição nacional. Dentro da zona de rebaixamento, tricolores e rubro-negros se enfrentam no próximo domingo (2), no Barradão, visando a saída das últimas posições. Destaque do Esquadrão de Aço, Zé Rafael admite um clássico pressionado para as duas equipes.

 

"Clássico a gente sabe que é muito difícil falar. A pressão é grande para os dois lados, independente de a gente estar em primeiro e o Vitória em último, ou vice versa, a gente tem que vencer. A gente sabe que a equipe deles também está pressionada. Temos condição de sair dessa parte de baixo da tabela. O quanto antes sair melhor", declarou.

 

Com cinco jogos sem vencer na Série A, o atleta tricolor vê um grupo focado e com plenas condições de sair da má fase. "A gente sabe que está passando por momento difícil, situação adversa do que a gente estava pretendendo para esse início do campeonato. Nossa equipe está focada, bem unida. A gente sabe que tem qualidade para sair dessa zona desconfortável. Só com trabalho mesmo vai conseguir sair dessa situação", indicou. No 17º lugar, o Bahia possui dez pontos conquistados.

Bahia

27 de Jun // | Bahia

O técnico Jorginho chegou ao Bahia no início do mês de junho. De lá até esta terça-feira (27), o técnico tricolor viveu uma intensa rotina de jogos, com pouco tempo para descansar. Antes de enfrentar o Vitória no próximo domingo (2), pela 11ª rodada do Brasileirão, o comandante tricolor terá uma semana para poder treinar a sua equipe.

 

O período é citado como importante para o volante Renê Júnior, que volta ao time após cumprir suspensão. "Vai ser a semana em que ele vai poder implantar o trabalho dele. A sequência de jogos foi difícil e intensa. Creio que o Jorginho está fazendo um grande trabalho, mas precisa de tempo. Vamos trabalhar para ajudar o Bahia e ele que é um grande treinador", declarou.

 

Antes contestado, o "Crazy dog" é visto como peça essencial dentro do esquema tricolor. Ele destacou a importância do trabalho para conquistar este status. "Lógico que faltava algo, mas quem me viu trabalhar sabe que nada é por acaso. Desde que cheguei, não amoleci um minuto, respeitando quem estava jogando. Sei que é chato não jogar, mas tem que trabalhar. A sequência vem da confiança que o professor Guto e o Jorginho me passam.

Bahia

26 de Jun // | Bahia

Aos poucos, Jackson está se aproximando da volta aos gramados depois de fazer uma cirurgia no joelho. Nesta segunda-feira (26), o zagueiro do Bahia se apresentou no Fazendão para seguir o seu processo de recuperação e fez um leve treinamento físico na academia do clube. A movimentação foi muito comemorada pelo defensor.



"Pela primeira corrida depois da cirurgia, me senti super bem, graças a Deus sem nenhum desconforto! Estou muito feliz de ter feito e ter corrido dessa forma", disse o zagueiro, que não escondeu a sua ansiedade para voltar a jogar. "Estou muito ansioso para poder voltar e ajudar os meus companheiros. É horrível ficar de fora e sem poder fazer nada. Graças a Deus essa angústia está acabando", acrescentou.


Em entrevista realizada na última quarta-feira (21), o médico do clube, Daniel Araújo, indicou que Jackson deve retornar "dentro de duas ou três semanas". O Esquadrão de Aço vive uma fase ruim durante o período de recuperação de Jackson. Já são cinco jogos sem vencer e a equipe já está na zona de rebaixamento para a Série B. Na opinião do defensor, o time precisa ter um pouco mais de capricho com as finalizações.






Classificados


Enquete



Mais Lidas