Esportes

Vitória aposta em melhora defensiva para encarar o América-RN, hoje

Nos babas de Salvador, quando uma defesa vacila, sempre tem alguém para gritar: ‘segura a cozinha!’. E é exatamente lá atrás que o Vitória precisa caprichar mais. Neste sábado (11), o rubro-negro enfrenta o América-RN, às 16h, no Barradão, e tenta chegar ao seu primeiro jogo pela Copa do Nordeste sem sofrer gol. 
 
O status pode passar despercebido para alguns torcedores, mas ter a defesa vazada em três dos cinco jogos que fez na temporada incomoda um dos responsáveis por proteger o gol de Fernando Miguel. Titular em todos os confrontos do ano, Alan Costa admite a fragilidade do setor defensivo. “Temos que melhorar. Foram seis jogos, tomamos sete gols. É um número ruim. Temos que tomar menos gols. Ficamos apenas dois jogos sem tomar. É pouco. Temos que tentar o entrosamento”, avaliou Alan, que botou na conta o amistoso contra o Atlântico que o Leão venceu por 2x1.
Com seis gols sofridos em cinco jogos oficiais - um no Campeonato Baiano e cinco na Copa do Nordeste - o Vitória liga o sinal de alerta. Foram justamente os quatro gols sofridos do Botafogo-PB (4x2) que deixaram o rubro-negro em 3º lugar do grupo E, atrás dos paraibanos no confronto direto e do América-RN no saldo. 
 
Como os quatro times do grupo têm três pontos (o outro é o lanterna Sergipe), o jogo de hoje vale a liderança. “Perdemos o último jogo, agora nosso time tem que ir para cima. Precisamos da vitória, até para se reabilitar. Precisamos dar um encaminhamento na classificação”, alerta o camisa 4, que não teve problema em dar a cara a tapa e assumir sua parcela de culpa.
 “Me conhecendo, acho que posso dar muito mais. Estamos evoluindo. Dia 9 fez um mês que começamos a trabalhar. Foram seis jogos e altas performances, com uma decisão pela Copa do Brasil. Com um mês de trabalho, ainda tem muito a evoluir. Eu, individualmente, ainda tenho muito a evoluir”, analisa.
 
Para tentar movimentar a defesa, o técnico Argel Fucks vai aproveitar que o volante Uillian Correia está pendurado e promover a estreia de Bruno Ramires ao lado de Willian Farias. Essa será a única mudança no time. Na zaga, ele vai manter a dupla Fred e Alan Costa, apesar de ter Kanu como opção. Nas laterais, Cedric e Geferson serão os responsáveis por apertar a marcação.
 
O Vitória vai a campo com Fernando Miguel; Cedric, Alan Costa, Fred e Geferson; Willian Farias, Bruno Ramires e Cleiton Xavier; Paulinho, David e Kieza. 
 
OUTRO LADO DA MOEDA
Se a defesa do Vitória ainda não deu liga, o ataque deixa qualquer torcedor confiante. Com David de garçom e Kieza com o pé calibrado, o Leão tem bons números ofensivos. Em jogos oficiais, já marcou 11 vezes, sendo quatro de K9, dois de David, dois de Cleiton Xavier. Paulinho, Gabriel Xavier e Fred fizeram um cada.
 
“Tomamos seis e fizemos onze gols. Ganhamos cinco partidas de seis. Os números do ataque estão bons. Cada jogador tem sua meta. Tenho meta de entrar e não tomar gol. Atacante tem a meta de fazer tantos gols no ano, eu tenho de não tomar gol. Para o zagueiro, a equipe tomar quatro gols no jogo é ruim. Somos cobrados internamente”, explicou Alan Costa.
 
Os ingressos estão à venda na bilheteria do Barradão, com pagamento apenas em dinheiro, e custam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia) para aruqibancada, e R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia) para cadeira. Venda no cartão somente pelo site ingressofacil.com.br.

Categorias

Futebol




Classificados


Enquete



Mais Lidas