Esportes

Em busca por espaço no Bahia, Feijão fala sobre Série A: 'Cada jogo é uma pedreira'

Após conseguir o acesso no fim do ano passado, o Bahia começa neste domingo (14), às 16h, contra o Atlético Paranaense, a sua caminhada na Série A do Campeonato Brasileiro. Dentro do elenco tricolor, o volante Feijão já teve oportunidade de disputar duas edições do nacional pelo clube e a sua experiência indica a dificuldade da competição.
 
“Vamos enfrentar uma equipe que está disputando uma Libertadores e só com muita entrega, que é uma das marcas da nossa equipe, vamos vencer. Já disputei duas edições pelo Bahia e sei como é: cada jogo é uma pedreira pra gente superar”, declarou. No momento, o volante Feijão não é escolhido para começar jogando pelo técnico Guto Ferreira.
 
Com a quantidade de jogos e os possíveis futuros desfalques, ele se põe à disposição para mostrar serviço com a camisa do Esquadrão. "Treino todos os dias com esse objetivo, de buscar meu espaço. Teremos uma competição de 38 rodadas e Guto vai precisar de todos. Quando chegar a oportunidade, é mostrar serviço", indicou o atleta. No último domingo (7), o Esquadrão amargou o segundo lugar do Campeonato Baiano após dois empates com o Vitória na final.
 
Para Feijão, a equipe precisa buscar motivação no revés para buscar o título da Copa do Nordeste e ter uma boa participação no Brasileirão. “Temos que usar essa ferida da perda do Baiano para nos motivar ainda mais para a Série A e a decisão do Nordestão. São dois momentos especiais. O Brasileiro vai marcar a volta do Bahia a Série A e temos que fazer bonito, essa nação merece... Já a Copa do Nordeste é nossa chance de uma conquista muito importante de imediato. Vamos com tudo”, completou.

Categorias

Bahia




Classificados


Enquete



Mais Lidas