Esportes

Demitido do Vitória, Jorginho Sampaio diz que foi pego de surpresa: 'me senti humilhado'

Após algumas semanas sem tratar do assunto, o Vitória confirmou a demissão de Jorginho Sampaio, que era assessor de Sinval Vieira no departamento de futebol do rubro-negro. Ex-presidente do Leão, Sampaio vinha sendo pressionado por conta das eliminações na Copa do Brasil e da Copa do Nordeste, esta última diante do maior rival, e acabou não resistindo e sendo demitido nesta segunda (15).
 
A demissão de Jorginho já parecia programada, com o residente Ivã de Almeida tendo se recusado a falar sobre o assunto nos últimos dias. A saída do dirigente ficou mais próxima após a chegada de Petkovic, que chegou para ser cartola no setor de futebol mas vai acumular a função de treinador na equipe que inicia a disputa da Série A.
 
"Foi uma forma grotesta e deprimente. Eu não esperava que fosse tudo dessa forma. Quando Pet assumiu, começaram essas conversas, mas o mínimo que eu esperava era ser chamado por Sinval, que é meu chefe direto, além de ser meu amigo, meu irmão. Eu só estava lá por causa dele, inclusive. Só que eu cheguei pra trabalhar 9h30 e, uma hora depois, fui chamado pelo chefe do departamento pessoal e colocaram o papel da demissão na minha frente. Eu assinei e saí", desabafou.

Categorias

Vitória




Classificados


Enquete



Mais Lidas