Esportes

Com atuação destacada, Renê Júnior ganha elogios de Jorginho: 'Um monstro'

O técnico Jorginho deixou a Fonte Nova feliz e satisfeito com o triunfo sobre o Atlético-GO por 3x0 na noite de segunda-feira (5), em sua estreia no comando do Bahia. Ao final do jogo, o treinador elogiou o conjunto, mas um jogador chamou a sua atenção: Renê Júnior. Autor do gol que abriu o triunfo tricolor na Fonte, o volante arrancou aplausos dos torcedores e, de quebra, ganhou moral com o novo chefe.

 

"Claro que todos os jogadores foram bem, mas o Renê Júnior foi assim absurdamente bem, foi um monstro dentro de campo. Eu creio que é isso que a gente tem que buscar, esse nível de atuação. Se a gente conseguir que essa equipe jogue nesse nível de intensidade, nesse comprometimento sempre, nossa equipe tem grandes possibilidades de alcançar posições boas no Campeonato Brasileiro", afirmou Jorginho.

 

Ao fim do jogo, Renê também comemorou a sua atuação. "Eu costumo falar que o melhor está por vir. Estou bem, com confiança. O professor Jorginho chegou e me passou confiança, o professor Guto já passava confiança, o grupo está bem e, em casa, a gente sabe que tem que ser agressivo. Graças a Deus pude ajudar os meus companheiros e a gente conseguiu conquistar os três pontos em casa", disse o volante.


Os estreantes da noite também receberam elogios. Vinícius e Gustavo Ferrareis marcaram os outros gols da partida e deixaram boas impressões em uma posição importante devido à ausência do meia Régis, destaque do Esquadrão na temporada, que sofreu uma lesão na coxa e deve ficar longe dos gramados por até 30 dias.

 

"A nossa preocupação maior era a questão do gás para o Vinícius, ele estava sem ritmo, mas nos dois treinamentos que ele fez foi muito bem, contra o time titular e depois na equipe titular. O posicionamento e a inteligência dele foram preponderantes, um jogador que atuou no bico da área, fez exatamente o que eu preciso de um meia: algumas penetrações na vertical e dando o último passe, que é fundamental para furar uma defesa que estava fechada.

 

Optei por ele, sabendo que corria um pouco de risco", explicou Jorginho. "Fiquei muito feliz com a entrada do Ferrareis, a gente não testou Ferrareis pelo meio, mas sabia que ele poderia jogar por ali, um jogador com uma pegada técnica muito forte, uma disposição física grande e que foi premiado pelo gol", concluiu o treinador. Em 9º lugar no Brasileirão, o Bahia volta a entrar em campo na quinta-feira (8), quando recebe o Cruzeiro, às 21h, na Fonte Nova.


Categorias

Vitória




Classificados


Enquete



Mais Lidas