Esportes

Técnico Jorginho minimiza as vaias da torcida: 'Eles ainda vão me pedir para ficar'

Mais um jogo sem vencer dentro de casa, um jejum de triunfos que já dura sete partidas e uma situação cada vez mais complicada na tabela. Tudo isso poderia abater o técnico Jorginho, principalmente pela pressão que ele já vem sofrendo no cargo. No entanto, o comandante tricolor se mostrou mais uma vez satisfeito com a atuação da equipe e segue confiante que os resultados positivos irão aparecer.

 

“Trabalho, perseverança, não podemos desistir. O mais fácil é desistir nas dificuldades. Eu estaria cabisbaixo se minha equipe jogasse mal e não vencesse. Mas estamos jogando muito bem. Só em um jogo, contra o rival, não estivemos bem, mas em todas as outras estivemos bem”, segundo informações do Correio da Bahia.


Durante a partida, Jorginho chegou a ser vaiado nas substituições, mas, na entrevista coletiva, garantiu que o mesmo torcedor que o vaiou ainda o aplaudirá. “A primeira vez que eu treinei o Figueirense, eu fui vaiado e eu falei que iria sair com a torcida pedindo para eu ficar. Aqui a mesma coisa, tenho certeza que no final do ano, eu vou sair ou permanecer com o torcedor pedindo para eu ficar”, afirmou.

 

O técnico tricolor explicou o motivo de não ter iniciado o jogo com Rodrigão e elogiou a estreia do centroavante, que entrou no intervalo. “Quando ele chegou, falou que teve um problema de amigdalite e que não aguentava o tempo todo. Fizemos substituições ousadas, colocamos o Rodrigão que não tinha condições, decidimos que era melhor esperar. Se estivéssemos vencendo, ele não entraria. A equipe está criando e pecando ainda nesse passe final e conclusão final”, cobrou.

 

Autor do golaço que deu o empate ao Bahia, o segundo dele na Série A, o atacante João Paulo valorizou o ponto conquistado e também elogiou a atuação da equipe, apesar do resultado não ter sido o ideal. “A gente criou mais, atacou mais, eles vieram pra se defender e a nossa bola não tá entrando faz um tempinho. Vamos continuar trabalhando. Existem muitas coisas boas que podemos tirar desse jogo. O empate não é a pior coisa, o grupo tá de parabéns”.


Categorias

Bahia




Classificados


Enquete



Mais Lidas