Esportes

Há sete jogos sem ganhar, Bahia encara a Ponte Preta para acabar com jejum

Com o risco real de entrar na zona de rebaixamento, o Bahia vive uma fase ruim que parece não ter fim neste Campeonato Brasileiro. Após o empate com o Fluminense no domingo (9), a equipe do técnico Jorginho enfrenta a Ponte Preta nesta quarta (12), às 19h30, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Além da fase complicada com os resultados, há um problema com os gols.

 

Nos últimos cinco jogos, apenas três tentos foram marcados. A solução talvez esteja no atacante Rodrigão, que fará a sua estreia como titular no duelo contra a Macaca. "Tem que estar pronto sempre, né? Temos um jogo difícil contra Ponte. Temos que manter o foco e a mesma pegada que teve em casa tem que ter fora, e a busca pelos três pontos", declarou o camisa 39.

 

Para o duelo, o Bahia não terá o lateral-esquerdo Armero, com pubalgia. Assim como ele, o zagueiro reserva Éder está de fora por uma virose. O lateral Wellington Silva e os atacantes Maikon Leite, Hernane e Edigar Junio são outros desfalques por lesão. Já o volante Edson segue cumprindo a punição imposta pelo STJD. Por outro lado, o meia Allione, que cumpriu suspensão diante do Fluminense, retorna e fica à disposição do técnico Jorginho.


Assim como o Bahia, a Ponte Preta também vive o seu jejum e está próxima dos quatro últimos lugares. Para voltar a vencer, o técnico Gilson Kleina pediu o apoio do torcedor.  "Temos que buscar as vitórias fora de casa, é fato, mas agora o foco é vencer quarta-feira [contra o Bahia] para marcar três pontos e precisamos do torcedor do nosso lado, para fazer a diferença", indicou.


Categorias

Bahia




Classificados


Enquete



Mais Lidas