Esportes

Rodrigão brilha, Bahia vence a Ponte Preta e respira no Campeonato Brasileirão

Após sete partidas de jejum, o Bahia voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. O triunfo tricolor teve nome: Rodrigão. Na noite desta quarta (12), o atacante da camisa 39 fez a sua estreia como titular e marcou os dois gols que ajudaram o Bahia a aplicar 3 a 0 sobre a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, em Campinas.

 

Ex-jogador da Macaca, Renê Júnior marcou o terceiro. Estes foram os primeiros três pontos do clube em uma partida fora de casa nesta competição. Com o resultado positivo, que não vinha há sete jogos, o Esquadrão chegou aos 15 pontos e segue fora da zona de rebaixamento nesta rodada.

 

O próximo desafio do time comandado por Jorginho será no próximo domingo (16), às 19h contra o Avaí, em Pituaçu. Dominando a posse de bola nos primeiros minutos, o Esquadrão conseguiu uma falta no lado direito do ataque e foi premiado. Aos três, Régis levantou bola na área, Rodrigão cabeceou e conseguiu vencer o goleiro Aranha. Em seguida, a Ponte Preta saiu em busca do gol de empate.

 

Aos dez minutos, Fernandinho aproveitou a sobra de um escanteio, chutou com força de esquerda e a bola passou muito perto da meta de Jean. Após ver a Ponte dominar a posse de bola e estar mais presente no setor ofensivo, o Bahia quase ampliou a vantagem com Rodrigão, que recebeu passe de Régis, passou por um defensor e finalizou com força, ao lado do gol de Aranha. O empate do time da casa quase veio aos 37 minutos, Jadson recebeu um belo passe de Emerson na grande área e bateu cruzado.

 

A bola bateu na trave, voltou para a pequena área e Tiago afastou. Novamente nos primeiros minutos, o Bahia conseguiu ampliar o marcador. Após um chute vindo da defesa, Rodrigão ficou com a sobra, driblou o goleiro Aranha e tocou para o gol. No lance, o camisa 39 saiu machucado e deu lugar a Gustavo Ferrareis. Nervosa na partida, a Ponte Preta não conseguia causar perigos ao gol defendido por Jean.

 

O Bahia, por sua vez, tentava aproveitar os espaços nas jogadas de contra-ataque. Aos 30, a Ponte quase diminuiu a diferença. Depois da cobrança de escanteio, Yuri cabeceou e Jean, bem posicionado, evitou o tento. O lance de perigo deixou a torcida local nervosa e assim os protestos tiveram início. O Bahia soube aproveitar o espaço concedido pela Ponte Preta e marcou o seu terceiro gol. Aos 39, Vinícius deu passe para Renê Júnior, que chutou com força e estufou as redes, sem chances para Aranha.


Categorias

Bahia




Classificados


Enquete



Mais Lidas