Esportes

Fernando Miguel pega pênalti, Vitória bate Coritiba fora de casa e deixa o Z-4

O Vitória conseguiu deixar a zona de rebaixamento. Nesta segunda-feira (28), o time Rubro-negro venceu o Coritiba por 1 a 0, no Couto Pereira, com gol marcado pelo zagueiro Kanu na etapa final. Um dos destaques da partida foi o goleiro Fernando Miguel, que defendeu um pênalti no primeiro tempo quando o jogo estava em 0 a 0.

 

Com o resultado, o time comandado pelo técnico Vagner Mancini chegou aos 25 pontos e agora ocupa a 16ª posição no Campeonato Brasileiro. O próximo compromisso do Vitória é contra o Fluminense, no dia 10 de setembro, um domingo, às 16h, no Barradão. O Coritiba criou a primeira jogada de perigo da partida.

 

Aos dois minutos, João Paulo recebeu pela direita, levantou a bola na área para Rafael Longuine. Sozinho, o meia cabeceou sem força e Fernando Miguel defendeu com tranquilidade. Aos 11, Rildo cortou para o meio e cruzou na área do Vitória. Alecsandro ajeitou de peito, mas Iago Dias furou a bola. Na confusão, Rafael Longuine marcou o gol, mas o árbitro assinalou impedimento e anulou o lance. A melhor oportunidade do Vitória só aconteceu aos 36.

 

David tentou dar um passe na direita, acertou a marcação e a bola voltou para Neilton, que tocou de primeira para o atacante. David invadiu a área do Coxa, e cara a cara com Wilson, chutou em cima do goleiro. Aos 41, Rildo invadiu a área do Vitória e tocou para trás. Ramon deu um carrinho, mas a bola pegou em sua mão e o árbitro assinalou pênalti.

 

Rafael Longuine foi para a cobrança, Fernando Miguel pulou e fez uma bonita defesa. O Vitória quase abriu o placar aos 44. Ramon dominou dentro da área, girou para cima da marcação e chutou forte. A bola passou muito perto da trave direita de Wilson.

 

Segundo tempo
A etapa inicial começou quente. Aos quatro, David avançou pela ponta esquerda e cruzou rasteiro na área. A bola passou por Neilton, que não conseguiu dominar em cheio, mesmo assim a bola quase entrou no gol, mas Wilson espalmou. O Coritiba desperdiçou uma boa chance com Rildo aos 20. Dodô passou por Juninho, mandou a bola na área para Rildo, que bateu meio esquisito de primeira.

 

Fernando Miguel pulou e mandou para escanteio. O Vitória abriu o placar aos 22 minutos. Rildo cabeceou errado, Patric ficou bola dentro da área, ajeitou para Ramon.  Ele chutou de primeira, Wilson defendeu, mas Kanu ficou com a sobra e só teve o trabalho de mandar para o fundo do gol.

 

Aos 34, Rafael Longuine cobrou falta, e Alan Santos marcou o gol para o Coritiba. Mas o árbitro havia anulado o lance por conta de uma falta de Márcio em Tréllez. O defensor do Coxa agrediu o atacante do Leão e foi punido com cartão vermelho. Com um jogador a mais, o Vitória conseguiu se segurar e garantiu o triunfo fora de casa.


Categorias

Vitória




Classificados


Enquete



Mais Lidas