Esportes

Técnico Vagner Mancini sobre reação do Vitória: 'atacamos a autoestima do time'

Quando Vagner Mancini chegou ao Vitória em 25 de julho, há pouco mais de um mês, o time tinha 12 pontos em 16 jogos e era o vice-lanterna do Brasileiro. Em seis partidas sob o comando dele, o Leão já somou mais do que isso: são 13 pontos conquistados e 72% de aproveitamento. E muito mais importante do que esse número, o rubro-negro está fora da zona maldita.

 

O comandante participou do programa Bem, Amigos, e explicou como conseguiu tamanha reação em tão pouco tempo: “Acima de tudo, quando se pega a equipe numa situação dessas, você tem que dar uma reorganizada geral. Escolher peças e dar uma oxigenada no elenco para que atletas que não vinham atuando possam entrar e ajudar”, disse.

 

“Mas, acima de tudo, a nossa principal transformação foi na parte mental e emocional. Sabemos o quanto isso é fundamental nas partidas, de recuperar a autoestima não só dos atletas que entram em campo, mas de todos que fazem parte do departamento de futebol. Acho que esse foi o ponto fundamental, atacar a autoestima do grupo. Não é só Mancini, todos que estão aqui querem mudar essa situação do Vitória”, completou.


Defensor de um pênalti e autor de pelo menos duas defesas difíceis no triunfo sobre o Coritiba, o goleiro Fernando Miguel também comemorou a atuação: “O importante na hora de pegar o pênalti é ter calma. Tem que esperar o máximo acertar o canto”, disse, sobre a defesa ainda na etapa inicial, em cobrança de Rafael Longuine.

 

Mais tarde, no Bem Amigos, o goleiro falou da importância do time não vir sofrendo gols: “A gente tinha que inicialmente encerrar essa sangria de gols que estávamos sofrendo. Foi fundamental para esse momento”.

 

O treinador Vagner Mancini não terá dois jogadores importantes para o duelo com o Fluminense, no domingo, 10 de setembro, no Barradão: o zagueiro Ramon recebeu o terceiro cartão amarelo, e o meia Yago, expulso, estão fora da partida.

 

Para a vaga de Ramon, que tem atuado no meio-campo, o técnico pode torcer pelo retorno de Willian Farias, que ainda se recupera de uma distensão no ligamento do joelho. O que conta a favor do volante rubro-negro é que a pausa até a próxima partida é de 13 dias.


Categorias

Vitória




Classificados


Enquete



Mais Lidas