Esportes

Preto aponta dificuldade da Série A e se diz 'esperançoso' para enfrentar o Cruzeiro

Jogadores, técnicos e dirigentes sempre afirmam que o Brasileirão é uma competição complicada. O discurso voltou à tona nesta terça-feira (12), quando o Bahia desembarcou em Salvador após empatar em 1 a 1 com Atlético Goianiense na noite da última segunda. Com 27 pontos, o Bahia ocupa o 15ª lugar.

 

A equipe se reapresenta para os treinamentos na tarde desta quarta-feira (13), às 15h, no Fazendão. De acordo com o técnico Preto Casagrande, a disputa da Série A é "cruel", mas ele diz ter esperança de conseguir uma grande atuação diante do Cruzeiro, em Belo Horizonte, no próximo domingo (17), pela 24ª rodada da competição.

 

"Cruel é você jogar a Série A. Jogamos contra o lanterna que tem um retrospecto excelente nas últimas partidas. Não tem jogo fácil. Vamos para Belo Horizonte sabendo das dificuldades, mas vamos esperançosos pelo segundo tempo que a gente fez", indicou segundo informações do Bahia Notícias. Contra o Dragão, o treinador promoveu a volta de Allione e Edigar Junio.

 

Segundo ele, a entrada de Hernane, que não joga desde abril por uma lesão na tíbia, depende do que ocorrer durante o duelo. "Isso vai depender muito das circunstâncias da partida. Ontem a gente precisava, coloquei o time mais para a frente, precisava de jogadores de velocidade e o Allione e Edigar têm essa características. O Hernane está no processo e a gente avalia a possibilidade de colocar", explicou.



Categorias

Bahia




Classificados


Enquete



Mais Lidas