Esportes

Visitante indigesto, Vitória encara o Botafogo para se afastar da zona de rebaixamento

O Vitória é um adversário a se temer, pelo menos quando o assunto é jogo fora do Barradão. Com a 3ª melhor campanha como visitante desse Campeonato Brasileiro, o Leão terá uma verdadeira prova de fogo neste domingo (1º), às 16h, contra o Botafogo, no Estádio Nilton Santos. O jogo é mais desafiador que os demais.

 

Isso porque de um lado, o rubro-negro conquistou 20 dos seus 29 pontos na casa dos outros. Longe de Salvador, fez 12 jogos, venceu metade, empatou dois e perdeu apenas quatro. A campanha como visitante só é inferior à do líder Corinthians e à do Grêmio. E mais: desde que Mancini assumiu o time, em julho, o Vitória está invicto fora de casa.

 

Sob o comando do treinador, foram quatro triunfos e um empate. O Leão chegou a esta 26ª rodada com a 5ª melhor campanha do returno. Conquistou 10 dos 18 pontos que estavam em jogo, venceu metade das seis partidas que disputou, empatou uma e perdeu duas. Só que do outro lado tem o Botafogo. O adversário está ainda melhor que o Leão e faz a melhor campanha do returno.

 

O alvinegro também disputou 18 pontos e conquistou 15. Venceu cinco dos seis jogos que fez e tropeçou apenas contra a Ponte Preta. O time comandado por Jair Ventura ocupa a 6ª posição na tabela, com 40 pontos. Se o Vitória está em busca do seu quinto triunfo seguido como visitante, o Botafogo está sedento para chegar ao quinto triunfo seguido no Brasileirão.

 

O alvinegro vem de triunfos contra Bahia, Flamengo, Santos e Coritiba. Apesar da bela campanha, o Botafogo está ferido. O time vem de duas eliminações seguidas. A primeira foi no fim de agosto, quando foi despachado pelo Flamengo da Copa do Brasil. Menos de um mês depois, perdeu para o Grêmio e deixou a Libertadores.

 

“No momento de dificuldade, a gente usa o tempo para equilibrar o emocional, que tem um peso muito forte. Quando você vem de eliminações acontece isso. Existe dificuldade para o Botafogo chegar e se manter nos últimos jogos da Série A. Além do desgaste de ter jogado na Libertadores, Copa do Brasil e estadual, tem jogos difíceis que decidem vagas importantes. Por esse lado, acho que o emocional pesará”, avalia Mancini.

 

Desfalques

O Leão terá desfalques para a partida. Fernando Miguel não se recuperou de fascite plantar e segue dando lugar a Caíque. Kieza, lesionado, virou desfalque de última hora. Na lateral direita, Patric volta de suspensão e substitui Caíque Sá, machucado. Juninho também está fora e Geferson joga na esquerda. No lugar de Kanu, Mancini estuda se dará chance a Fred ou Bruno Bispo, ou se escalará Ramon, colocando Fillipe Soutto como volante. André Lima recuperado de lesão, e Cleiton Xavier, após suspensão, retornam.


Categorias

Vitória




Classificados


Enquete



Mais Lidas