Esportes

Leão prepara promoções e até 'bicho' para derrotar o Atlético-GO no Barradão

De omissão, pelo menos desta vez, não dá para culpar a diretoria do Vitória. Sabendo que a situação da equipe na tabela é dramática e que o jogo de domingo (29), às 17h (horário da Bahia), é fundamental para reverter o quadro, o rubro-negro preparou uma verdadeira ‘Operação Série A’.

 

O duelo, no caso, é contra o Atlético-GO, lanterna da tabela com sete pontos a menos que o Vitória. Adversário, em teoria, perfeito para dar fim à sina de não vencer no Barradão, que já dura cinco jogos. Combalido pelas quatro rodadas sem triunfo, o clima ficou pesado no início da semana na Toca do Leão.

 

A primeira medida foi injetar um ‘ânimo’ extra no elenco, nem que fosse através do bolso dos atletas. O presidente em exercício do clube, Agenor Gordilho, falou na última quarta-feira (25) da possibilidade de pagar um ‘bicho’ aos jogadores para que evitem o rebaixamento. Ele não chegou a prometer, mas disse que ofereceu isso ao elenco. Na sequência, veio a vez de envolver também a torcida.

 

O meio também foi financeiro: os ingressos para o duelo com o Atlético-GO foram colocados em R$ 15 para a arquibancada e R$ 30 para a cadeira, ambos valores únicos. O preço geralmente é de R$ 40 e R$ 60, respectivamente. Outras promoções foram colocadas à disposição da torcida, como por exemplo desconto de 50% na compra do ingresso pela internet e a possibilidade de um sócio levar um acompanhante de graça.

 

Faltava, então, recuperar a confiança da torcida – ou pelo menos o quanto fosse possível dela. Nessa, o departamento médico ajudou: entregou o zagueiro Kanu, pronto para voltar a campo contra o Atlético–GO após mais de um mês. O defensor vinha sofrendo de uma sinovite, ou uma inflamação num joelho.

 

A última partida dele foi o triunfo por 3x1 sobre o Atlético-MG, fora de casa, em 24 de setembro. Kanu disse ter aprovado as medidas para aproximar a torcida do estádio: “Quero pedir para que eles não desistam, a gente precisa deles. Espero que eles venham domingo. Se o torcedor vier e jogar com a gente, temos tudo para fazer um bom jogo”.

 

O retorno de Kanu é, sim, motivo para a torcida acreditar num resultado melhor no domingo. Sem ele, o Vitória sofreu 11 gols nos últimos cinco jogos, uma média de mais de dois por partida. Além disso, o zagueiro é o terceiro artilheiro do time na Série A, com quatro gols, atrás apenas de Tréllez e Neílton (ambos com sete).

 

“Venho falando para meus companheiros que esse vai ser um dos jogos mais difíceis para a gente no Barradão. O Atlético vem para o tudo ou nada. Temos que chegar diante da torcida, fazer um bom jogo e mostrar que temos qualidade”, finalizou o zagueiro.


Categorias

Vitória




Classificados


Enquete



Mais Lidas