Esportes

Carpegiani admite dia ruim do Bahia, mas mantém otimismo por Libertadores

Após a derrota para o Sport neste último domingo (19), a segunda do Bahia sob seu comando, o técnico Paulo Cézar Carpegiani admitiu o dia ruim do Tricolor. A delegação tricolor retorna para Salvador nesta segunda-feira (20) e terá uma folga na terça (21). O técnico reconheceu o mérito do adversário no resultado.

 

"Não fizemos um bom primeiro tempo, tivemos dois ou três lances de gol. No segundo tempo, melhoramos. Fizemos os primeiros 25 minutos muito bons, mas perdemos o jogo. Não temos uma equipe imbatível. Não podemos tirar o mérito do adversário", disse. O treinador destacou a falta que Renê Junior, que cumpriu suspensão, fez ao time.

 

"O Edson não fez um jogo ruim, mas o Renê vinha numa sequência. A equipe sentiu um pouco a sua ausência". Mas, sobre o futuro do Esquadrão, Carpegiani não desanimou e se manteve otimista por uma vaga na Libertadores. "Temos dois jogos ainda. Temos a obrigação de ganhar o próximo jogo e fazer do último jogo uma decisão", completou. Com 49 pontos conquistados em 36 rodadas, o Esquadrão de Aço figura na 10ª posição do certame nacional.


Categorias

Bahia




Classificados


Enquete



Mais Lidas