Esportes

"Estamos pagando uma dívida que não é nossa", diz Mancini sobre situação difícil

O empate com o Cruzeiro, neste domingo (19), complicou o Vitória na luta contra o rebaixamento. O Rubro-Negro pode voltar à zona de rebaixamento nesta rodada e terá que vencer seus dois próximos jogos para escapar da degola. Com o resultado, o Rubro-negro chegou a 40 pontos na tabela da competição.

 

Após o confronto com a Raposa, Vagner Mancini lembrou a campanha ruim no 1º turno e, ao adimitir a situação difícil na luta contra o rebaixamento se eximiu de culpa. "Estamos pagando uma dívida que não é nossa. O Vitória, no primeiro turno fez 12 pontos. Agora, essa dívida está pesada. Todo mundo tem que entender que essa dívida não é nossa", disse.

 

Sobre a partida, o técnico admitiu a superioridade do time mineiro no primeiro tempo. "Depois que fizemos o gol, o cruzeiro só não empatou ou virou o jogo porque tivemos sorte em alguns lances. Na primeira etapa o Cruzeiro foi amplamente superior. Na segunda etapa, o Vitória equilibrou o jogo, passou a ter chances no ataque", afirmou. Sobre o desempenho dos atletas, o comandante valorizou a luta.

 

"Não faltou atitude. Vi o Vitória querendo, brigando. Vi um time desgastado, fizemos uma viagem longa, mas vi uma equipe com vontade. Temos que exaltar a entrega dos atletas, que tem sido o ponto forte". Por fim, sobre o duelo de seis pontos com a Ponte Preta, no próximo domingo (26), Mancini destacou que espera dificuldade, mas se manteve otimista.

 

"Um jogo com muita pressão. Sabemos que vamos enfrentar um adversário que vai lutar com todas as forças, joga em casa. Temos que fazer de tudo para conseguir a vitória sobre a Ponte. Acreditamos piamente que o Vitória vai escapar (do rebaixamento)".


Categorias

Vitória




Classificados


Enquete



Mais Lidas