Esportes

Com esperança e homenagens, Bahia enfrenta a Chapecoense na Arena Fonte Nova

A tarde deste domingo (26) pode ser de história para o Bahia. Vencer a Chapecoense na Arena Fonte Nova significa ficar ainda mais próximo de uma classificação à Copa Libertadores da América, algo que não acontece há 29 anos.

 

Depois de perder para o Sport no último domingo (19), a distância de pontos para o grupo dos garantidos aumentou e as chances, segundo os matemáticos, diminuíram. Mesmo assim, os tricolores seguem firme na esperança de voltar para a competição continental. 

 

"Jogo muito importante. Continuamos sonhando com o objetivo, é o último na Fonte Nova esse ano, um jogo para fechar com chave de ouro a nossa campanha dentro de casa", destacou o zagueiro Tiago, capitão da equipe.

 

O técnico Paulo Cézar Carpegiani não terá o volante Juninho, que sentiu uma lesão na coxa. Assim como Juninho, Lucas Fonseca segue aprimorando a parte física e também está fora. Por outro lado, Renê Júnior volta após cumprir suspensão. O volante, que se tornou um xodó da torcida, quer o apoio massivo dos tricolores.

 

"A gente sbae que é o último jogo e espera o total apoio do torcedor. Quando é jogo decisivo, a gente dá a resposta com o apoio deles. Falando por mim, por ser um estilo de jogo brigador e aguerrido, quando a torcida está junto eu me motivo mais ainda. A gente espera que eles possam comparecer em massa", indicou.

 

O duelo vai marcar por ser o primeiro após os dez anos completos da tragédia na Fonte Nova. Em campo, os atletas vão jogar com uma braçadeira preta.

 

Chapecoense

 

As lembranças tristes também vão marcar a Chapecoense, que viveu há quase um ano atrás uma tragédia que vitimou quase todo o seu elenco na Colômbia, antes da final da Copa Sul-Americana de 2017. Hoje, garantido na Série A de 2018, o alviverde briga por fora por uma vaga na Libertadores.

 

"Nossa meta sempre foi total em sair da zona de rebaixamento. Mas não é o foco principal buscar essa vaga na Libertadores. Queremos garantir logo a Sul-Americana que está bem possível. Agora, claro que se vier as duas vitórias e nos der essa possibilidade de Libertadores, a gente vai ficar muito contente", disse o lateral-direito Apodi.

 

FICHA TÉCNICA
Bahia x Chapecoense
Campeonato Brasileiro – 37ª rodada
Local: Arena Fonte Nova, em Salvador
Data: 26/11/2017
Horário: 17h (Horário da Bahia)
Árbitro: Péricles Bassols (PE)
Assistentes:   Cleberson do Nascimento Leite e Marcelino Castro de Nazaré (ambos de PE)
Assistentes adicionais: Gilberto Rodrigues Castro Junior e José Woshington da Silva (ambos de PE)

 

 

Bahia: Jean; Eduardo, Tiago, Thiago Martins e Juninho Capixaba; Edson; Renê Júnior Allione. Zé Rafael e Mendoza; Edigar Junio. Técnico: Paulo Cézar Carpegiani.

 

Chapecoense: Chapecoense: Jandrei; Apodi, Douglas, Fabrício Bruno (Grolli) e Reinaldo; Moisés Ribeiro, Amaral, Luiz Antônio e Canteros; João Pedro e Wellington Paulista. Técnico: Gilson Kleina.


Categorias

Futebol




Classificados


Enquete



Mais Lidas