Esportes

Chateado com vaias na Fonte Nova, Eduardo diz que quer permanecer no Bahia

O lateral Eduardo, que é um dos que mais atuou pelo Bahia na temporada 2017, foi alvo de vaias na derrota para a Chapecoense no último domingo (26), na Arena Fonte Nova. Depois da partida, o jogador minimizou os protestos, mas reconheceu o incômodo com a situação. Na última rodada do Brasileirão, o Bahia vai enfrentar o São Paulo, no estádio do Morumbi.

 

"Ajudei, sei o quanto posso ajudar. Crítica é sempre bom. Cada um encara de uma forma. Não ligo muito. Só fico triste por ser desrespeito pelo que já fiz. Joguei três campeonatos seguidos sozinho, praticamente. Eles deviam levar em consideração o esforço que fiz. São 35 jogos praticamente, muito esforço, abdicação, entrega. Mas é isso. Faz parte do futebol brasileiro, infelizmente", disse, em entrevista à Rádio Itapoan FM.

 

No Bahia desde o ano passado, Eduardo declarou que deseja permanecer no clube para o ano que vem. O seu contrato de empréstimo junto ao Atlético-PR se encerra em dezembro.  "Eu penso. Já falei com a diretoria a minha intenção. Mas está nas mãos deles. Já dei meu aval, quero ficar, minha família gosta muito daqui, sou nordestino, gosto muito daqui. Mas vamos ver no que vai dar", revelou segundo informações do Bahia Notícias.

 

Eduardo atuou em 74 partidas com a camisa do Esquadrão de Aço e está fora do jogo contra o São Paulo, no próximo domingo (3), no Morumbi.


Categorias

Bahia




Classificados


Enquete



Mais Lidas