Esportes

Bahia desencanta, bate o Jacuipense, mas deixa Fonte Nova sob vaias

O Bahia parecia não ter aprendido a lição com as derrotas nos primeiros jogos de 2018. No início da partida, o time treinado por Guto Ferreira trocava passes de um lado para outro, de forma lenta, sem aparente objetividade. O Jacuipense se limitava a marcare tentar armar contragolpes. E quando se deu conta, já estava em desvantagem no placar. Aos 27, Edigar Junior deixou Vinícius na cara do gol. O meia driblou o goleiro Jordan e chutou para o gol vazio. Com o gol, o Leão do Sisal passou a atacar com mais frequência, e aproveitou de um erro do zagueiro Tiago para empatar a partida. O defensor do Bahia perdeu o tempo de bola e cometeu pênalti em Felipe Costa. Danilo Rios converteu a cobrança. O Jacuipense ainda chegou a acertar a trave com falta cobrada por Birungueta, mas foi o Bahia quem acertou o alvo em cheio nos minutos finais. Tiago aproveitou cruzamento de Nino e cabeceou no canto, sem chance de defesa para Jordan.

 

Atrás no placar, o Jacuipense partiu para o ataque no segundo tempo. E a nova proposta de jogo deixou espaços para o Bahia contra-atacar e desperdiçar oportunidades. Na primeira, a defesa conseguiu desviar chute de Vinícius e Jordan defendeu sem problema. Dois minutos depois, Edigar Junio partiu na direção do gol, ignorou as opções de passe e arriscou o chute. A bola passou ao lado da meta do Leão do Sisal. Com o passar do tempo, o lado físico pesou. Os dois times diminuíram o ritmo e as chances se tornaram escassas.

 

O Bahia volta a jogar no sábado, às 17h (horário local), quando encara o Fluminense de Feira no estádio de Pituaçu, em Salvador. O Jacuipense entra em campo no dia seguinte, às 16h, para encarar o Juazeirense no Adauto Moraes, em Juazeiro.
 


Categorias

Bahia




Classificados


Enquete



Mais Lidas