Esportes

Técnico Vagner Mancini ameniza etapa final ruim e perda de titulares do Vitória

O técnico Vagner Mancini tirou o peso da atuação do Vitória na etapa final do duelo deste último domingo (28), quando poderia ter aberto uma vantagem maior sobre o Atlântico, mas mostrou um futebol pobre. Para ele, o que importou mesmo foi a segurança que o rubro-negro mostrou durante todo o jogo, que terminou em 2x1 para o Leão.

 

“O Vitória fez um jogo em que não foi brilhante, mas teve o controle da partida, mesmo quando estava atrás do placar. O time mostrou que poderia empatar e virar, e fez isso logo no primeiro tempo”, destacou o comandante ao mostrar serenidade em relação às mudanças repentinas que o Vitória teve em seu elenco na última semana.

 

“Tivemos a saída de quatro atletas, né? Rafaelson, Kieza e Tréllez do ataque e de Wallace na zaga. Por outro lado, eu tive a estreia de dois hoje (ontem), André Lima e Rhayner. Então outros atletas vão chegar. O que importa é manter esse momento, que a gente continue vencendo enquanto vai ajustando o elenco. Porque nas competições em que estamos, não podemos deixar de ganhar” segundo informações do Correio da Bahia.

 

O técnico também amenizou o erro do zagueiro Bruno Bispo, que estreou como titular falhando no lance do gol do Atlântico: “O primeiro gol saiu cedo e foi um choque, porque você fica sentido pelo garoto. Bruno entrou no time agora e de repente tem aquele erro de passe. Mas nessa hora o time foi lá, empatou e virou para dar tranquilidade”. Sem Ramon, lesionado, o garoto de 21 anos deve ser titular ao lado de Kanu no duelo com o Ferroviário, na quinta-feira (1º), às 21h15, no Barradão, pela Copa do Nordeste.


Categorias

Vitória




Classificados


Enquete



Mais Lidas