Esportes

Vitória e Bahia de Feira protagonizam disputa pela liderança do Campeonato Baiano

Este domingo (4) é dia de Ba-Vi. Não aquele tradicional, que deixa o torcedor ansioso, eufórico e roendo as unhas, mas um jogo que promete ser também empolgante. Às 16h, o Barradão recebe os dois primeiros colocados do Campeonato Baiano. Vitória e Bahia de Feira se enfrentam e o vencedor poderá comandar a tabela.

 

As duas equipes estão empatadas em quase tudo. Ambas somaram sete pontos, têm dois triunfos e saldo de gols idêntico: três. Mas o rubro-negro ocupa a primeira posição da tabela porque é superior no quesito gols marcados. O Leão fez seis, contra cinco do time feirense, que divide a vice-liderança com a Juazeirense.

 

Também com sete pontos, o Jequié aparece em quarto, por ter um gol de saldo a menos. Atual campeão do estadual, de forma invicta, o Vitória está em busca do tri. Dono de 29 títulos, o Leão é um gigante diante do adversário, que tem apenas um. Esse título do Bahia de Feira, no entanto, foi conquistado justamente diante do Vitória, em 2011, em pleno o Estádio Manoel Barradas segundo informações do Correio da Bahia.

 

Para tentar repetir o feito e trilhar o caminho em busca do 30º troféu sem sentir o sabor da derrota, o técnico Vagner Mancini vai quase com força total, mesmo se tratando do sexto jogo em um intervalo de 19 dias. O único desfalque é o lateral-direito Lucas, que sofreu uma pancada na panturrilha, na quinta, quando o Leão goleou o Ferroviário por 4x1, pela Copa do Nordeste, e foi vetado. Y

 

ago deve assumir a lateral e Rhayner entra no time titular, mesma mudança que ocorreu na partida contra os cearenses. A tendência é que o Vitória vá a campo com Fernando Miguel; Yago, Kanu, Bruno e Bryan; Uillian Correia, Fillipe Soutto, Rhayner e Juninho; Neilton e Denílson. Rhayner ainda não sabe se vai atuar, mas garante que esse é o tipo de dúvida que Mancini festeja ter.

 

“Vou te falar que quem está começando o jogo está muito bem. Essa dor de cabeça é boa para todo treinador. Todo treinador quer estar nessa dúvida. Estou feliz, quem está na minha função está bem. Tenho que buscar meu espaço pouco a pouco”, disse o atacante. Peças para montar o time, realmente, não vão faltar. Mancini ganhou quatro novas opções para enfrentar o Bahia de Feira.

 

Recém-contratados, o zagueiro Walisson Maia, o lateral-esquerdo Pedro Botelho, o meia alemão Baumjohann e o atacante Jonatas Belusso foram regularizados e ficam à disposição. Com um começo de temporada “acima do esperado”, nas palavras do próprio Mancini, o Vitória também aposta no entrosamento para fazer um bom estadual. A base é a mesma do ano passado, e o time não tem sofrido com isso.

 

Para o atacante Neilton, que soma dois gols no Campeonato Baiano, o time está bem, mas ainda sofre com o preparo físico. “A equipe está bem entrosada, preparada. É início de temporada, tem que melhorar a forma física. A gente vem apresentando um futebol bonito e espero que mantenha até o final do ano”, projeta o jogador.

 

Depois desse jogo, o rubro-negro fará mais um ainda antes do Carnaval. Será contra o Globo, quarta, pela Copa do Brasil. Decisão em partida única fora de casa. Empate classifica o Leão. Os ingressos para a partida desta tarde para arquibancada custam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia), enquanto para o setor de cadeiras custam R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia).

 

Carnaval rubro-negro

Fanfarra, animadores, pintura facial e promoção nos bares do estádio. Essas atrações o torcedor rubro-negro irá encontrar no Barradão, antes da bola rolar contra o Bahia de Feira, a partir das 14h. Ainda na ação promovida pelo clube, as crianças entrarão fantasiadas com os jogadores, assim como as líderes de torcida, tudo dentro do clima carnavalesco. O clube também convidou os torcedores para irem ao estádio com adereços e fantasias, de preferências relacionadas ao Vitória para complementar a festa.


Categorias

Vitória




Classificados


Enquete



Mais Lidas