Esportes

Vagner Mancini pede 'justiça' ao STJD: 'Fui alijado da competição de uma forma injusta'

O técnico Vagner Mancini, do Vitória, desabafou nesta quarta-feira (4), durante entrevista coletiva no CT Manoel Pontes Tanajura. O comandante Rubro-negro foi suspenso por cinco jogos pelo TJD-BA. Ele foi enquadrado no artigo 258 do CBJD por atitude contrária à disciplina por conta dos incidentes no Ba-Vi da primeira fase.

 

Mancini, junto com Yago, Rhayner, Denílson e Kanu serão julgados pelo STJD na sexta (7). O treinador clamou por justiça e falou como tem sido difícil ficar sem poder comandar a equipe durante as partidas. "Fico muito mais nervoso, mais ansioso, grito muito mais, xingo muito mais. Muito ruim quando você tem que ficar fora de campo".

 

"Fico muito triste por isso. Fui alijado da competição de uma forma injusta. Nunca falei isso. Aceitei a punição, estou de fora, mas é uma forma injusta. Estou falando aqui no microfone, e se tiver a oportunidade de falar, vou dar meu depoimento de novo. Viraram o canhão em cima do Mancini. Além de ser injusto, me faz ver meu time distante. Não posso dar opinião. Domingo eu sofri com isso e espero que seja feita justiça no julgamento".

 

"O Vitória foi muito prejudicado na arbitragem. Não tive a oportunidade de falar no domingo, estou dando entrevista e falando”. O Vitória decide o título do Campeonato Baiano com o Bahia no domingo (8), às 16h, no Barradão. Mancini garantiu que independente da decisão do STJD, sua equipe manterá a cabeça erguida. “Ninguém vai ficar chorando. Não tem chororô aqui no Vitória. Vamos em busca de uma vitória domingo”, acrescentou.


Categorias

Vitória




Classificados


Enquete



Mais Lidas