Esportes

Bahia volta a vencer o Vitória no Barradão e é campeão baiano de 2018

O Bahia conquistou o seu 47° título de campeão baiano neste domingo (8). O Tricolor, que precisava de um empate para levantar o caneco, voltou a vencer o Vitória, desta vez por 1 a 0, no estádio do Barradão, pela segunda partida da final do Campeonato Baiano. O gol do triunfo foi marcado pelo volante Elton no segundo tempo de jogo.

 

O placar do confronto agregado terminou 3 a 1 a favor do Esquadrão de Aço. A dupla Ba-Vi volta ao campo na próxima quarta-feira (11). A partir das 19h30, o Vitória visita o Internacional, no Beira-Rio, em Porto Alegre, pelo primeiro jogo da quarta fase da Copa do Brasil. Um pouco mais tarde, às 21h45, será a vez do Bahia encarar o boliviano Blooming, na estreia na Copa Sul-Americana.

 

O duelo será na altitude da cidade de Santa Cruz de la Sierra no Estádio Ramón Tahuichi Aguilera, válido pela primeira partida da primeira fase do torneio. O Vitória começou pressionando o Bahia. Porém, o Leão perdeu o jovem Luan, que se machucou aos seis minutos. Anderson Batatais foi obrigado a fazer a primeira alteração e colocou Nickson no lugar da joia da base. O volante Marco Antônio, do Bahia, errou o passe e Juninho roubou a bola.

 

Ele ficou cara a cara com Douglas, mas o goleiro saiu bem e evitou a abertura do placar aos 10 minutos. O Vitória seguiu na blitz com três chances no minuto seguinte. Neilton cruzou, Nickson pega de primeira e Douglas faz outra grande defesa. A bola sobrou para Neilton, que bate para outra boa intervenção do arqueiro. Na terceira e última chance, Nickson chutou a bola bateu na defesa do Bahia e sai para fora.

 

Após as boas chegadas do Vitória, que por pouco não balançou as redes, o jogo passou a ficar mais disputado e travado. As boas marcações das defesas não deram muitos espaços para os atacantes criarem oportunidades claras de gol. Aos 36 minutos, Edigar Junio recebeu bom lançamento e conseguiu sair da marcação de Bruno Bispo. Ele invadiu a área e fez o cruzamento, mas Walisson Maia veio bem na cobertura e afastou o perigo.

 

Nino Paraíba fez boa jogada pela direita, indo à linha de fundo e cruzando para a área. A bola passou e sobrou para Edigar Junio, que domina e rola para Zé Rafael. O meio campista bateu rasteiro e Fernando Miguel desviou com a ponta dos dedos evitando que o placar fosse aberto aos 46.

 

Segundo tempo

As duas equipes voltaram do vestiário com a mesmas formações que terminaram a etapa inicial. O Bahia abriu o placar com Elton aos dois minutos. Com a participação de Vinícius e Edigar Junio, Zé Rafael tabelou com Marco Antônio. O meio campista bateu para o gol e Fernando Miguel fez a defesa parcial. No rebote, Elton empurrou, de cabeça, com o gol vazio e fazer 1 a 0 para o Tricolor, dando um importante passo para a conquista do título.

 

Aos 10, Batatais foi novamente obrigado a mexer na equipe por problema física. Neilton sentiu a coxa e deixou o gramado para a entrada de Alex Baumjohann. A primeira alteração feita por Guto Ferreira foi aos 17 minutos. Lucas Fonseca fez o corte e em seguida caiu no chão. O defensor recebeu atendimento médico e não conseguiu voltar dando lugar a Douglas Grolli.

 

Na saída do gramado, ainda no carrinho, Lucas Fonseca deu tchau para a torcida rubro-negra. O lateral Lucas, do Vitória, que fazia o aquecimento deu um tapa no defensor rival. O clima esquentou, mas os ânimos foram devidamente contidos sem se transformar em confusão. O Vitória quase empatou a partida aos 26. Jonatas Belusso recebeu passe, ganhou de Douglas Grolli na velocidade e bate para o gol. O goleiro Douglas fez excelente defesa impedindo o tento.


Categorias

Bahia




Classificados


Enquete



Mais Lidas