Esportes

Correia enaltece retornos, mas lamenta ausência de Neilton: 'Jogador importante'

Com o término do Campeonato Baiano, o Vitória volta as atenções para o restante da temporada. O time terá jogos decisivos pela Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro e Copa do Nordeste. Nesta quarta-feira (11), o adversário do Leão será o Internacional, em Porto Alegre. Na quarta (11), o time Rubro-negro pega o Internacional pela Copa do Brasil.

 

O jogo acontece no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), às 19h30. Para os confrontos, Mancini poderá contar com o retorno dos jogadores que cumpriram suspensão no Baianão: Kanu, Denílson, Yago, Rhayner e Ramon. Durante entrevista na manhã desta terça-feira (10), o volante Uillian Correia enalteceu o retorno dos titulares.

 

"São jogadores que já vinham atuando com Mancini, com o grupo normalmente, jogadores que retornam depois de uma longa data sem jogar. Jogadores importantes para nosso esquema tático. Jogo importante, que não termina em Porto Alegre, termina no Barradão. Ir para lá, fazer uma grande partida e trazer o resultado aqui para Salvador", revelou o atleta. Em contrapartida, Mancini o comandante não vai contar com o destaque do time na temporada.

 

Machucado, Neilton desfalca o Vitória nesta quarta-feira, assim como Luan e Fillipe Soutto. "Jogador importante na nossa transição ofensiva. Dá ritmo, cadência, velocidade. Claro que vai fazer muita falta, mas temos jogadores à altura: Jhemerson, Alex, Guilherme. Jogadores que podem entrar e dar conta do recado. Quando machuca, tem que ter grupo forte para suprir essa ausência", disse. O volante também aproveitou a ocasião para falar sobre a proposta diferente de jogo entre Campeonato Baiano e Brasileirão.

 

"Claro que muda um pouco. Jogar o Campeonato Baiano com equipes inferiores, é normal você propor o jogo e querer marcar em cima. Claro que no Brasileiro e Copa do Brasil, claro que em alguns momentos vai ter que fazer uma linha mais baixa para sair no contra-ataque. O Vitória fez isso muito bem no ano passado, venceu várias partidas e várias equipes fora de casa esperando o adversário. Não que a gente vá para Porto Alegre se defender, mas a gente vai concentrado dentro do plano de jogo que tem o Mancini".

 

Para finalizar, Correia comentou sobre o clima após perder o título para o maior rival. "Normal, tem que ficar chateado mesmo. Perder um título dentro de casa, não podemos encarar com normalidade. Queríamos esse título. Mas agora é Copa do Brasil, Copa do Nordeste, Brasileiro, já viramos essa chave. Como falo, futebol te dá oportunidade. Perdemos o título, mas na quarta-feira temos a chance de vencer e voltar a colocar o Vitória nos caminhos das vitórias. Jogo de time grande, duas camisas de tradições. A classificação não termina em Porto Alegre".


Categorias

Vitória




Classificados


Enquete



Mais Lidas